Ateus americanos criam igreja que venera o deus Bacon


Igreja realiza casamentos
e serviços funerários

A Igreja Unida do Bacon informa em seu site que tem 4.000 seguidores em todo o mundo. Ela existe desde 2010. Devidamente legalizada, sua base fica em Las Vegas (EUA). Os fundadores são os ateus John Whiteside (Profeta Bacon) e Johnny Monsarrat (Líder da Doutrina Bacon), ambos na foto abaixo.


Eles afirmam no site que adoram o deus Bacon, o que pode parece estranho, mas não tanto como acreditar que hóstia se torna em corpo de Cristo.

Argumentam que ao menos o bacon é real, diferentemente do deus invisível dos cristãos.

A igreja tem 9 “Bacon Mandamentos”.  “Nossa intenção era ter 10 mandamentos, mas faltou espaço nas tábuas.”

Além de adorar o deus Bacon, os mandamentos incluem “seja ético”, “seja bom”, “divirta-se” e lute contra a discriminação aos ateus.

A igreja promove casamentos seculares criativos sem nada cobrar. A igreja não aceita doação para si mesma. Quem quiser colaborar poderá doar US$ 500 a uma entidade de caridade de uma lista recomendada pela igreja.


Em 2014, seguidores da igreja doaram US$ 25 mil para a Fundação Educação James Randi e Aliança Secular de Estudantes. Também destinaram US$ 24 mil para a Coalizão Secular para America e Ateus Americanos e US$ 12 mil para campanha de combate ao câncer.

A Igreja do Bacon também promove outras cerimônias seculares, como batismo e serviços funerários.

Embora legal, a igreja não usufrui de isenção tributária e defende o fim desse privilégio às religiões.

A igreja diz que não discrimina ninguém. Aceita quem adora o bacon vegetal e aqueles que tenham outro deus.

Whiteside e Monsarrat

Com informação do site da United Church of Bacon.




Polônia oficializa a religião do Monstro de Espaguete Voador

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários