Grupo dos sem religião tende a superar o de religiosos nos EUA

Acelera-se o crescimento dos
sem religião, que chegam a 21%
Uma nova pesquisa confirma nos Estados Unidos a ascensão do número das pessoas sem religião e que esse grupo tende a superar nos próximos anos o maior grupo de religiosos do país. Assim, os nones, como são chamados, se tivessem uma crença, vão ser o maior grupo "religioso" do país.

A versão de 2014 do Levantamento Geral Social (GSS, na sigla em inglês), financiado pela Fundação Nacional de Ciência, apurou que, diante da pergunta “qual é a sua preferência religiosa?”, quase um em cada quatro americanos respondeu “nenhuma”.

Os sem religião já correspondem a 21% da população adulta. Trata-se do percentual mais elevado da história dos Estados Unidos.

Até a década de 1990, esse grupo não ultrapassava a 1%. Cada ponto percentual representa 2,5 milhões de adultos.

Em 2014, praticamente houve tantos americanos que se colocaram como não religiosos quanto àqueles que se declararam católicos (24%).

O número de americanos que não participam de cultos, exceto casamentos e outras cerimônias, é também expressivo, de 34%, ou seja, um terço da população de adultos.

Essas e outras pesquisas indicam que os Estados Unidos estão saindo da lista dos países mais religiosos do mundo.





Israelenses pedem que sejam registrados como 'sem religião'