domingo, 26 de janeiro de 2014

Tony Bellotto rejeita louvação a Deus em cédulas do real

por Tony Bellotto

Cédula de real
 não parece ser 
de Estado laico
Nunca entendi por que um estado laico, como o brasileiro, estampa em suas cédulas de dinheiro a inscrição: Deus seja louvado. Você não sabia? Tire uma nota de real do bolso e confira. Viu? Agora pegue o dicionário. Letra L. Laico, numa de suas mais completas acepções, significa “que é independente em face do clero e da igreja, e, em sentido mais amplo, de toda confissão religiosa”.

Num país de população tão múltipla e miscigenada, não seria mais plausível que se inscrevesse nas notas de real: “Que Deus, Alá, Tupã, Oxum etc sejam louvados por quem os louva. E que não o sejam, por quem não os louva”? Claro, pois os ateus, agnósticos e descrentes são tão brasileiros e usuários do dinheiro quanto os crentes e praticantes religiosos. Talvez fosse melhor não haver inscrição religiosa alguma, certo?

Não se deve fazer propaganda em dinheiro. Ou seria admissível um Beba Coca-Cola nas notas de real? Nunca entendi por que um estado laico, como o brasileiro, ostenta numa das paredes da câmara dos deputados, em Brasília, uma imagem do Cristo crucificado. Você não tinha notado? Tente perceber, quando a televisão mostrar alguma sessão na câmara. Ou se tiver oportunidade de visitá-la pessoalmente.

Não seria mais plausível que se entulhasse a sala projetada por Oscar Niemeyer com imagens, além do Cristo, de Iemanjá, Maomé, Nossa Senhora Aparecida, Buda etc? Talvez fosse melhor não haver imagem religiosa alguma, certo? A parede da câmara dos deputados não é lugar para se fazer propaganda. Ou seria admissível um Compre as Legítimas Sandálias Havaianas na parede da casa em que se discute a política do país?

Tony Bellotto é guitarrista da banda Titãs. Esse texto dele foi publicado originalmente no site da revista Veja.





Bellotto assumiu seu ateísmo por causa do fanatismo religioso
janeiro de 2014

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...