Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Pai de vocalista dos Mamonas processa Marco Feliciano

Hildebrando Alves
Hildebrando Alves disse
que Feliciano é "louco" 
Hildebrando Alves (foto), pai de Dinho, vocalista dos Mamonas Assassinas, abriu processo por danos morais contra o pastor-deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Ele tomou essa iniciativa na semana passada após ver o vídeo [ver abaixo] onde Feliciano, em um culto, afirmou que os integrantes dos Mamonas morreram em um acidente de avião por castigo divino por causa do teor das letras das músicas deles.

"Ao invés de virar pra um lado, o manche tocou pra outro. Um anjo pôs o dedo no manche, e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca das nossas crianças", disse Feliciano no vídeo gravado alguns anos atrás.

Alves disse que Feliciano “é louco”. “Deus não mata ninguém, Deus é amor.” Afirmou que o grupo viajava muito de avião e que o acidente foi uma fatalidade.

Contou que a mãe de Dinho, quando ele era criança, o levava para os domingos para uma igreja da Assembleia de Deus. “Meu filho só frequentava os cultos com ela.”

No vídeo, Feliciano falou que Dinho foi um evangélico que vendeu a sua comunhão.

O grupo se formou em Guarulhos, cidade da Grande São Paulo, e fez sucesso com músicas irreverentes e politicamente incorretas, como “Pelados em Santos”.

Em março de 1996, em uma noite de chuva, o jatinho onde o grupo estava colidiu com a Serra da Cantareira.

"Eu sei o que aconteceu ali"







Fonte: Diário de Guarulhos.

Quem matou Lennon foi a Santa Trindade, afirma Feliciano
abril de 2013

Marco Feliciano

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...