Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

terça-feira, 9 de outubro de 2012

EUA têm 13 milhões de ateus e agnósticos, revela pesquisa

Ateus americanos
Número de descrentes é maior entre os jovens
Nos últimos cinco anos, o número de americanos não afiliados a nenhuma religião cresceu 25%, o que significa um a cada cinco indivíduos. Ou seja, 33 milhões. Desse total, 13 milhões se declararam ateus ou agnósticos. A pesquisa é do Fórum Pew Research Center sobre Religião e Vida Pública.

A pesquisa mostra que há uma forte tendência de o número de descrentes continuar em elevação nos próximos anos porque, do total deles, a maioria (42%) se encontra na faixa dos jovens, de 18 a 29 anos. Nesta mesma etária, apenas 18% dos não filiados à religião são cristãos.

Os números do Pew foram recebidos com “euforia” pelos líderes de organizações ateístas como Jesse Galef, diretor de comunicações da Aliança Secular de Estudantes, informou a CNN. Galef disse esperar que, a partir de pesquisas como esta, os políticos passem a dar mais atenção aos interesses seculares.

Ele afirmou que quanto mais eleitores se declararem não afiliados a nenhuma igreja e quanto mais pessoas revelarem que são ateias ou agnósticas, mais os políticos terão de corresponder às expectativas deles. "Não vamos mais ser ignorados."

De acordo com a Pew, 68% dos não afiliados a nenhuma crença acreditam em Deus, enquanto 37% deles se descrevem como “espiritual”. Uma a cada cinco pessoas entrevistadas disse que ora todos os dias.

John Green, responsável pela pesquisa, classificou os religiosos não filiados a nenhuma igreja em três grupos: 1º) os dos que foram criados longe de uma religião organizada, 2º) os que abandonaram uma denominação, e 3º) os que nunca tiveram envolvimento com crenças, mesmo sendo de famílias religiosas.

Ele afirmou que as pessoas dos terceiro grupo afirmam sem constrangimento que não seguem qualquer denominação, o que não ocorria até recentemente. “Antes, a pessoa dizia 'eu sou católico, sou batista', embora de fato não fosse.”

Hoje, as pessoas não religiosas são menos estigmatizadas, disse Green. É, segundo ele, o que explica, em parte, o aumento de número de pessoas não atreladas a uma crença organizada. “Muitas pessoas que nunca foram religiosas agora se sentem confortáveis em dizer que não têm nenhuma filiação religiosa.”

As gerações mais novas apresentam os maiores percentuais de não filiados. Do total das pessoas nascidas entre 1990 e 1994, 34% não têm nenhuma ligação com religião organizada. Em relação aos nascidos entre 1981 e 1989, o percentual é menor, de 30%, mas ainda assim significativo.

Os não afiliados constituem hoje um grupo distinto, disse Green. “[Isso] faz parte de uma ampla mudança da sociedade americana.”





Fontes: íntegra da pesquisa do Pew e CNN.

Com queda de 22%, desaba o número de religiosos na Irlanda
agosto de 2012

Estatística das religiões.    Ateísmo.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...