Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Bispos debatem como enfrentar o ‘tsunami da influência secular’

Donald Wuerl Washington
Washington pede mais
empenho dos cristãos
Na abertura do 13º Sínodo dos Bispos, que se realiza em Roma, o cardeal Donald Wuerl Washington (foto) disse no domingo (7) que os cristãos precisam “superar a síndrome de constrangimento” para enfrentar com firmeza o "tsunami da influência secular", que está varrendo "o casamento, a família, o conceito de bem comum”.

O papa Bento 16 nomeou Washington para ser o coordenador do sínodo, que vai durar três semanas. Um documento preparatório do encontro já tinha manifestado preocupação com a “morte de Deus” em sociedades tradicionalmente cristãs, principalmente na Europa.

Os debates no sínodo têm como tema principal a necessidade de haver uma nova evangelização, e não só em países europeus onde a secularização tem mais avançado, mas também em países como o Brasil, da América Latina. Trata-se de países de tradição católica onde a instituição do casamento na igreja, por exemplo, têm apresentado forte declínio, ao mesmo tempo em que o número de divórcio se encontra em ascensão.

Na percepção de líderes católicos, a dinâmica da secularização tem sido “muito agressiva” com o propósito de reduzir o papel da Igreja na esfera pública, empurrando-a para o ambiente privado.

A professora Ilaria Morali, da Pontifícia Universidade Gregoriana, de Roma, disse que a Igreja pretende, com a “nova evangelização”, reforçar a pregação da fé em países cristãos onde tem havido indiferença religiosa.

Na avaliação dela, contudo, esse esforço deveria incluir a revitalização da própria Igreja Católica, de modo que os fiéis possam descobrir “a responsabilidade e a alegria” que vêm com a fé.

Com informação do Huffington Post, entre outras fontes.

Documento de bispos manifesta preocupação com a ‘morte de Deus’
outubro de 2012

Secularismo.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...