Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Ateus defendem com 'beligerância' a teoria da evolução, diz padre

 padre Paulo Ricardo de Azevedo Jr.
Para Azevedo, o design inteligente é
também  uma'hipótese científica' 
O padre Paulo Ricardo de Azevedo Jr. (foto) advertiu os seus fiéis de que não podem ser “ingênuos” quando estiverem debatendo a teoria da evolução porque o seu interlocutor pode ser um ateu “beligerante”.

Ele falou que os católicos não têm dificuldade de analisar as duas "hipóteses científicas" sobre a criação do mundo — a evolução e o design inteligente. “Mas os ateus têm aqui a única tábua de salvação”, disse. “Por que como explicar o mundo se não houver nenhum Deus?”

Azevedo é da Arquidiocese de Cuiabá (MT). Ele tem se destacado como um dos porta-vozes da direita religiosa. Em seus sermões, defende a ortodoxia da Igreja com mais empenho até mesmo em relação à CNBB (Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros).

Mais recentemente o padre passou a se preocupar com o “ativismo ateu” que, segundo ele, está se infiltrando em diversos setores da sociedade brasileira, incluindo o judiciário.

Em um vídeo postado recentemente no Youtube, Azevedo falou sobre a Igreja Católica e a teoria da evolução. Ele lembrou que o papa Pio 12 (1876-1958) admitiu que Deus possa ter criado o mundo aos poucos, dentro da concepção de uma teoria da evolução teísta.

O padre disse que depois o papa João Paulo 2º (1920-2005) reconheceu em uma carta à Pontifícia Academia da Ciência que a teoria da evolução tinha consistência, não sendo, portanto, apenas uma simples hipótese, como acreditava Pio 12. A carta causou na época consternação entre católicos, disse o padre.

O próprio Azevedo parece estar consternado até hoje, porque para ele os fósseis não são coerentes entre si, havendo lacunas nos registros da evolução das espécies.

Ainda assim, disse Azevedo, a Igreja não proíbe os católicos de discutirem as duas "hipóteses científicas", porque, do ponto de vista da teologia, argumentou, tanto faz Deus ter criado o homem com barro ou com matéria orgânica.

“[Mas] nem todas as pessoas que participam deste debate científico são de boa vontade e isentas”, disse. “Algumas estão simplesmente defendendo o seu credo ateísta.”  É por isso, afirmou, que os ateus precisam “desesperadamente colocar certezas onde na verdade só existem teorias.”

"Ateus têm aqui sua única tábua de salvação"

video

Íntegra do vídeo.






Malafaia católico acusa juízes de seguirem valores ateístas
julho de 2012

Ciência versus religião.   Ateísmo.


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...