Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Vice da Record alega nada saber sobre fraude em procuração

Honorilton sentou no banco dos réus
da Justiça de Santa Catarina
Depois de Edir Macedo, chefe da Igreja Universal, agora foi a vez do bispo Honorilton Gonçalves (foto), vice-presidente da TV Record, sentar no banco dos réus da Justiça de Itajaí (SC).

Ele disse nada saber sobre a procuração fraudada que serviu para que houvesse em 1996 a transferência de 88 cotas da TV Vale Itajaí (de 12% a 15% do total) do ex-pastor Marcelo Pires para ele. O bispo disse que na época pagou em parcelas R$ 200 mil pelas cotas.

Honorilton afirmou ao juiz que foram advogados que manusearam os papéis da negociação, incluindo a procuração. Mas ele não se lembrou o nome de nenhum advogado.

Na ação penal, Pires sustenta que assinou uma procuração em branco para o bispo Macedo, e este a usou para transferir cotas da TV Itajaí a Honorilton, seu braço direito.

O site da Veja publicou o vídeo do depoimento de Honorilton.

Honorilton no banco dos réus


Com vídeo postado originalmente no site da Veja.

setembro de 2012
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...