Universidade planeja criar curso de pós-graduação em psicologia cristã

com atualização

O UDF (Centro Universitário do Distrito Federal) planeja criar um curso de três meses de pós-gradução em psicologia cristã, que será destinado aos graduados em psicologia.

 O CFP (Conselho Federal de Psicologia) já se manifestou contra o novo curso porque entende que a psicologia, por ser uma ciência, não tem nada a ver com o cristianismo ou com qualquer outra crença religiosa.

Informou que, caso se confirme a criação do curso, vai recorrer às instâncias competentes contra o que considera ser uma afronta da universidade à ética profissional.

Criado em 1967, o UDF é privado e não tem vínculo com igreja ou entidade religiosa. Na graduação, oferece, entre outros cursos, ciências biológicas, enfermagem, engenharia mecânica e direito. Na pós-graduação, tem mais de 30 cursos em diversas áreas. As aulas de alguns deles são pela internet.

O UDF faz parte do Grupo Cruzeiro do Sul Educacional, que também congrega o Colégio Cruzeiro do Sul, Universidade Cruzeiro do Sul e Centro Universitário Módulo, com mais de 35 mil alunos no total. 

A proposta de criação do curso encontra-se em análise no Conselho de Educação da universidade. Paulo Fernando Melo, advogado do UDF, rejeitou a ingerência do Conselho de Psicologia, que, segundo ele, não pode impedir ninguém de se especializar no que deseja.

A contaminação da prática de psicologia pela religião preocupa desde o começo do ano o Conselho de Psicologia, que, por intermédio de sua representação no Paraná, tenta convencer a profissional Marisa de Lobo a deixar de se apresentar na internet como “psicóloga cristã”. Lobo disse que nada a fará abrir mão de sua fé e acusou o conselho de perseguir os profissionais cristãos.

GRUPO NEGA – atualização em 26 de junho de 2012

Evelyn Carvalho, da assessoria de imprensa da Cruzeiro do Sul Educacional, enviou o seguinte esclarecimento:

"Com relação à nota “Universidade planeja criar curso de pós-graduação em psicologia cristã”, publicada no blog Paulo Lopes em 25/06/2012, o Centro Universitário do Distrito Federal - UDF - esclarece que nenhuma discussão a respeito do referido curso foi submetida a qualquer instância dentro da instituição e ressalta que o mesmo não será oferecido. Destacamos também que os profissionais citados não representam o Centro Universitário do Distrito Federal e que a instituição observa e respeita a legislação educacional e a ética de todos os seus cursos."

Com informação do Correio Braziliense.

'Psicóloga cristã' diz ser vítima da militância ateísta.
março de 2012

Caso Marisa Lobo.   Ciência versus religião.

72 comentários