Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Espíritas criticam a adoção do ensino religioso nas escolas do Rio

O Conselho Espírita do Estado do Rio não aderiu ao ensino religioso adotado nas 80 escolas da cidade do Rio por discordar que os estudantes recebam orientação de cunho confessional.

Em consequência disso, a Secretaria Municipal de Educação extinguiu as dez vagas que tinha reservado para professores de espiritismo. Foram contratados por concurso 45 professores católicos, 35 evangélicos e dez de religiões afro-brasileiras. Todos tiveram de apresentar recomendação das igrejas as quais estão ligados. As aulas começam no segundo semestre para a 4º série.
Cristina Brito, porta-voz do conselho, disse que os interessados poderão obter gratuitamente conhecimento sobre espiritismo em mais 700 endereços do Rio. “Não há sentido pagar para que professores deem aula da religião nas escolas municipais”, disse.

O Conselho já tinha se manifestado contra o ensino religioso em 2000, quando o então governador Anthony Garotinho sancionou lei instituindo essa modalidade confessional nas escolas estaduais.

Em 2002, o Conselho Espírito divulgou documento expondo que “cabe indiscutivelmente à família a formação religiosa dos filhos, por não ser função da escola”.

O documento ressaltou, ainda, que “o confessionalismo religioso nas escolas não é recomendável pois, embora seja tal ensino facultativo ao aluno, sua inclusão legal em carga horária curricular poderá acender atavismos (reaparecimento de um caráter presente em ascendentes remotos) segregadores do ódio entre religiões que tanto já fizeram sofrer a humanidade”.

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro encaminhou ao Ministério Público Estadual pedido para que analise a constitucionalidade do ensino religioso nas escolas municipais, tendo em vista que o Estado brasileiro é laico.

Com informação do Globo

Sindicato dos professores se mobiliza contra ensino religioso.
junho de 2012

Religião no Estado laico.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...