Pensamento analítico reduz convicção até de crente devoto

O Pensador
O Pensador, de Rodin, foi usado no teste 
por Becky Perlow, da CNN

Quando foi a última vez que você se sentou para questionar a sua crença em em Deus?  De acordo com um novo estudo, esse simples ato pode diminuir a sua convicção religiosa — mesmo se você for um crente devoto.

No estudo, publicado sexta-feira (20) na revista Science, pesquisadores da Universidade da Columbia Britânica, do Canadá, usaram estímulos sutis para incentivar o pensamento analítico. A  descoberta foi de que a reflexão pode diminuir a crença religiosa.

"A crença religiosa é intuitiva — e o pensamento analítico pode minar o pensamento intuitivo", disse o psicólogo Ara Norenzayan, coautor do estudo. "Quando são encorajadas a pensar analiticamente, as pessoas podem bloquear o pensamento intuitivo."

Para a elaboração do estudo, os pesquisadores mostraram a um grupo de pessoas imagens de arte que incentivavam o pensamento analítico e a outro, figuras neutras. No total, foram 650 participantes, entre canadenses e americanos.

Uma das imagens utilizadas foi a da estátua de Rodin "O Pensador". Um estudo anterior tinha concluído que essa imagem melhorava o desempenho de pessoas submetidas a testes de raciocínio reflexivo.

Os pesquisadores constataram que os indivíduos que ficaram expostos às imagens que estimulam o pensamento analítico eram mais propensos a experimentar uma diminuição na crença religiosa, na comparação com aqueles para os quais foi mostrado outro tipo de imagens. Isso valeu inclusive para os crentes devotos.

Norenzayan disse que muitos fatores podem abalar a crença religiosa. Observou que circunstâncias, como acontecimentos traumáticos e ocasiões festivas, podem influenciar as pessoas a se tornarem  mais ou menos religiosa.

O psicólogo ressaltou que não ficou provado ser possível transformar crentes devotos em ateus apenas com o estímulo do pensamento reflexivo. Mas admitiu que pessoas que têm de exercitar esse forma de raciocínio, como cientistas e advogados, podem ter menor convicção religiosa em longo prazo.

Ele explicou que o pensamento analítico, por si só, não conduz necessariamente a uma diminuição da crença religiosa.  "Há uma combinação de fatores que levam as pessoas se tornarem crentes ou não crentes.”

“O pensamento analítico é apenas uma peça do quebra-cabeça", disse, ressaltando que o estudo não concluiu ser o pensamento analítico superior ao intuitivo.

Este texto foi publicado originalmente no site da CNN.

Estudioso explica por que ateus são mais inteligentes que religiosos.
agosto de 2011

Comentários

  1. Porque acreditar em deus?

    a porque a maioria acredita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq mamãe ensinou assim

      Excluir
    2. Pq eu não aceito morrer

      Excluir
    3. Pq eu li num livro que ele existe

      Excluir
    4. http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2012/04/27/brasileiro-e-falso-moralista-e-duas-caras-quando-se-trata-de-sexualidade.htm

      Excluir
    5. Porque muitos crentes já morreram acreditando.

      Excluir
    6. "A mente que se abre a uma idéia, jamais voltará ao seu tamanho original" - Albert Einstein

      Excluir
    7. Porque sem Deus não há moral.

      Excluir
    8. Pq precisam de um papai eterno.

      Excluir
    9. Baphomet
      "Porque sem Deus não há moral."
      Não tenho deus e tenho mais moral do que muitos ditos crentes.

      Excluir
    10. kelvison:

      Eu também. Aquilo foi sarcasmo.

      Excluir
    11. Por que ser ateu?

      Porque tá na moda, e eu me sinto foda por isso!

      Excluir
    12. Porque pensar é complicado e dolorido. Porque ser responsável pelos seus atos e pela sua vida traz responsabilidades demais.

      Liberdade é algo difícil de gerenciar, porque existe a possibilidade de errarmos. Porque liberdade não é a mesma coisa que felicidade. Muitas vezes simplesmente abrimos mão da nossa liberdade pela simples sensação de ser feliz. Não importa que seja com um bocado de soma, prozac ou com um homem barbudo dizendo que nos ama e que, mesmo que façamos tudo de errado, nos perdoará e nos fará feliz, por toda e eternidade.

      Por falar em eternidade, é complicado para nós, seres que temos consciência da nossa finitude (não duvido que outros animais saibam, mas só há confirmação dos humanos) aceitarmos e vivermos bem com esta fato. Exige pensamento e reflexão. Já pensar que simplesmente existiremos para toda a eternidade (acho que essa é parte mais comuns da maioria das religiões, e até o budismo compartilha desta crença) é simples e prático.

      Admitamos: crer por crer é muito mais fácil, cômodo e, a curto prazo, nos deixa mais contentes.

      Excluir
    13. Porque o pastor disse!

      Excluir
  2. Porque a fé remove montanhas e também os neurônios dos crentes. Os impedindo de pensar e questionar...
    Ass.: Pensador Racional.

    ResponderExcluir
  3. Porque a fé remove montanhas e também os neurônios dos crentes. Os impedindo de pensar e questionar...

    Ass.: Pensador Racional.

    ResponderExcluir
  4. o que seriam "imagens de arte que incentivavam o pensamento analítico"? além do "o pensador" vc tem algum outro exemplo de imagem que foi utilizado na pesquisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe...

      Estudo "científico" revela:

      Ver uma estátua de um cara pensando faz o cara ficar mais inteligente e racional.

      A suposta "pesquisa" só pode ser uma pegadinha.

      Pelo jeito, uns ateus aí ACREDITARAM mesmo que essa palhaçada é coisa séria!

      Nunca vi gente tão crédula quanto esses ateus.

      Precisam ainda ver muita estátua do Rodin na vida, hahaha!

      Excluir
  5. Tive uma idéia.....

    Se fizer um outdoor, com essa imagem do pensador do Rodin, e colocar na frente dos maior templos crentes ....

    Sei lá, de repente, eles param de gritar ou de rolar pelo chão. Por falar nisso, o chão desses templos evangélicos devem brilhar de tanto que as pessoas lustram ele, com suas roupas.

    ResponderExcluir
  6. Acho que seria mais efetivo se colocassem um outdoor com uma imagem do M. C. Escher, como essa:
    http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/e/e8/Escher_Waterfall.jpg

    Certamente iria dar um tilte no sistema binário (tico e teco) dos crentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagem que provoca tilte na cabeça dos ateus, gays & cia, fazendo-os gritar, chorar e espernear:

      CUIDADO! Imagem ofensiva a ateus, gays & cia. Não clique se você for uma dessas pessoas sensíveis.

      Excluir
    2. impróprio, que o digam as pessoas que foram mortas por causa desse símbolo "maravilhoso", inclusive o próprio cristo.

      Excluir
    3. Ainda bem que estas imagens e símbolos abaixo não incomodam nem ofendem os ateus, muito pelo contrário:

      inofensivo 1

      inofensivo 2

      E nem importa quantos milhões de pessoas foram mortas por causa desses símbolos maravilhosos (nem sua relação íntima com o ateísmo)!

      Excluir
    4. inofensivoApr 29, 2012 10:05 AM:

      "The amount of bullshit in up comments it's too damn high."

      Excluir
    5. Cacildis, só faltam os dentes de alho, a estaca e a água benta para os ateus derreterem. tsc. tsc. E minha passagem pra Cuba já está comprada. tsc, tsc.

      Excluir
  7. chegei da india hoje estou com 8 pontos na cabeça. outro dia eu faloa respeito estou bastante cansado,vou da atenção pra minha família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja era maluco antes, imagino agora depois de uma pancada na cabeça...

      Excluir
    2. Pena que não morreu lá mesmo.

      Excluir
  8. nada pode calar um adorador do senhor jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai pregar la no Afeganistão numa mesquita dos talibãs depois me diz como foi...

      Excluir
    2. E se o adorador for mudo, hein? hein?

      Excluir
  9. VIxe, paulo

    vixe, pelo visto os indianos não são muito adeptos dos "adoradores do senhor"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [risos ad infinitum]

      Me lembra um missionário americano que foi à Amazônia converter os índios pirahã e voltou ateu.
      http://www.youtube.com/watch?v=EhsPbNxsDtk

      Excluir
    2. Caramba

      Já voltou, paulo ?? E ainda dodoi ?

      Bom, pelo menos os ateus não agridem ninguem.

      Excluir
    3. "pelo menos os ateus não agridem ninguem"

      Que o digam as mais de 100 milhões de pessoas assassinadas pelos ateus comunistas, só no século 20.

      Excluir
    4. Psiu (bem baixinho, pra ninguém mais ouvir), acho que ele quis dizer os ateus capitalistas, pois os comunistas viraram centro-esquerdistas e se converteram ao cristianismo para agradar às massas.

      Excluir
  10. Albert Einstein:

    "Em vista de tal harmonia [existente] no cosmos que eu, com minha limitada mente humana, sou capaz de reconhecer, ainda há pessoas que dizem que Deus não existe. Mas o que realmente me deixa indignado é que eles me citam em apoio de tais pontos de vista."

    "Eu não sou ateu e eu não acho que posso me chamar de panteísta. Estamos na posição de uma criança entrando em uma enorme biblioteca cheia de livros em muitas línguas. A criança sabe que alguém deve ter escrito aqueles livros. Ela não sabe como. Não compreende as línguas em que estão escritos. A criança suspeita vagamente de uma misteriosa ordem na organização dos livros, mas não sabe o que é. Isso, parece-me, é a atitude de, mesmo o mais inteligente ser humano para com Deus."

    Será que Einstein exercitava mesmo esse pensamento analítico????????? Ou será mais uma pesquisa ateísta furada para convencer meia dúzia por aqui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AnônimoApr 28, 2012 12:26 PM

      Primeiro: o que Einstein tem a ver com a pesquisa? Ele foi um cientista brilhante, mas não era deus. Sua área de destaque era física, não teologia. Argumento de autoridade.

      Segundo: Einstein não se denominava como ateu, tampouco como teísta, ou seja, NÃO cria num deus pessoal (Jeová ou Santíssima Trindade). Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Albert_Einstein%27s_religious_views

      Terceiro: toda pesquisa com grupos gera dados referentes à MÉDIA, ou seja, podem haver "picos" que se afastam dela. Por exemplo, o QI MÉDIO dos teístas é menor que o de irreligiosos (agnósticos e ateus), mas podem existir alguns teístas com maior QI que alguns irreligiosos.

      Quarto: leia (ou releia) o artigo com atenção.

      Excluir
    2. Se fosse citada uma daquelas falas do Einstein que alguns militantes ateus INTERPRETAM como sendo "ateísticas", aí o ateu consideraria a citação muito oportuna, não iria reclamar que a menção não está relacionada ao post, e ainda consideraria o Einstein uma autoridade fodona no assunto!

      Excluir
    3. desagradou, é possível sim que haja tais ateus que sucumbem a falácias, porque (bem baixinho, pra ninguém mais ouvir) ateus só concordam totalmente numa única coisa: não existe Deus.

      Excluir
    4. Parafraseando J Tadeu
      (Bem abixinho para o pastor não ouvir): Crentes só concordam totalmente numa única coisa: Existe deus.

      Excluir
  11. Em carta inédita, Albert Einstein ataca Deus

    da Associated Press

    Uma carta inédita de Albert Einstein datada de 1954, ano anterior ao de sua morte, traz pela primeira vez críticas contundentes do físico à religião. No manuscrito dirigido a seu amigo filósofo Eric Gutkind, que será leiloada hoje em Londres, o autor das teorias da relatividade retrata as práticas religiosas como "infantis".

    "A palavra Deus é para mim nada mais do que expressão e produto da fraqueza humana", escreveu Einstein, para quem a Bíblia seria "uma coleção de lendas honoráveis, ainda que primitivas".

    O conteúdo da carta difere de declarações anteriores de Einstein, que, segundo historiadores, nunca havia deixado muito clara a sua visão sobre a religião. Nessa seara, o físico era mais lembrado pela frase "A ciência sem religião é manca, a religião sem a ciência é cega".

    Na carta a Gutkind, porém, Einstein classifica a crença em Deus como "produto da fraqueza humana", e não poupa nem a religião do povo ao qual pertencia. "A religião judaica, como todas as outras religiões, é uma encarnação das superstições mais infantis." Einstein, um sionista que teve papel importante na criação do Estado de Israel, diz a Gutkind que não acredita que os judeus sejam um povo "escolhido".

    A carta traz um certo tom de descrença na humanidade e a noção de que o poder corrompe as pessoas. Os judeus, diz, só estariam "protegidos dos piores cânceres por lhes faltar poder".

    A casa de leilões Bloomsbury, onde o manuscrito original será vendido, diz estar "100% certa" da autenticidade do documento e que espera conseguir por ele um preço entre US$ 12 mil e US$ 16 mil. O vendedor é um colecionador particular.

    Historiadores não costumam retratar Einstein como ateu, mas a imagem pode mudar com a publicação da carta. Sua visão sobre Deus era tida apenas como não-clerical ("Não creio no Deus da teologia que recompensa o bem e pune o mal").

    Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u402056.shtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com einstein são superstições infantis e nem se discute isto de tão ridículo e infantil que é essas estória de bem e mal céu e inferno .caramba tudo isto é um conto épico besta e sem sentido. Kakakaka

      Excluir
    2. Dessa citação do Einstein, INTERPRETADA por alguns militantes ateístas como sendo de "defesa do ateísmo", o ateu J.Tadeu não reclamou como fez acima, nem falou que é inoportuna por não estar relacionada ao post.

      Como se vê, a "racionalidade", a "coerência" e a "honestidade" do ateísta militante típico também seria um bom material pros psicólogos estudarem!

      Será que uma olhada na estátua mágica do Rodin pode ajudar pelo menos um pouco essa gente?

      Excluir
    3. "essa agradou"
      Você também é ateu, com relação a Odin, Thor ou Krishna. Eu também, incluindo Jeová ou Santíssima Trindade. Não falei dessa carta porque ela não defende o ateísmo de Einstein (atenção!) com relação ao deus judaico; se defendesse, eu indicaria o erro.

      P.S.: O Cosmos te ama!

      Excluir
    4. Opa, cometi um erro na mensagem acima. O certo é: Não falei dessa carta porque ela defende a descrença de Einstein no deus judaico, ou qualquer deus pessoal; se fizesse o contrário, eu indicaria o erro (assim como estou indicando o meu).

      P.S.: O Cosmos é amor!

      Excluir
  12. Explica como o estímulo do pensamento reflexivo diminuiu a convicção religiosa em longo prazo desses cientistas cristãos que fundaram os seguintes ramos da ciência:

    # Joseph Lister (Cirurgia anti-séptica);
    # Louis Pasteur (Bacteriologia);
    # Isaac Newton (Cálculo e Dinâmica);
    # Johannes Kepler (Mecânica celestial);
    # Robert Boyle (Química e Dinâmica dos gases);
    # Georges Cuvier (Anatomia comparativa);
    # Charles Babbage (Ciência da computação);
    # Lord Rayleigh (Análise dimensional);
    # Joen Ambrose Flemig (Eletrônica);
    # James Clerk Maxwell (Eletrodinâmica);
    # Michael Faraday (Eletromagnetismo e Teoria de campo);
    # Lord Kelvin (Energética);
    # Henri Fabre (Entomologia de insetos vivos);
    # George Stokes (Mecânica dos fluidos);
    # sir William Herschel (Astronomia galáctica);
    # Gregor Mendel (Genética);
    # Louis Agassiz (Geologia glacial e Ictiologia);
    # James Simpson (Ginecologia);
    # Matthew Maury (Hidrografia e Oceanografia),
    # Blaise Pascal (Hidrostática);
    # William Ramsey (Química isotópica);
    # Lord Rayleigh (Análise de modelos);
    # John Ray (História natural);
    # Bernard Riemann (Geometria não-euclidiana);
    # David Brewster (Mineralogia ótica)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, talvez devem ter estudado tanto e virado ateu no fim da vida!!!!!!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Desde quando ateísmo é sinônimo de inteligência e crença em Deus de burrice, pensamento reflexivo é válido tanto para um quanto para outro. Para o religioso sem convicção, qualquer contestação pode abalar sua fé, para o ateu não convicto, qualquer experiência real em sua vida, que fuja a seu domínio intelectual fazendo-o refletir, pode abalar seus conceitos também.

      Excluir
    3. Anônimo de Apr 28, 2012 04:13 PM,
      acho que você não leu minha postagem em Apr 28, 2012 01:25 PM (tá lá em cima, quando falam de Einstein). Basicamente, argumento de autoridade e ignorância quanto a pesquisas estatísticas com grupos.

      Anyway, todos os cientistas citados são brilhantes em suas especialidades, mas esqueceu-se de um detalhe: quase todos viveram antes do século XX, quando a ciência, que - surpresa! - está sempre evoluindo, não estava tão avançada quanto hoje, e a influência da religião era maior do que é hoje na Europa.

      Excluir
    4. E para quem se impressiona com autoridades (cof, cof, religiosos, cof, cof), aqui uma pequena amostra de alguns hereges que tiveram a ousadia de não acreditar:

      * William Bateson (genética)
      * John Stewart Bell (física)
      * Charles H. Bennett (física e teoria da informação)
      * Patrick Blackett (física, prêmio Nobel)
      * Niels Bohr (física, mecânica quântica, prêmio Nobel)
      * Paul D. Boyer (bioquímica, prêmio Nobel)
      * James Chadwick (física, prêmio Nobel)
      * Subrahmanyan Chandrasekhar (astrofísica, prêmio Nobel)
      * Francis Crick (biologia molecular, biofísica e neurociência, prêmio Nobel)
      * Jean le Rond d'Alembert (matemática, física, teoria musical)
      * Augustus De Morgan (matemática)
      * David Deutsch (física, computação quântica)
      * Paul Dirac (física, mecânica quântica, prêmio Nobel)
      * Paul Erdős (matemática)
      * Richard Feynman (física, prêmio Nobel)
      * James Franck (física, prêmio Nobel)
      * George Gamow (física, cosmologia)
      * Stephen Jay Gould (paleontologia, biologia evolucionária)
      * Edmond Halley (astronomia, geofísica, matemática, meteorologia, física)
      * Stephen Hawking (física, cosmologia)
      * Lev Landau (física, superfluidez, prêmio Nobel)
      * Pierre-Simon Laplace (matemática, astronomia)
      * Ernst Mayr (biologia evolucionária)
      * John McCarthy (ciência da computação e ciência cognitiva)
      * Svante Arrhenius (físico-química, prêmio Nobel)
      * Sigmund Freud (psicanálise)
      * Joseph Louis Gay-Lussac (química, física)
      * Jacques Hadamard (matemática)
      * W. D. Hamilton (biologia evolucionária)
      * Peter Higgs (física)
      * Frédéric e Irène Joliot-Curie (química, prêmios Nobel)
      * Hermann J. Muller (genética, prêmio Nobel)
      * John Forbes Nash, Jr. (matemática)
      * Linus Pauling (química, ativismo pela paz, dois prêmios Nobel)
      * Sir Roger Penrose (física, matemática, cosmologia)
      * Carl Sagan (astronomia)
      * Erwin Schrödinger (física, mecânica quântica, prêmio Nobel)
      * Claude Shannon (teoria da informação)
      * Leonard Susskind (física, teoria das supercordas)
      * Sir Arthur Tansley (botânica, ecologia)
      * Alfred Tarski (matemática, lógica)
      * Alan Turing (matemática, lógica, criptografia)
      * Craig Venter (biologia, genoma humano)
      * James D. Watson (biologia molecular, genética, prêmio Nobel)
      * Steven Weinberg (física, prêmio Nobel)
      * Bertrand Russell (matemática, lógica, filosofia, história)

      Uma pequena amostra nas ciências.

      Excluir
    5. Mas o que se quer provar pela pesquisa é que o pensamento analítico reduz a crença dos mais devotos. Independentemente da época, desde o iluminismo, muitos pensadores já criticavam a fé, então isso não é motivo para desmerecer a fé de inúmeros cientistas e fica provado que o pensamento analítico abala só os fracos de convicção.

      Excluir
    6. Mesmo nas artes, área tão impregnada pelo cristianismo, há bons "hereges":

      Compositores na música clássica:
      * Bartók
      * Berlioz
      * Bizet
      * Janáček
      * Prokofiev
      * Ravel
      * Rimsky-Korsakov
      * Shostakovich
      * Richard Strauss
      * Vaughan Williams
      * Xenakis

      Na literatura (considerados mestres da escrita):
      * Chekhov
      * Kafka
      * Proust
      * Jorge Amado (brasileiro)
      * Graciliano Ramos (outro brasileiro)
      * João Cabral de Melo Neto (poeta brasileiros dos bons!)
      * Saramago
      * H. P. Lovecraft
      * Robert Louis Stevenson
      * Virginia Woolf
      * George Orwell

      Cineastas famosos:
      * Woody Allen
      * Charlie Chaplin
      * James Cameron
      * George Clooney
      * Guillermo del Toro
      * Sergei Eisenstein
      * Steven Soderbergh
      * Roman Polanski
      * Stanley Kubrick

      Outros brasileiros famosos "sem deus no coração": http://www.paulopes.com.br/2012/01/ateus-brasileiros-famosos.html

      Viram como é enfadonho ficar colocando nomes e nomes para tentar provar alguma coisa? Os crentes deixarão de crer só porque tem uma porrada de gente descente e que se destaca em suas áreas? Provavelmente não. É só pra ajudar, penso eu, a conscientizar as mentes cristãs que são fracas acerca da realidade (interpretem bem!) de que os ateus não são "do mal". Tá, desisto, certas mentes, infelizmente a maioria, são ocas de tão fechadas.

      Excluir
    7. Nossa, que coisa inteligente e original, exemplo da racionalidade do típico militante ateísta: postar (pela enésima vez) listas de supostos ateus ou não-cristãos célebres!

      Se alguém resolvesse também postar aqui uma lista dos milhares de cristãos importantes que fizeram grandes obras, esta página travaria, pois excederia alguns gigabytes.

      Um conselho pro ateu postador de listas:

      Senta e vai olhar a estátua do Rodin pra ver se você fica mais esperto!

      Excluir
    8. Ora pequeno olog-hai, um “cristão” (supondo que ele seja) já postou a lista de vários cientistas que eram religiosos.
      O que o J.Tadeu quis mostra é que também pode fazer o mesmo. (Agora caso você tenha fingido que não leu o comentário do AnônimoApr 28, 2012 04:13 PM o problema não é meu).

      Excluir
    9. Shiroyasha, pior: ele não leu nem meu último parágrafo.

      Excluir
    10. # Joseph Lister (Cirurgia anti-séptica);
      # Louis Pasteur (Bacteriologia);
      # Isaac Newton (Cálculo e Dinâmica);
      # Johannes Kepler (Mecânica celestial);
      # Robert Boyle (Química e Dinâmica dos gases);
      # Georges Cuvier (Anatomia comparativa);
      etc. etc. etc.

      Agora só falta dizer que eram todos dizimistas

      Excluir
  13. Pensem, não dói.

    Quando os cientistas cristãos fizeram descobertas científicas que abalaram o mundo, eles o fizeram:

    - lendo a bíblia e rezando para Deus?

    ou

    - através de pensamentos e métodos racionais, analíticos, científicos?

    Vamos nos lembrar que Isaac Newton gostava de alquimia e de calcular, com base na bíblia, quando o mundo iria acabar, assim como fez o ilustre matemático cristão Harold Camping.

    Cada um desses cientistas cristãos fizeram coisas maravilhosas, mas, também, perderam tempo com assuntos religiosos e esotéricos inúteis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. qualquer semelhança29 de abril de 2012 14:50

      Algo parecido aconteceu com o Carl Sagan e o Richard Dawkins, por exemplo.

      Apesar de terem feito algum trabalho científico ou acadêmico relevante (principalmente o Sagan, já que a importância do Dawkins é bem menor), esses caras perderam muito tempo com militância ateísta, conversa fiada e politicagem inúteis.

      Excluir
    2. devidas proporções29 de abril de 2012 15:21

      Ressalte-se que, em termos de relevância científica, os ateus Dawkins e Sagan estão a algumas centenas de anos-luz abaixo do cientista (cristão) Isaac Newton.

      Excluir
    3. Não se compara cientistas como se compara jogadores de futebol. Isso é coisa de ignorantes.

      Newton era fundamentalmente físico, Dawkins biólogo.

      Física e biologia não são comparáveis. São coisas diferente e ambas são importantes.

      By the way, anos-luz é medida de comprimento. Não faz sentido algum dizer que essa pessoa está anos-luz abaixo que outra pessoa.

      Excluir
    4. Carl Sagan nunca foi militante ateu, ele foi um dos maiores divulgadores da ciência que já pisou nessa Terra.

      Leiam os livros dele, por favor.

      Excluir
    5. Vamos lá: um troll coloca imagens do comunismo que (supostamente) todos os ateus veneram, daí um anônimo-troll do nada coloca uma fala de Einstein que destoa do artigo, daí outro anônimo-troll coloca uma lista de cientistas cristãos (como se existisse "ciência cristã") querendo provar não-sei-o-que, daí quando é colocada uma lista de cientistas irreligiosos um outro troll não lê tudo o que foi escrito e fala em "desonestidade". Daí outro troll compara um cientista com outro, como se fossem figurinhas de rpg...

      P.S.: Trolls, o Cosmos vos ama!

      Excluir
  14. The amount of Trollings in this page It's too damn high.

    ResponderExcluir
  15. "E a gloria dos homens é como a flor ... seca-se as folhas e cai-se a flor"

    Oh dó que eu tenho ... muito dó

    ResponderExcluir

Postar um comentário