Red Bull suspende na África do Sul anúncio de Jesus sobre as águas

Anúncio dá uma versão
engraçada do milagre
Red Bull não resistiu às pressões da Igreja Católica da África do Sul e determinou a sua subsidiária naquele país que suspenda na TV o anúncio da bebida enérgica no qual Jesus revela como consegue andar sobre as águas.

O cardeal Wilfrid Napier, porta-voz da SACBC (Conferência Episcopal da África do Sul), tinha criticado a empresa por ter lançado o vídeo publicitário em “um momento inadequado”, nas vésperas da Semana Santa.

A versão em português do anúncio se encontra disponível na internet. A Red Bull pretende exibi-lo na TV até o final do ano, se a Igreja Católica e os evangélicos deixarem.

A CNBB informou que está examinando a possibilidade de recorrer à Justiça contra a exibição e há pastores dizendo que a Red Bull debochou de um milagre.

No vídeo de 30 segundos [ver abaixo] um personagem diz que Jesus tinha tomado a bebida que “dá aaasas”, mas fica claro não ter sido ela a responsável pelo milagre.

"Jesus, como você faz isso?"


Conar examina queixas contra anúncio do Jesus que toma Red Bull.
março de 2012

Religião contra liberdade de expressão.    Comerciais polêmicos. 

Comentários

  1. Hum... esse cormercial já passa há uns bons dias na MTV, mas é claro que a gente só vai ver no que vai dar aqui no Brasil quando passar nos principais canais abertos mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Realmente já está passando nas tv's brasileiras, inclusive eu já vi. O que eu estou estranhando é que ninguém reclamou ainda. Está bom demais pra ser verdade... ou não se lembram do peugeot lúcifer? Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  3. os que mais reclaman , são aqueles que nem consomem o produto

    ResponderExcluir
  4. Eu percebi que igrejas são parasitas um mal desnecessário que aprisiona as pessoas. Eu queria que a igreja fosse aniquilada da face da terra ,não as pessoas mais sim as igrejas e todos seus clérigos . Imagina se grandes líderes mundiais fossem católicos e a igreja estivesse infiltrada em seus poderes, eles iriam dar um jeito de deixar as coisas como eles querem ,eles quando tiveram infiltrados no poder foi exatamente isto que eles fizeram e não pense que a igreja católica mudou ela só perdeu e ficou sem essa atuação e mesmo porque hoje temos a Onu que não iria permitir uma igreja matar e queimar pessoas se ela fizesse isto ela estaria proclamando guerra ao mundo. Eu não vejo graça nenhuma na igreja ela não evolui o homem antes ela deixa ele estagnado aprisionado um devedor aos favores divinos, eu espero que um dia a humanidade mundial evolua e deixa de acreditar que existe deuses fazendo coisas por ai e vocês sabe que não existe basta dar uma olhada na história e você vera que não há nada nesta terra além de nos e nossas pretenções e que deuses nunca existiram e nunca investiram na história o mundo é como ele é , e acredito que um dia os homens deixem de ser medievais e de acreditar nestes deuses que nada fazem a não ser retroceder o homem e torna-lo seu escravo.

    ResponderExcluir
  5. Bobagem! Ficaram nervozinhos por causa dessa bobagem, desde quando zuar um mito é desrespeito?

    ResponderExcluir
  6. Católicos não tem senso de humor. Que povo mais chato! Vão tomar um Red Bull!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, a maioria têm. Católicos são os mais "light" dos cristãos, os evangélicos é que são foda. Eles não riem de nada, acho que devem pensar que rir é pecado, vivem de cara amarrada, de mau humor. Não todos, claro, mas a grande maioria.
      Além disso, foram alguns poucos chatos que reclamaram, tenho certeza que a maioria dos cristãos não dá a mínima para essa piada, ou até acha engraçado.
      Mas numa teocracia, basta alguns poucos chatos reclamando para causar comoção.

      Excluir
  7. Na notícia anterior, o chorão sottomaior quer censurar
    as religiões por terem programa na tv brasil.
    Que aliás, são a maioria que paga imposto no brasil.
    (só isso já bastaria para alar sottomaior)
    Censurar o comercial, é o mesmo que censurar as religiões
    ou o ateísmo.
    Censura é censura em qualquer lugar, aqui ou na china.
    E como tal deve ser repudiada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A. Porto, sério, vá à merda. Ser a maioria é irrelevante e você sabe disso, pare de repetir sempre as mesmas falácias, já cansou.
      Se entendesse um mínimo que fosse de leis, não falaria 5% das besteiras que fala.

      Excluir
    2. Saudades da Senhora Crente!!!

      Excluir
    3. A. Porto

      Apelo à maioria de novo? O Brasil é uma democracia e democracia não é a "ditadura da maioria". Numa democracia, se garante direitos iguais pra todos; para grupos majoritários e minoritários.

      A TV Brasil é uma emissora pública que é gerida pela Empresa Brasil de Comunicação e é vinculada à Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Ela é mantida com dinheiro dos impostos que todos os cidadãos brasileiros pagam.

      Falar que a maioria religiosa que paga os impostos e por isso devem ter algum privilégio em emissoras públicas é uma bobagem homérica.

      Excluir

Postar um comentário