Receita vai investigar indícios de enriquecimento ilícito de Valdemiro

Valdemiro disse que a Universal coloca
na Record R$ 800 milhões por ano
A Receita Federal vai investigar indícios de enriquecimento ilícitos de Valdemiro Santiago de Oliveira (foto), chefe da Igreja Mundial do Poder de Deus.

No domingo (18), a TV Record — do bispo Edir Macedo, da Universal, igreja concorrente da Mundial — acusou Valdemiro de ter usado dinheiro dos fiéis para comprar duas fazendas no coração do pantanal, em Mato Grosso, por R$ 50 milhões, incluindo gado e benfeitorias.

Valdemiro negou ontem (19) que as fazendas estejam em seu nome e disse que uma delas só começará a ser paga daqui a 12 meses. Contratos de compra e venda divulgados pela Record mostram que os negócios foram feito à vista e com dinheiro vivo da Mundial.

Ele acusou a Universal de injetar na Record R$ 800 milhões por ano, por intermédio da compra do horário da madrugada da emissora para o programa “Fale que eu Te Escuto”. “É um programa fraquinho, que só dá traço [de audiência]”, disse.

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que a briga entre Macedo e Valdemiro expõe “ao ridículo os pastores e as igrejas evangélicas”.

Ele estranhou Macedo ter-se utilizado de “reportagens tendenciosas” para denegrir Valdemiro, em um expediente do qual o próprio líder da Universal já tinha sido vítima nos anos 90 por parte da Rede Globo.

Para Malafaia, os dois pastores são “farinha do mesmo saco”. "[É] o sujo falando do mal lavado”.

Com informação do R7 e Verdade Gospel, entre outros sites.

TV Record acusa Valdemiro de comprar fazendas com dízimo.
março de 2012

Universal versus Mundial.    Santiago.    Edir.

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog