Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

CBF proíbe culto na concentração da Seleção Brasileira

Sanchez disse que quem 
quiser que reze no quarto
Andres Sanchez (foto), diretor de seleções da CBF, disse que não permitirá a celebração de cultos nas concentrações da Seleção Brasileira. “Quem quiser, que reze no quarto.”

Ele afirmou não ser contra a religião, mas entende que, no caso, os cultos não têm nenhuma importância. “[Além disso], o que não pode é eu ser católico e te obrigar a ser católico”, disse em entrevista ao portal UOL.

No quarto, disse, o jogador pode fazer o quiser. Para ele, o que interfere nas concentrações agora não é tanto a religião, mas o uso da internet pelos jogadores.

Lembrou que já houve época em o problema era a presença de mulheres na concentração. “Depois, vieram as cartas e em seguida a religião.”

As declarações de Sanchez são um aviso para os jogadores evangélicos e os pastores que vinham impondo sua religiosidade à seleção.

Leão afirma que jogador evangélico culpa Deus quando perde pênaltis
novembro de 2011

Religião nos esportes.    Religião no Estado laico.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...