Hospital de São Paulo opera boca em vez de fimose de menino

Um menino de dois anos foi internado na sexta-feira (5) no Hospital Municipal M’Boi Mirim, zona sul de São Paulo, para ser operado de uma fimose.

Quando ele saiu da sala de cirurgia, Eliane Amélia de Sousa Silva, sua mãe, notou algo errado: o rosto do filho estava inchado e ela ficou sabendo que ele tinha se submetido a uma operação de boca. O cirurgião tirou o freio debaixo da língua e uma ligação entre o lábio e a gengiva chamada de frênulo labial.

Os pais do menino temem que ele agora tenha problema de fala. O hospital reconheceu que houve erro, mas garantiu que a operação indevida não deixará sequelas no garoto.

O hospital afirma que houve troca de prontuários. O menino foi internado em um quarto com dois outros garotos e um deles precisava de fato de uma cirurgia na boca.

Por pouco o menino não foi submetido a uma segunda intervenção desnecessária. Ele chegou a ser preparado para a retirada de uma hérnia umbilical. Os procedimentos foram interrompidos, mas o menino já teria sido submetido ao bisturi.

O hospital está investigando em que circunstâncias houve a troca de prontuários e já afastou o cirurgião responsável.

O menino está se recuperando em casa. Ele continua com a fimose.

Hospital Municipal M'Boi Mirim
 Com informação da Folha de S.Paulo.

> Médico opera boca de menino em vez dos testículos.
junho de 2010

> Médico faz vasectomia em paciente que só queria tirar verrugas.
maio de 2010

> Erro médico?

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog