Livro conta vida sexual de papas



por Rosa Ramos
para o site português Ionline

São mais de 300 páginas com centenas de histórias pouco santas sobre a vida sexual dos papas da Igreja Católica. O livro do jornalista peruano Eric Frattini, recém-chegado às livrarias portuguesas e editado pela Bertrand, percorre, ao longo dos séculos, a intimidade secreta de papas e antipapas, mas não pretende causar "escândalo". Apenas "promover uma reflexão sobre a necessária reforma da Igreja ao longo dos tempos".

Houve incestuosos, pedófilos, estupradores, etc.

O escritor admite, aliás, que alguns dos relatos possam ter sido inventados, nas diferentes épocas, por inimigos políticos dos sumos pontífices. Lendas ou verdades consumadas, no livro "Os papas e o sexo" há de tudo. Desde papas violadores e zoofílicos a papas homossexuais e fetichistas, além de Santos Padres incestuosos, pedófilos ou sádicos, passando por papas filhos de papas e papas filhos de padres.

Alguns morreram assassinados pelos maridos das amantes em pleno ato sexual. Outros foram depostos do cargo, julgados pelas suas bizarrias sexuais e banidos da história da Igreja. Outros morreram com sífilis, como o papa Júlio II, eleito em 1503, que ficou na história por ter inventado o primeiro bordel gay de que há memória.

Bonifácio IX deixou 34 filhos, a que chamava, carinhosamente, de "adoráveis sobrinhos". Martinho V encomendava contos eróticos, que gostava de ler no recolhimento do seu quarto.

João XIII
 tinha preferência
 pelas virgens 
Paulo II era homossexual e Listo IV, que cometeu incesto com os sobrinhos, bissexual. Inocêncio VIII reconheceu todos os filhos que fez e levou-os para a Santa Sé. Um deles tornou-se violador. João XI (931-936) cometeu incesto com a própria mãe, violava fiéis e organizava orgias com rapazes.

Sérgio III teve o infortúnio de se apaixonar por mãe e filha e não esteve com meias medidas: rendeu-se à prática da ménage à trois. Bento V só esteve no Governo da Igreja 29 dias, por ter desonrado uma adolescente de 14 anos durante a confissão. Depois de ser considerado culpado, fugiu e levou boa parte do tesouro papal consigo.

João XIII era servido por um batalhão de virgens, desonrou a concubina do pai e uma sobrinha e comia em pratos de ouro enquanto assistia a danças de bailarinas orientais. Os bailes acabaram quando foi assassinado pelo marido de uma amante em pleno ato sexual. Silvestre II fez um pacto com o diabo. Era ateu convicto e praticava magia. Acabou envenenado.

Dâmaso I, que a Igreja canonizou, promovia homens no ciclo eclesiástico, sendo a moeda de troca poder dormir com as respectivas mulheres. Já o Papa Anastácio, que tinha escravas, teve um filho com uma nobre romana, que se viria a tornar no Papa Inocêncio I (famoso pelo seu séquito de adolescentes). Pai e filho acabaram canonizados.

Leão I era convidado para as orgias do Imperador, mas sempre se defendeu, dizendo que ficava só para ver. Mesmo assim engravidou uma adolescente de 14 anos, que mandou encerrar num convento para o resto da vida. Bento VIII morreu com sífilis e Bento IX era zoófilo. Urbano II criou uma lei que permitia aos padres terem amantes, desde que pagassem um imposto.

Alexandre III fazia sexo com as fiéis a troco de perdões e deixou 62 filhos. Foi expulso, mas a Igreja teve de lhe conceder uma pensão vitalícia, para poder sustentar a criançada.

Gregório I gostava de punir as mulheres pecadoras, despindo-as e dando-lhes açoites. Bonifácio VI rezava missas privadas só para mulheres e João XI violou, durante quatro dias, uma mãe e duas filhas. Ao mesmo tempo.

Resumo de algumas histórias

1. João Paulo II: acusado de ter um filha secreta

image Em 1995, o norte-americano Leon Hayblum escrevia um livro polêmico, em que dizia ser pai da neta de João Paulo II. Durante a ocupação nazi da Polônia, Wojtyla teria casado, secretamente, com uma judia. Do enlace nasceu uma garota que o próprio pai entregou, com seis semanas, a um convento local. No seu pontificado especulou-se muito sobre as namoradas que teve antes do sacerdócio. O papa admitiu algumas, mas garantiu nunca ter tido sexo. No Vaticano, fazia-se acompanhar por uma filósofa norte-americana, Anna Teresa Tymieniecka, com quem escreveu a sua maior obra filosófica. Romperam o relacionamento supostamente por ciúmes.

2. Paulo VI: homossexual?

Assim que chegou ao Vaticano, Paulo VI mostrou-se muito conservador em relação às matérias ligadas à sexualidade. Em 1976, indignado com as declarações homofobias de Paulo VI, um historiador e diplomata francês, Roger Peyrefitte, contou ao mundo que, afinal, o papa era homossexual e manteve uma relação com um ator conhecido. O escândalo foi tremendo: Paulo VI negou tudo e o Vaticano chegou a pedir orações ao fiéis do mundo inteiro pelas injúrias proferidas contra o papa. Paulo VI morreu em 1978, aos 81 anos, depois de 15 pontificado, vítima de um edema pulmonar causado, em boa parte parte, pelos dois maços de cigarros que fumava por dia.

3. Inocêncio X: amante da cunhada

image Eleito no conclave de 1644, Inocêncio X manteve uma relação com Olímpia Maidalchini, viúva do seu irmão mais velho – fato que lhe rendeu o escárnio das cortes da Europa. Inocêncio X não era, aliás, grande defensor do celibato. Olímpia exercia grande influência na Santa Sé e chegou a assinar decretos papais. A dada altura, o papa apaixonou-se por outra nobre, Cornélia, o que enfureceu Olímpia. Mesmo assim, foi a cunhada quem lhe valeu na hora da morte e quem assegurou o funcionamento do Vaticano quando Inocêncio estava moribundo. Quando morreu, em 1655, Olímpia levou tudo o que pôde da Santa Sé para o seu palácio em Roma, com medo de que o novo papa não a deixasse ficar com nada.

4. Leão X: morreu de sífilis

Foi de maca para a própria coroação, por causa dos seus excessos sexuais. Depois de Júlio II ter morrido de sífilis, em 1513 chega a papa Leão X, que gostava de organizar bailes, onde os convidados eram somente cardeais e onde jovens de ambos os sexos apareciam com a cara coberta e o corpo despido. O papa gostava de rapazes novos, às vezes vestia-se de mulher e adorava álcool. “Quando foi eleito tinha dificuldade em sentar-se no trono, devido às graves úlceras anais de que sofria, após longos anos de sodomia”, escreve Frattini. Estes e outros excessos levaram Lutero a afixar as suas 95 teses – que lhe garantiram a excomunhão em 1521. Leão X morreu com sífilis aos 46 anos.

5. Alexandre VI: o insaciável

image Gostava de orgias e obrigou um jovem de 15 anos a ter sexo com ele sete vezes no espaço de uma hora, até o rapaz morrer de cansaço. Teve vários filhos, que nomeou cardeais. Assim que chegou ao papado, em 1431, trocou a amante por uma mais nova, Giulia. Ela tinha 15 anos, ele 58. Foi Alexandre VI quem criou a célebre “Competição das Rameiras”. No concurso, o papa oferecia um prêmio em moedas de ouro ao participante que conseguisse ter o maior número de relações sexuais com prostitutas numa só noite. Depois de morrer, o Vaticano ordenou que o nome de Alexandre VI fosse banido da história da Igreja e os seus aposentos no Vaticano foram selados até meados do século XIX.

6. Bento IX: sodomizava animais

image Chegou a papa em 1032 com 11 anos. Bissexual, sodomizava animais e foi acusado de feitiçaria, satanismo e violações. Invocava espíritos malignos e sacrificava virgens. Tinha um harém e praticava sexo com a irmã de 15 anos. Gostava, aliás, de a ver na cama com outros homens. “Gostava de a observar quando praticava sexo com até nove companheiros, enquanto abençoava a união”, escreve Eric Frattini. Convidava nobres, soldados e vagabundos para orgias. Dante Alighieri considerou que o pontificado de Bento IX foi a época em que o papado atingiu o nível mais baixo de degradação. Bento IX cansou-se de tanta missa e renunciou ao cargo para casar com uma prima – que o abandonaria mais tarde.

7. Clemente VI: comprou bordel

image Em 1342, com Clemente VI chega também à Igreja Joana de Nápoles, a sua amante favorita. O papa comprou um “bordel respeitável” só para os membros da cúria – um negócio, segundo os documentos da época, feito “por bem de Nosso Senhor Jesus Cristo”. Tornou-se proxeneta das prostitutas de Avinhão (a quem cobrava um imposto especial) e teve a ideia de conceder, duas vezes por semana, audiências exclusivamente a mulheres. Recebia as amantes numa sala a poucos metros dos espaços em que os verdugos da Inquisição faziam o seu trabalho. No seu funeral, em Avinhão, foi distribuído um panfleto em que o diabo em pessoa agradecia ao papa Clemente VI porque, com o seu mau exemplo, “povoara o inferno de almas”.

8. Xisto III: violou freira e foi canonizado

image Obcecado por mulheres mais novas, foi acusado de violar uma freira numa visita a um convento próximo de Roma. Enquanto orava na capela, o papa, eleito em 432, pediu assistência a duas noviças. Violou uma, mas a segunda escapou e denunciou-o. Em tribunal, Xisto III defendeu-se, recordando a história bíblica da mulher que foi apanhada em adultério. Perante isso, os altos membros eclesiásticos reunidos para condenar o papa-violador não se atreveram a “atirar a primeira pedra” e o assunto foi encerrado. Xisto III foi, aliás, canonizado depois de morrer. Seguiu-se-lhe Leão I, que também gostava de mulheres mais novas e que mandou encarcerar uma adolescente de 14 anos num convento, depois de a engravidar.

9. João XII: morto pelo marido da amante

image Nos conventos rezava-se para que morresse. João XII era bissexual e obrigava jovens a ter sexo à frente de toda a gente. Gozava ao ver cães e burros atacar jovens prostitutas. Organizou um bordel e cometeu incesto com a meia-irmã de 14 anos. Raptava peregrinas no caminho para lugares sagrados e ordenou um bispo num estábulo. Quando um cardeal o recriminou, mandou-o castrar. Um grupo de prelados italianos, alemães e franceses julgaram-no por sodomia com a própria mãe e por ter um pacto com o diabo para ser seu representante na Terra. Foi considerado culpado de incesto e adultério e deposto do cargo, em 964. Foi
assassinado – esfaqueado e à martelada – em pleno ato sexual pelo marido de uma das suas várias amantes.



Ascensão e decadência do Vaticano, sede dos 'donos do mundo'.
Peripécias de Alexandre 6º viram história em quadrinhos para adulto.


Comentários

  1. adoraria saber de onde essa cara tirou essas historias. é serio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. registros históricos, dentro da idade media existe várias histórias assim.

      Excluir
    2. Rayssa Gon - adoraria saber de onde essa cara tirou essas historias. é serio.
      __________________________________________

      Os caluniadores simplesmente inventam, ou simplesmente copiam o que outros caluniadores escreveram, sem qualquer base em documentos históricos. Muitas destas mentiras estão desmascaradas em "ÍNDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA" - http://mentiras-evanglicas-e-outras.blogspot.com/ PROCURE ALI PAPA - (NOME)- Ali encontrará 1. A MENTIRA; 2. ONDE SE ENCONTRA; 3. A VERDADE mostrando documentos históricos

      Excluir
    3. a verdade e que a igreja catolica naõ tem salvaçaõ
      pra niguem porque eles anula a biblia sagrada e prefere segui a orden do papa de que a de Deus.Quando o proprio Jesus falo:Examinais as escrituras pra,cuidares ter a vida eterna.

      Excluir
    4. Se vc adoraria saber. Leia. Só isso, pesquise, como ele fez. Eu só gostaria de saber porque seres humanos defendem tanto um deus sem parar pra pensar que se esse deus é realmente todo poderoso, definitivamente não precisa de seres falhos e defeituosos para defendê-lo.

      Excluir
    5. Se vc adoraria saber. Leia. Só isso, pesquise, como ele fez. Eu só gostaria de saber porque seres humanos defendem tanto um deus sem parar pra pensar que se esse deus é realmente todo poderoso, definitivamente não precisa de seres falhos e defeituosos para defendê-lo.

      Excluir
    6. Então leia, como ele fez para poder escrever. Esse senhor não inventou nada. :) ele pesquisou e publicou. E vc? o que representa? Vc é uma grande entendida no assunto? é uma escritora, pesquisadora e estudiosa do assunto?
      Eu não entendo porque seres humanos defendem um deus sem parar pra pensar que deuses não precisam ser defendidos por seres fracos. Isso só prova que o que se está defendendo verdadeiramente é o próprio ego.

      Excluir
    7. "Os caluniadores simplesmente inventam, ou simplesmente copiam o que outros caluniadores escreveram, sem qualquer base em documentos históricos."
      OSWALDO isto se chama bíblia.

      Excluir
    8. O papa é ser humano? Tem desejo? Nos tempos idos as sociedades eram mais permissivas? A religião pode atrair pessoas com promessas de felicidade e vida eterna? As religiões exigem certos comportamentos (falsa moral) para ter acesso a essas promessas? è mais seguro e tranquilo acreditar em lendas criadas a séculos atras? Nós temos coragem e necessidade de defender nossa liberdade? Tem gente chata de galocha que quer levar vantagem e inventa histórias pra boi dormir e enqunto o boi dorme fatura criancinhas? É vantajoso acreditar en Deus está a seu favor? Vai seguir seu caminho e siga se dando bem...

      Excluir
    9. ate´vc rayssa se fosse da epoca desses papas eles passaria ate´vc rsrsrsrsrsr....

      Excluir
  2. Livro negro do cristianismo tem muuuuuuuito mais informações sobre o tema , é possivel baixa-lo gratuitamente pela internet

    Sobre CAROL WOYTILA , que eu considero um homem bom , realmente o vaticano ainda nao o canonizou , por que dizem que ele teve namoradas , inclusive uma medica polonesa que ele trocou milhares de cartas ao longo da vida...

    é de se estranhar a demora na canonização do papa mais querido dos ultimos séculos considerado : SANTO SÚBITO

    quem quiser ler o livro de graça , cole no navegador o link :

    http://jandirainbow.files.wordpress.com/2010/05/o_livro_negro_do_cristianismo_-_jacopo_sergio_laura_malucelli_.pdf


    Eu nasci em berço católico de alto gabarito , e após meus estudos sobre a religião e sobre varias outras tbm , me tornei ATEU...

    Deus é fruto da imaginação e misticismo da mente humana que tende a mistificar aquilo que ela nao consegue explicar...e todas as civilizações tem seus deuses e lendas...como o BOITATÁ , SACI e ZÉ PELINTRA...

    ResponderExcluir
  3. não perdi meu tempo lendo tudo o que esse destemperado escreveu, mas o pouco que vi já foi o suficiente para desqualifica-lo! imaginem só, segundo ele escreve JoãoXXIII violou freiras e acabou sendo preso em 1415,mas acontece que ele só foi papa no século20,ou seja, 6séculos depois dos crimes!!! ?Terá sido reencarnação?kkkkkkkkk faço saber a esse Eric que a igreja ainda condena a reencarnação! que patético, que grosseiro e quanta baboseira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AnônimoSep 13, 2010 11:07 AM
      não perdi meu tempo lendo tudo o que esse destemperado escreveu...
      _______________________________________

      Os caluniadores simplesmente inventam, ou simplesmente copiam o que outros caluniadores escreveram, sem qualquer base em documentos históricos. Muitas destas mentiras estão desmascaradas em "ÍNDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA" - http://mentiras-evanglicas-e-outras.blogspot.com/ PROCURE ALI PAPA - (NOME)- Ali encontrará 1. A MENTIRA; 2. ONDE SE ENCONTRA; 3. A VERDADE mostrando documentos históricos

      Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2010/09/livro-conta-vida-sexual-de-papas.html#ixzz1m6xsqbGz
      Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link.

      Excluir
    2. Teve dois joões XXIII, fi. Um foi o oficial, que todo mundo conhecer. O outro era o antipapa. Estudar a história da sua igreja é bom e faz crescer, sabia?

      Excluir
    3. ai, lá é assim, come as criancinha depois é só pedir perdão a deus, deve ser tipo você que comete os pecados e só porque se diz de deus vai pedir perdão a deus e a quem fez o pecado se foda, isso ´é ser cristão.

      Excluir
    4. Querido Anônimo13 de setembro de 2010 15:07, caso não saiba, existiram dois pontífices Ioannes XXIII, mas um deles foi antipapa na Idade Média, provavelmente este aí... Procura no Wikipedia EM INGLÊS sobre "popes" e "antipopes", e entenda melhor!

      Excluir
    5. Quem é cristão não precisa vestir a carapuça. Só precisa aceitar a natureza humana que é assim mesmo. Seja papa seja mané todos estão sujeitos à tentação. A carne é fraca e o prazer ...Se há exploração de uns sobre os outros cada sociedade em seu tempo vai dizer. Cada pessoa pode dizer mais ainda se for a "molestada" da vez. Carlos A. R. Azevedo

      Excluir
    6. Existiram dois papas com o nome de João XXIII. Faça´se uma revisão da história para se ter a devida comprovação. tentaram apagar o João XXIII-1 da história mas não conseguiram daí ter-se outro papa com o nome de João XXIII, o João XXIII-2, que foi decente e muito deferente do João XXIII-1

      Excluir
    7. Na verdade existiram dois papas com o nome de João XXIII, O primeiro é citado atualmente como antipapa... e viveu num dos piores perídos da história do catolicismo romano. vale um estudo da história para se ter uma idéia de tudo isto. De fato, o que é o papado?

      Excluir
  4. "Silvestre II fez um pacto com o diabo. Era ateu convicto e praticava magia. Acabou envenenado."
    Não computa.

    ResponderExcluir
  5. ...não tem uma que presta!
    ...tem que queimar a Biblia também, só o Alcorão não basta, tem muita coisa ruim pra queimar...esse povo é doente, faz o diabo, depois reza e Beleza!
    Ja vi gente que bebe, usa droga, trai o marido ou a mulher, ou é um viadinho promiscuo depois vai na igreja com peso na conciência ou até por medo de seu deus, da uma rezadinha e bora fazer sacanagem de novo.
    È cheio de putinhas, drogados e viadinhos religiosos!!!

    Mundinho Surreal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem meta gays no meio. "Veados" não tem nada haver com isso. Heteros bissexuais, homossexuais, drogados, prostitutas, papas, reis, politicos, professores e o diabo à quatro tem pecados. Todo nós somos pecadores e, não iremos para o inferno, sabe porque? A terra já é o próprio inferno, e nós moramos nela. Não banco a ateia, apenas não discuto religião abertamente pois é um assunto muito complexo. Só queria saber de uma coisa...Ainda existe nesse mundo sujo, alguém puro? Obviamente que não. Me faça o favor e não fale merda sem saber!

      Excluir
  6. Tai uma coisa que eu já desconfiava a muito tempo esses homenes querendo se igualar a Deus na verdade não passam de um bando de tarados pervertidos acredito em Deus não nessa corja de depravados que usam bata.

    ResponderExcluir
  7. Paulo,

    Tem algo errado...O Papa João XXIII (que aparece na foto) está na lista oficial de papas, sim, e nasceu em 25 de novembro de 1881. Portanto, ele jamais poderia ter sido preso em 1445. O João XXIII (da foto) foi o papa que convocou o Concílio Vaticano II, contrariando muito os religiosos mais conservadores...

    ResponderExcluir
  8. Sim, tem algo errado. Tirei a foto e vou checar as informações assim que me sobrar um tempinho. Abs.

    ResponderExcluir
  9. Eu bem disse acima, sou o anônimo 13/09-15:07, sou o Thiago. Meu caro Paulo Lopes, já é o segundo artigo que vejo em dois dias no qual vce corrigiu erros tão crassos!E olha que como disse, não li e nem vou ler todo, pois provavelmente encontraria mais inverdades.Sugiro vce convencer seus informantes que pelo menos façam uma revisão histórica, ainda que frugal, dos artigos que enviam! Utilizar de mentiras e calunias sutis já não é belo, quando são tão escabrosas e descaradas assim... sem comentários...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AnônimoSep 14, 2010 06:36 PM - ... Utilizar de mentiras e calunias sutis já não é belo, quando são tão escabrosas e descaradas assim... sem comentários...
      ____________________________________

      Mentiras e calúnias sutis?! Nada disso! Descaradas mesmo é mais adequado!

      Os caluniadores simplesmente inventam, ou simplesmente copiam o que outros caluniadores escreveram, sem qualquer base em documentos históricos. Muitas destas mentiras estão desmascaradas em "ÍNDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA" - http://mentiras-evanglicas-e-outras.blogspot.com/ PROCURE ALI PAPA - (NOME)- Ali encontrará 1. A MENTIRA; 2. ONDE SE ENCONTRA; 3. A VERDADE mostrando documentos históricos

      Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2010/09/livro-conta-vida-sexual-de-papas.html#ixzz1m6xsqbGz
      Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link.

      Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2010/09/livro-conta-vida-sexual-de-papas.html#ixzz1m6yohXF4
      Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link.

      Excluir
  10. Thiago, três coisas:

    1ª) Este post é uma transcrição de um jornal português. Os erros, portanto, não são meus -- mas pretendo arrumá-los.

    2ª) Duas ou três imprecisões não prejudicam a credibilidade das histórias já sobejamente estudadas da devassidão de papas. A rigor, no livro, não há nenhuma novidade.

    3ª) Se corrijo os meus erros, como você mesmo admite, então por que se sente tão incomodado? Qual é o seu problema?

    ResponderExcluir
  11. Paulo,

    Sou a anônima das 14:42. Não sou católica (nem sequer tenho religião), mas gosto de ler um pouquinho sobre todas elas. Que bom ver que você corrigiu o erro, retirando a foto do João XXIII (que está na lista oficial de papas). Só fiz a observação porque, recentemente, li um artigo sobre este papa e percebi que não poderia ser o mesmo da matéria. Mas, concordo plenamente com o que você disse: “Duas ou três imprecisões não prejudicam a credibilidade das histórias já sobejamente estudadas da devassidão de papas”.

    Admiro muito a sua postura!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Depois de tantas revelações, só posso pedir uma coisa: Paulo Roberto Lopes para Papa!

    ResponderExcluir
  13. Sabemos que muitos papas nao prestaram, sò pensavam neles mesmos, viviam no luxo e cometiam crueldades.
    Agora eu nao acredito que um papa ou um padre sejam santos, para mim è um comum mortal como nòs, mas fiz questao de assistir a biografia de João Paulo II para entender o porque ele era tao amado e continua sendo atè hoje e olhem era uma pessoa realmente especial e de uma bondade infinita,uma pessoa que passou por tantos sofrimentos, nao acredito nas maldades que inventam sobre ele.

    ResponderExcluir
  14. “Duas ou três imprecisões não prejudicam a credibilidade das histórias já sobejamente estudadas da devassidão de papas”.

    Prejudicam sim meu caro...se um texto apresenta imprecisão ou inverdade, é um texto SEM CREDIBILIDADE ALGUMA, seja ele qual for.

    E quem garante que os erros se limitam APENAS a "duas ou três"?

    Engraçado é ver a quantidade de gente procurando e "enaltecendo" as possíveis (algumas verdadeiras) falhas...mas não se parabeniza ou se divulgam os feitos maravilhosos dos cristãos católicos, como a obra de Zilda Arnes por exemplo.

    ResponderExcluir
  15. Papa é um ser humano como outro qualquer porém, com uma responsabilidade como nenhum, ou seja, conduzir seu rebanho para a fé. Isso não significa que esteja imune a defeitos, erros, pecados. É de se esperar obviamente uma postura de acordo com tal posição. "Um santo comete no mínimo 7 pecados por dia". Paulo VI já dizia: "A fumaça de Satanás está dentro da Igreja". E sempre esteve. Também é de conhecimento de que "o chão do inferno está forrado de solidéus". A igreja se transforma nas mãos das pessoas (clérigos ou não), mas Deus não.

    ResponderExcluir
  16. Só para questão de esclarecimento o João XXIII referido do texto diz respeito ao antipapa de Pisa João XXIII. A Igreja católica passada por períodos de turbulência e haviam 3 "papas" naquela época: o de Roma (oficial) de Pisa e de Avignon. Justamente para que esse "papa" (porque nunca foi considerado como papa mas sim como antipapa) fosse esquecido é que Angelo Roncalli adotou no final da década de 50 do século passado o nome papal de João XXIII. Pelo vito deu certo para alguns...

    ResponderExcluir
  17. Para quem não entendeu, houve 2 "papas" Joao XXIII: um de Pisa, no século XIV, que foi, posteriormente, desconsiderado pela igreja catolica como papa; e o outro, mais recente.

    Entao, não há inconsistência em relação a este papa.

    ResponderExcluir
  18. Creio em Deus mas não nos homens, só casei na Igreja pq minha sogra pagou tudo... não curto Igrejas e não respeito os clérigos. Os pastores e padres só pregam merd... quem são eles para julgar?? Não passam de homens como qualquer outro...

    ResponderExcluir
  19. “Duas ou três imprecisões não prejudicam a credibilidade das histórias já sobejamente estudadas da devassidão de papas”.

    Prejudicam sim meu caro...se um texto apresenta imprecisão ou inverdade, é um texto SEM CREDIBILIDADE ALGUMA, seja ele qual for.

    SE É ASSIM A BIBLIA ENTÃO NÃO TEM CREDIBILIDADE NENHUMA!??!?!

    ResponderExcluir
  20. Livro bacana é o "Dos Portões Sombrios do Vaticano, os 30 papas que envergonharam a humanidade", do escritor Jeovah Mendes.

    ResponderExcluir
  21. caro Paulo, Sei que não foi vce quem escreveu,como disse, penso que foi-lhe enviado por algum informante, perdoe-me se involuntariamente não me fiz entender. Agora vce atenua as coisas, não foram"imprecisões" e sim inverdades claras.E é evidente que absurdos desses desqualificam todo o artigo,não tem integridade.De fato parece que novidades não há, o jargão irreligioso é o mesmo de séculos... O que me incomoda meu caro Paulo Lopes é o desejo que muitos têm de constantemente querer generalizar e enxovalhar toda a classe de clérigos como se não existissem exessões honrosas; isso é uma injustiça!Ademais, usar isso para tentar derrubar a igreja, isso é diabólico! Esse é o problema! Thiago

    ResponderExcluir
  22. excelente histórias quem sabe assim o mundo veja o qnt esses nojentos homens santos são escrotos e pensem bem antes de julgar uma pessoa qualquer como de costumeira no dia-a-dia.

    ResponderExcluir
  23. Adorei o post!

    Envie também para este agregador de links:

    http://migre.me/1hPvF

    ResponderExcluir
  24. Engraçado, o que dá IBOPE, falar mal de religião, não falo só da católica não, pois sou católico, li o seu texto, e permaneço católico, não te posso afirmar, se tudo que você escreveu, baseado em pessoas que pesquisaram sobre a vida dos papas, está correto. Só sei que lendo os comentários de muitos dos leitores, percebi, a vontade que eles tem de conhecer a história, de debater, de expor sua opinião, que bom, que todos estão vivos e podem contar a sua verdade, sobre o que acham dos mais variados temas.
    Com relação a vida dos papas, bom eu não os conhecia para dizer se eles faziam isso ou não, mas conheço um Jesus que mudou a história da Humanidade, que colocou até nos livros um "a.C e d.C", acho que minha fé tem fundamento, tem valor e tem respeito.
    Obrigado a todos,
    Shalon

    ResponderExcluir
  25. SE É ASSIM A BIBLIA ENTÃO NÃO TEM CREDIBILIDADE NENHUMA!??!?! [2]

    ResponderExcluir
  26. Mto bom o texto.
    Pode sim haver imprecisão, mas a informaçaõ é valida, pois mtos ja foram pesquisar e procurar por erros! Ou seja, o texto abriu mentes, atiçou a curiosidade e trouxe conhecimento!

    Eu tinha uma professora mto boa! Ela sempre dizia q se ao lermos um texto e tivermos duvidas, ideias, ou acharmos erros, significa q prestamos atenção e entendemos o q lemos! Pois nos fez pensar e raciocinar!

    ResponderExcluir
  27. Isso é a realidade do catolicismo religião que dizimou centenas de milhares de índios! Não só no Brasil, mas tambem, em muitos outros paíse do mundo!

    ResponderExcluir
  28. Pra mim, o único erro foi trocar a foto do João XXIII (o antipapa) pela foto do João XXIII (que está na lista oficial), mas já foi corrigido. Quanto ao texto, não me causou nenhuma surpresa. Qualquer um que tenha estudado História, a fundo, sabe da vida devassa de vários papas... Infelizmente, tem muita podridão na Igreja...

    ResponderExcluir
  29. quem diz que e mentira nao gosta de encarar a verdade da igreja

    ResponderExcluir
  30. NÃO FICOU ESCLARECIDO PORCARIA NENHUMA!HOUVE UM PAPA JOAXIII E FOI NO SÉCULO20!A MENTIRA CONTINUA PUBLICADA!NÃO VENHAM COM ENGODOS OU MISCELÂNIAS!

    ResponderExcluir
  31. Eu quero ser Papa, e coordenar uma monte de conventos...

    Hehehe

    ResponderExcluir
  32. Thiago, procura um psicologo pra ele te ajudar com essa sua mania de perseguição. Sua tão prezada igreja católica tem homens falhos como em qualquer canto do mundo. Para de ser chato, se estivessem falando dos evangelicos, candomblecistas, judeus... Aposto que você não estaria tão ofendido com as imprecisões. Pelo que percebi, o post trata de história e não críticas a religião.


    "O escritor admite, aliás, que alguns dos relatos possam ter sido inventados, nas diferentes épocas, por inimigos políticos dos sumos pontífices."

    Isso tá escrito no texto, é algo pra que você possa voltar a dormir em paz! ;D

    ResponderExcluir
  33. Vida que segue... Atire a primeira pedra aquele que for puro e inocente desde os tempos remotos... Onde há vida... e ser humano ...coisas assim sempre acontecerão!!

    Joseane

    ResponderExcluir
  34. esses papas é que sabiam viver

    ResponderExcluir
  35. Dead says:

    Acho incrível como algumas pessoas dizem que a pessoa que desenvolveu tal livro é um imoral, sem conhecimento que desperdiça tempo inventando história, ou estória se preferirem, pois a própria Bíblia tem várias contradições, tem várias atrocidades, resumindo: MUITOS ERROS, DISCORDANCIAS, CONTROVÉRSIAS. As religiões por si só foram inventadas com a maior criatividade, pesquisem e pensem com suas cabeças e não com influências hipócritas de livros de contos de fadas. Acham que todos os Papas são corretos e nunca cometeram um adultério? Se realmente creêm que sim, acabo de concluir porque xingam, porque ainda tem uma religião. Eu respeito muito as religiões (dogmas, crenças...), mas também acho que deve haver respeito. Reciprocidade é uma ótima conduta, :)

    ResponderExcluir
  36. É assombrosa a ignorancia de alguns que gostam de repetir que na biblia se incentiva "violencia e vilania"... Quem não vê o caratar metafórico da biblia?Como podem querer entender livro tão complexo segundo critérios(ou por outra,não critérios)de uma cabecinha vazia e burra? Francamente! Beira a demência...

    ResponderExcluir
  37. A BÍBLIA É MENTIROSA, PATRIARCALISTA E SEXISTA, MACHISTA, HOMOFÓBICA, VIOLENTA, XENÓFOBA, ANTIECOLÓGICA E POLITICAMENTE INCORRETA, ALÉM DE SEMEAR A AUTOPUNIÇÃO INCONSCIENTE, CULPA, E CRUELDADE SANGUINOLENTA.


    A dogmática da expiação com sangue, do Cristianismo (continuadora da sanguinolenta crença judaica), pela qual se obriga a crer quem a segue, que o derramamento de sangue é perdão para uma culpa pessoal ou universal;

    é um pressuposto violento, que demonstra que o cristianismo é tão violento e fundamentalista em seus princípios escriturísticos, quando o que chamamos ódio e fundamentalismo islâmicos...

    Sugere tal pressuposto que morte pode trazer vida, destruição pode obter algo construtivo, o que é ilógico e absurdo. Violência tornada sagrada, legitimada, pois referendada no seu deus e pelo consenso da submissa humanidade dos crentes.

    Por tal absurdo, seria aplacada a ira de um deus infinitamente ofendido, e seria satisfeita a justiça nas relações humanas, ilimitadamente.


    Isso é tão cruel quanto absurdo e não admira que a sociedade ocidental fundada em tais princípios seja tão violenta.

    Por que a morte "pagaria resgate" pelos vivos? Há crime ou culpa em viver, em tão somente existir? Por este lastro, a doutrina da morte redentora, do sofrimento redentor, do cristianismo, o torna tão violento e fundamentalista quanto aquilo que chamamos...violência, odio e fundamentalismo islâmicos.


    Pois o pressuposto é o mesmo: morte traz vida, destruição traz construção. O mesmo dos que fazem a guerra e A declaram legitima. Se a religião diz que a violência, pode ser justificada, quando sagrada, ou sacrificial, como se diz, é porque pode não apenas ser legitima, como agradável ao seu deus, e meio de salvação(?) para os homens...

    ResponderExcluir
  38. Patrick, vce argumenta como um fanfarrão das docas! Brutalidade e destempero são sua marca!

    ResponderExcluir
  39. Aqui os incredulos aproveitam para mostrar seus fardos pesados de pecados.
    e as suas vidas como porcos dispersos sem dono porq qndo morrem morrem como animais no parq, virando lixo destde o corpo ate a alma.
    Ocristianismo nao veio dos papas mas esses papas se chamaram cristao por conta propria.
    sabemos muito bem que apos a morte dos verdadeiros discipolos de Jesus, apostasia entrou na igreja desde entao abrindo as portas para o anticristo e esses homem curvaram-se as desejos da carne servindo assim ao pai da mentira.
    muitas vezes eu tenho dito que o que salva nao e a igreja mas Cristo as pessoas precisam abandonar totalmente o pecado dedicando-se de corpo e alma a Cristo e ser Abedinte a ele e a seu Pai. Parem de serem seguidores de homems, qm perdoa pecados, quem salva e o mediaor entre Deus e os homems Jesus o Cristo. por isso se esses papas sao o q sao isso nao afecta a nossa fe pos q ela deve se firmar no Senhor e nao nos homens espostos ao pecado. Ja e tempo de tomar uma dcisao de importancia a sua vida Deus te Ama e te quer salvar por intermedio de Jesus.
    Tenho o prazer e previlegio de ver Cristo voltar e viver com ele eternamente, nao se tire o valor que Deus mostrou que tems qndo permitio q seu Filho amado morrece na Cruz para o resgatar do pecado.
    "Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas. (Apoc. 2.4-5).

    ResponderExcluir
  40. corrigindo so a passagem q diz tenho o prazer e porvilegio de ver Cristo voltar. nao e tenho e tenha o prazer.....

    ResponderExcluir
  41. Catia querida, adorar o Pedir Maiscedo, digo, Edir Macedo pode né...

    ResponderExcluir
  42. Errata

    Não foi o Papa João XXIII,mas sim o papa João XIII.

    ResponderExcluir
  43. Suprimi o tópico referente ao papa João 13 ou 23 até que eu consiga mais informações.

    ResponderExcluir
  44. Taí uma idéia interessnte, vinda de um judeu(besak: askenaz ou xephard?); não tinha parado pra pensar nisso? Seria a revivescência do mito grego do sacrifício de Ifigênia? Cara besak, você argumenta bem, tanto que provocou a ira dos carolas de plantão, os defensores da máfia de gsuis e da ICAR; sugiro entretanto que leia Hinkelammert, nele encontrará fundamentação pra melhor desenvolver essa sua hipótese da "dogmática da expiação com sangue"...Só me parece, entretanto, que o sacrifício cruento é algo bem tosco, primitivo, de religiões muito arcaicas, seria correto? O próprio seu povo parece ter assumido inconscientemente essa posição quanto ao servo sofredor, salvo falha memorial, algo como a comiseração própria característica das vítimas. Mas parabenizo-o por desmontar de maneira convincente e argumentativa o dogma central do catolicismo romano, que ultimamente tem se mostrado "bonzinho", defensor dos direitos humanos e principalmente das crianças(!); porém é a mesma meretriz política e econômica dos reis e dos ricaços do mundo, dos nobres, dos oligarcas, dos tiranos e seus títeres, os papas. Parece estranho um católico criticar o extremismo dos ateus, ainda mais se tratando de um intelectual como o papa...Pois se os direitos humanos foram conquista da luta anticlerical, antimonárquica...De que lado estavam os papas, senão dos reis e dos tiranos de todas as épocas? Por outro lado, como alguém aqui já falou, esses papas é que sabiam viver! Sim, "Senhor"!

    ResponderExcluir
  45. O próprio autor reconhece que muitas histórias sao lendas, intrigas de inimigos dos Papas, mesmo assim os inimigos da igreja católica querem tomar como verdade, pois nao importa se apoiados na mentira e na calúnia, o importante é ser anti-católico!

    Quem usa da mentira pra justificar-se e atacar é cúmplice do DIABO!!!

    ResponderExcluir
  46. O deus acima só considera o que lhe convém. Sim, muita coisa pode ser lenda, o que não exclui a possibilidade de a verdade ter sido muito pior.

    ResponderExcluir
  47. O lobo acima é signatário da velho adágio, "menti e menti, pois algo acaba ficando..." A "verdade"relativa é a que lhe convém.

    ResponderExcluir
  48. O Thiago acima é um nazistazinho que torce para que A RELIGIÃO CONTINUE INFLUENCIANDO POR MUITO TEMPO AINDA A POLITICA, e que todos ENGULAMOS FAROFA...KKKKKK!!!!!!, crentes: tsc, tsc, sórrindo.

    ResponderExcluir
  49. Ah, gente, que é isso...Moralismo logo pra cima dos papas, tem dó, né? Moral é coisa de quem é dominado, como diz a minha vó: coisa de pobre! Vê se algum servo medieval deixava de dar sua mulherzinha virgem pra o senhor feudal fazer o serviço antes dele! Tem aí referência de algum bispo que condenasse esse crime como pecado? Não, né? Mas tem milhares de condenações à usura, sabe por que? Porque o dinheiro da igrejinha tava nas maõs dos ...(a-gi-o-tas!) A igrejinha, tão santinha, era a maior instituição financeira do mundo!!! Como é que você acha que um conglomerado de bordéis onde se pratica a prostituição sagrada, onde se vende a fé, como aquela brasileirinha, homonímia no grego da católica, conseguiu em poucos 30 anos de fundação acumular um patrimônio de 20 bilhões de dólares? E a irmãzinha mais velha 800 bilhões de verdinhas americanas? E os mormonzinhos...tão pobrezinhos, né? E os batistas, mobilizados por Joanne Herring, COMO eles conseguiram tão depressa fazer o deputado Charlie Wilson elevar o orçamento anual de cinco milhões de dólares para a guerra do paquistão para UM BILHÃO???
    IN GOD WE TRUST , friends...Money is very true religion of the Bible people! Bastou o Mozaca dar um passeiozinho aéreo no sinai pra eles fazerem um bezerro todo DE OURO!!! Alguém sabe como eles conseguiram todo esse ouro???

    ResponderExcluir
  50. João XXIII, Antipapa, de 1410 a 1415, que figura em muitas listas de papas. Baldassare Cossa, seu nome temporal, nasceu em Nápoles, Itália, a cerca de 1370, e, morreu em Florença, em 22 de dezembro de 1419.
    Levado a Roma pelas armas do rei Ladislau de Nápoles, foi aclamado enfim pelos seus partidários como o pontífice João XXIII, o bispo de Roma, Vigário de Cristo na Terra. Não foi papa legítimo. Seu nome e seu retrato figuram nos catálogos e medalhões, por causa das dúvidas de então. Aliado a Luís II de Anjou, lutou contra o rei da Sicília e opôs-se a Gregório XII, papa legítimo de Roma, e a Bento XIII, antipapa de Avinhão.
    Reuniu um Concílio em Roma, em 1413, no qual condenou os livros de John Wycliffe.
    Em 1414, inaugurou o Concílio de Constança, que de tão solene e grandioso para a Cristandade, contou com a proteção do piedoso imperador Sigismundo. Chegou ao evento, o antipapa João XXIII com magnificente cortejo. Vendo-se, porém, alvo de justas recriminações, fugiu disfarçado. Retratou-se depois de seu erro, submetendo-se à decisão do Concílio de Constança que terminou com o Grande Cisma do Ocidente. Foi deposto e aprisionado no ano seguinte, 1415.
    Libertado em 1418, reconheceu Martinho V como verdadeiro Papa e, retornando da Alemanha, onde estivera encarcerado desde sua deposição, foi ele nomeado Cardeal-bispo de Frascati e deão do Sacro Colégio.
    Baldassare Cossa viveu até o final de seus dias dignamente como Cardeal e morreu em 1419, sendo sepultado com honras em Florença. O Vaticano reconhece sua sucessão por Martinho V em 1417

    ResponderExcluir
  51. Paulo,

    Devido ao Papa Leão X ter sido aquele que condenou as teses do fundador da Igreja Alemã,
    a foto que aparece aí postada não é a dele,
    o site português colocou a foto de Martinho Lutero. Na wikipédia vc obtêm a foto de Leão X, que foi o 218o. Papa.

    ResponderExcluir
  52. Digo, ducentésimo décimo oitavo papa.(Leão X).

    ResponderExcluir
  53. Gostei do texto, mostra muito da realidade religiosa!
    A Babilônia ainda vai cair!
    ;)
    Abçs.

    ResponderExcluir
  54. Tem muita pedofilia e sacanagens sexuais na ICAR vide COROINHAS,SEMINARISTAS E ALUNOS DE COLÉGIOS CATÓLICOS entretanto não podemos esquecer que nas seitas crentes do fanfarrão Lutero também existem surubas e bacanais encapados pela hipocrisia e pelo pseudopuritanismo.

    ResponderExcluir
  55. Quem escreveu este monte de merda só pode ser um anti-cristo, o livro não tem qualquer base histórica só um monte de mentiras e calúnias infundadas de uma mente doentia e fertil para dissiminar o mal e tentar destruir a imagem da única Igreja fundada por Cristo "A Católica Apostólica Romana" das quais as portas do inferno não prevaleceram contra ela. E quanto a todos que acreditam nestas mentiras, são todos igualmente pobres idiotas, como os que assistem a ficção do Filme Código Da Vinci, e passam acreditar piamente naquilo,RSRSRSRSRS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AnônimoApr 23, 2011 10:41 AM - Quem escreveu este monte de merda só pode ser um anti-cristo, o livro não tem qualquer base histórica só um monte de mentiras e calúnias infundadas de uma mente doentia e fertil para dissiminar o mal e tentar destruir a imagem da única Igreja fundada por Cristo "A Católica Apostólica Romana" ...
      ______________________________________

      Com toda certeza,meu caro anônimo!Os caluniadores simplesmente inventam, ou copiam o que outros caluniadores escreveram, sem qualquer base em documentos históricos.

      Muitas destas mentiras estão desmascaradas em "ÍNDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA" -
      http://mentiras-evanglicas-e-outras.blogspot.com/

      PROCURE: PAPA - (NOME)- Ali encontrará 1. A MENTIRA; 2. ONDE SE ENCONTRA; 3. A VERDADE mostrando documentos históricos.

      Excluir
  56. é só putaria neste vaticano,só estes trouxas dos católicos imbecis que ficam lambendo o rabo destes papas safados e a maioria dos padrecos é tudo gay.
    e ficam detonando os tais.

    ResponderExcluir
  57. Isso é que dá, sair lendo um monte de baboseiras sem senso crítico. Mais um festival de calúnias. Observe que qdo se aproxima dos Papas contemporâneos (mais fácil de pesquisar, né?), os "pecados" vao diminuindo. Perceberam?

    Exemplo de mentira estratégica e resposta católica afiada e legítima:

    MENTIRA DO “PASTOR”:

    ”O papa mais devasso foi Alexandre VI 1492-1503, teve filhos legítimos e foi amante da sua própria filha Lucrécia Bórgia; também foi amante da irmã de um Cardeal, que se tornou o papa seguinte, Pio III, ano 1503”.

    VERDADE DOCUMENTAL:

    O Papa Alexandre VI, 1492-1503, Saneou as finanças papais, recuperou os territórios dos Estados Pontifícios e esforçou-se pela união da cristandade contra os turcos. Publicou as Bulas alexandrinas que, através de uma linha imaginária, dividiu o Novo Mundo entre Espanha e Portugal.

    Seus vícios, consistiam em favorecer parentes e ter tido um romance secreto que manteve desde antes de seu mandato, com a nobre dama romana Vanozza de Cataneis, donde resultaram quatro filhos, reconhecidos sim por ele. Seus filhos mais notáveis eram Lucrécia Bórgia e César Borgia. Que fique claro, esses filhos, ele teve antes de ser Papa. A lenda de que ele teria sido “amante de sua filha” e da “irmã de um Cardeal” não procede.

    Para azar do “pastor”, o citado Papa Pio III, morreu no ano que assumiria (1503), sem nunca ter precisado da fantasiosa “irmã” que o “pastor” inventou. As calúnias que ele lançou contra a respeitável Lucrécia Bórgia é baseada em mentiras da época, inventadas por parentes seus invejosos. Assim confirma-se na Enciclopédia® Microsoft® Encarta 99., que transcrevo a seguir:

    <>. O outro notável era <> Enciclopédia® Microsoft® Encarta 99. –

    Para confirmar que tais filhos nasceram antes de seu mandato, veja a data de nascimento deles (1476 e 1480) (os dois últimos) e a data que o Papa assumiu o pontificado (1492)}. –

    “Ninguém há de querer isentá-lo de suas faltas em sua vida pessoal e em família, mas é justo reconhecer que nenhum erro contra a fé se encontra em seus escritos”. (Historiador Carlos Castiglioni, Doutor da Biblioteca Ambrosiana, em sua obra “Historia de los Papas”, (ob. cit., p. 1750).

    http://caiafarsa.wordpress.com/o-%E2%80%9Cdocumentario-estado-do-vaticano%E2%80%9D-ajudara-o-leitor-nessa-questao-que-e-a-interrogacao-de-milhoes-de-brasileiros/

    ResponderExcluir
  58. Penso que todas as pessoas tem o direito de acreditar nas coisas ou não.Se as histórias procedem,nós realmente não sabemos...Mas o que não pode mesmo proceder é a intolerância.As pessoas hoje em dia não sabem discutir o seu ponto de vista sem atacar o outro que discorda de sua opinião.Prova disso é o nível de alguns comentários aqui postados.

    ResponderExcluir
  59. A religião não tem sido de utilidade para melhorar a sociedade, pois é ninho de pilantras então devemos nos livrar destes caras que querem cuidar do nosso espírito. E assumirmos nós mesmos esta responsabilidade. Chega desta história: o médico cura o corpo, o pastor cura o espírito e eu fico assistindo. Aqui no Brasil esta raça de misticos explora o povão e promove o poder e a corrupção. Mantendo as pessoas humildes embaixo dos pés de todos. Onde se viu o Diabo ser o garoto propaganda da Igreja. Não tem cabimento isso.

    ResponderExcluir
  60. q isso gnt?q loucura?será q isso é verdade msm!!kkkkkkkk to besta...Nossa to bobo...

    ResponderExcluir
  61. Tá, só pra deixar o link no (anti)papa que criou tantas discussões:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Antipope_John_XXIII

    ResponderExcluir
  62. Acima de tudo me declaro cristão catolico. Porém, sou pesquisador na área de história na qual atuo com o tema sobre relações sexuais entre padres e escravas, e seus descentdentes. Entretanto, as atitudes humanas não condiz com a instituição que esta presente a quase 2000 anos, que realizou obras maravilhosas ao longo de sua história. Porque o foco fica sempre em cima da igreja catolica, é um simples motivo pela sua atuação social que muitos criticam mas não conseguem executar. Isso que foi abortado por esse autor é bem interessante, de modo que não me surpriende, mas deixo uma pergunta no ar, parem e analisem as outras religiões e tirem suas proprias conclusões pois relações e bigamias não só acontece na igreja catolica como tambem nas demais religiões cristães e não cristães? Uma boa tarde para todos.

    ResponderExcluir
  63. A história é essa mesmo, creio que está incompleta pois aquele Vaticano é a casa de Satanás.

    ResponderExcluir
  64. Café requentado!!
    Tudo isso visa o lucro(fácil), já que se tratando de igreja, sempre tem algum(idiota) para ler, e como se vende esse tipo de literatura. Esta obra(se assim posso chamar) é mais um daqueles livretos "ocos". Vamos ler algo que edifica e agrega valores a nossa cultura.

    ResponderExcluir
  65. Tem que dar um livro para cada católico.

    ResponderExcluir
  66. kkkk..
    quanta imaginaçao....
    a igreja de cristo é santa e pura, essas historias sao apenas historias mentirosas,

    ResponderExcluir
  67. kkkk..
    quanta imaginaçao....
    a igreja de cristo é santa e pura, essas historias sao apenas historias mentirosas,

    ResponderExcluir
  68. Esses acontecimentos não surpreendem os crentes. Afinal, desde quando algum religioso se importa com a realidade?

    É difícil algum absurdo perturbar um crente. Nesse caso, o absurdo teria que ser ainda maior que a própria crença, o que é bastante difícil.

    ResponderExcluir
  69. O DIABO É PAI DA MENTIRA! Aqui vemos a veracidade dessas palavras de Cristo. É logico que todos tem pecados, mas sem duvidas aqui nessa narrativas tem muitos exageros e mentiras. Cade as provas?

    ResponderExcluir
  70. JESUS CRISTO TEVE MUITAS SEGUIDORAS E TRANSAVA COM TODAS PRINCIPALMENTE COM MARIA MADALENA,CERTA VEZ JESUS ESTAVA OBSERVANDO UMA MULHER PEGAR AGUA NO RIO ELE GOSTAVA DE VER AS MULHERES NUAS,ANALFABETO NÃO TINHA O QUE FAZER FOI DESAFIAR O IMPERIO ROMANO POR CAUSA DISSO FOI MORTO. TODO MAU EXEMPLO DO CRISTIANISMO COMEÇA COM ESSE LOUCO QUE SE DIZIA PODEROS.

    ResponderExcluir
  71. sai fora dela povo meu.

    ResponderExcluir
  72. Uma das mairoes historiadoras dos Estados Unidos, Bárbara W Tuchman, A marca da insesatez, Bibliex, 1996. Escreveu acerca de alguns desses episódios envolvendo papas corruptos. Leiam esse livro: "A Marcha da Insensatez: De tróia ao Vietnã".

    A mulher escreveu sobre os Bórgias, assassinos, psicopatas e corruptos.

    ResponderExcluir
  73. To começando a suspeitar que o fervor de um religioso é diretamente proporcional ao fogo que arde em seu rabo, o indivíduo tem uma tesão doentia e canaliza isto em forma de adoração a supostos deuses invisíveis. será que o inferno queima mais que o fogo que arde embaixo da batina dos sacerdotes toradores de coroinhas?

    ResponderExcluir
  74. eu quero esse livro *-*

    ResponderExcluir
  75. Eu sei que durante a Idade Média o alto clero da Igreja praticava atos abomináveis, mas fiquei confuso em relação ao trecho do livro: "Silvestre II fez um pacto com o diabo. Era ateu convicto e praticava magia. Acabou envenenado."
    Ele não era ateu?

    ResponderExcluir
  76. "Maldito o Homem que acredita no Homem" ...Seres humanos, Todos são passíveis de erros e más condutas, penso que historicamente pessoas letradas eram muito poucas, escola eram somente para poucos privilegiados, Jesus não deixou nada escrito nem seus apóstolos (a maioria eram desprovidos das letras), a primeira bíblia foi escrita após mais de 300 anos da morte de Jesus, na época média a pratica de se criar e até mesmo falsificar documentos em troca de vantagens não eram de se duvidar, resumindo a bíblia foi composta na tentativa de unificação de outras crenças divinais. Religião católica responsável de muitas atrocidades em nome de Deus, mais que em muitas guerras.

    ResponderExcluir
  77. Sempre soube que a história da Igreja Católica, papas e toda a Organização, eram, e continuam sujos; podres! Mas vemos certas coisas que ainda nos deixam chocados. Em certos momentos da leitura, não sabia se estava vendo "resumos de registros históricos", ou contos eróticos...

    ResponderExcluir
  78. É simples, ninguém vive sem os prazeres da carne. A maior burrice humana é negar o próprio corpo, os próprios instintos. Não há nenhum homem santo, todos estamos presos a nossos desejos. Com os papas não seria diferente. As histórias podem não ser totalmente verídicas, mas certamente os representantes de deus na terra não viveram sem sexo.

    ResponderExcluir
  79. Tb achei estranha essa afirmação sobre Silvestre II. Q mtos papas devem ter sido ateus, considero inevitável (o atual, inclusive). Evidentemente, q nada pese contra o fato de alguém ser ateu; mas o q pesa contra um papa ateu é a hipocrisia. Agora, "ateu" e com "pacto com o diabo"... não faz mto sentido pra mim, a não ser q se tratasse de um ato puramente simbólico... Isso merece uma pesquisa mais aprofundada, pq tem bem a cara de invenção por parte de inimigos políticos.

    Já sobre o amado Paulo II, para não perder a piada, lembro a clássica tirada do Macaco Simão: "como pode ser contra a homossexualidade um papa chamado Karol?" heheh.

    ResponderExcluir
  80. faltou o principais: o atual, que admitiu não ter divulgado casos de pedofilia envolvendo sacerdotes e teve que pedir desculpas. e pio XII que apoiou hitler ficando caladinho do lado dele.

    ResponderExcluir
  81. O único Santo e irrepreensivel foi e continuará sendo o humilde carpinteiro de Nazaré a quem os religiosos crucificaram. Só existe um santo que é Jesus Cristo. O resto é bosta seca querendo ser alguma coisa e enganando um rebanho de otários.

    ResponderExcluir
  82. "Silvestre II fez um pacto com o diabo. Era ateu convicto e praticava magia."
    Mas hein?!??! Ateu fazendo pacto com diabo e praticando magia? HUAHAUHAUHA!

    ResponderExcluir
  83. Discussões idiotas! Vocês que precisam de sexo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parem de tagarelar e vão estudar mais e pesquisar antes de sair falando do que nem voces proprios entendem Dica: Leiam "Os 30 Papas que envergonharam o mundo" Livro muito antigo e bem convincente pela sua base de estudos e pesquisas.

      Ps:. Vejam o Papa Bento XVI e sua noticias, não esqueçam de estudar a respeito da homosexualidade no Vaticano.

      Excluir
  84. Isto é que dá os seres humanos ficarem se ajoelhando a outros seres humanos (religiosos) falíveis. Não conseguem rezar (conversar com Deus) por conta própria...precisam de um intermediário, um atravessador (pois cobram) para este diálogo com Deus. Assim, óbvio, não sabendo dialogar com a Divindade por conta própria (sem a necessidade de templos, pois Deus é o templo), dispõem seus “cérebros”, pensamentos e ações a opiniões de terceiros, muitos deles de vidas totalmente contrária ao Mestre (aquela que esta descrita na bíblia que tanto defendem). Este fato não é difícil de perceber basta ter “olhos para enxergar”. Prefiro proferir a fé na razão, afinal tenho um cérebro, mas quem não sabe usá-la por conta própria, deve procurar a de outro, para explicar, muitas coisas que nem ele mesmo entende... Depois não venha se decepcionar com tal religioso por ele ter sido falho. Afinal todo atravessador visa sem próprio bem.

    ResponderExcluir
  85. Isto é que dá os seres humanos ficarem se ajoelhando a outros seres humanos (religiosos) falíveis. Não conseguem rezar (conversar com Deus) por conta própria...precisam de um intermediário, um atravessador (pois cobram) para este diálogo com Deus. Assim, óbvio, não sabendo dialogar com a Divindade por conta própria (sem a necessidade de templos, pois Deus é o templo), dispõem seus “cérebros”, pensamentos e ações a opiniões de terceiros, muitos deles de vidas totalmente contrária ao Mestre (aquela que esta descrita na bíblia que tanto defendem). Este fato não é difícil de perceber basta ter “olhos para enxergar”. Prefiro proferir a fé na razão, afinal tenho um cérebro, mas quem não sabe usá-la por conta própria, deve procurar a de outro, para explicar, muitas coisas que nem ele mesmo entende... Depois não venha se decepcionar com tal religioso por ele ter sido falho. Afinal todo atravessador visa sem próprio bem.

    ResponderExcluir
  86. se nos olharmos para as escrituras sagradas que é a palavra de Deus vamos ver que todas pessoas temente ao nosso Pai não se preocupavam em debater opiniões do que Deus vos dizia,então não cabe a nós crentes em Jesus Cristo nosso salvador e consumador de nossas vidas a refletir sobre a vida dos seres humanos,nós refletimos de uma forma que acreditamos nesses episódios que aconteceram na humanidade se eles não só podemos fazer é orar tentar caminhar na retidão mesmo com nossas falhas e esperar na misericórdia do Senhor de sermos salvos pois não podemos julgar ninguém,pois só há um Juiz que é Deus!

    ResponderExcluir

Postar um comentário