Índios isolados ou manipulação da Funai?

Surgiu a dúvida: as fotos feitas no mês passado de um helicóptero por funcionários da Funai são mesmo de uma tribo de índios que nunca tiveram contato com a civilização?

Quando vi as fotos fiquei impressionado, porque não imaginava que existissem ainda índios isolados. Mas aí me perguntei: como isso é possível tal descoberta em uma região, o Acre (próximo da fronteira com o Peru), onde o desmatamento tem sido grande?

Se de fato se trata de índios isolados, seria o caso de a Funai dar a informação direitinho, convocar a imprensa, essas coisas, de modo a ficar claro a importância da suposta descoberta. Porque o que houve foi um "vazamento" das fotos para a imprensa.

Consta que existem mais de 60 tribos por lá que nunca conviveram com o “homem branco”. Se realmente é isso, estou desinformado. Eu e o mundo.

Há suspeita de que a Funai tenha liberado as fotos para sensibilizar os brasileiros e a Justiça para as questões indígenas.

Explica-se: em agosto, o STF (Supremo Tribunal Federal) julgará se os índios da reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, têm direito a uma área contínua de 1.743.089 hectares e 1000km de perímetro.

É uma imensidão de terra; e muitas pessoas defendem que essa área não seja contínua, mas dividida em ilhas.

Bem, se a Funai ‘vazou’ as fotos com o propósito de angariar simpatia para a causa dos índios de Raposa Serra do Sol, foi uma manipulação de informação.

É compreensível, claro, que a Funai defenda a preservação da totalidade da reserva Raposa do Sol. Afinal, a fundação existe pra isto mesmo: cuidar dos índios.

Mas se espera que a Funai jogue limpo, porque manipular a opinião pública é coisa muito feia, não é mesmo?


Na floresta

> Fotos têm repercussão internacional. (Globo Online)

> Sobre a reserva Raposa do Sol. (Wikipédia)
1 comentário