Pular para o conteúdo principal

Pesquisa mostra que Jesus é mito para 40% dos ingleses


Jovens creem menos

Do total da população da Inglaterra, 40% acreditam que Jesus nunca existiu e que, portanto, se trata de um mito ou personagem fictício.

De acordo com pesquisa feita a pedido da Igreja da Inglaterra e Aliança Evangélica, a descrença em Cristo ocorre até mesmo entre aqueles que se consideram cristãos.


Os pesquisadores entrevistaram 4.000 pessoas adultas. Os jovens na faixa de 18 a 34 anos são os que mais rejeitam a possibilidade de que tenha existido um Jesus, conforme está descrito na Bíblia.

Do total dos entrevistados, 57% se declararam como cristãos, mas menos de 10% deles leem a Bíblia e reza com regularidade.

O segundo maior grupo identificado pela pesquisa é composto por ateus (12%), seguidos pelos agnósticos (9%), muçulmanos (3%), hindus (2%) e judeus (2%).

Com informação das agências.




Notas de um ateu: não, papa Francisco, Corão não é da paz

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Número de mortos pelo coronavírus é muito maior que os dados oficiais, diz diretor de convênio

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?