Cem mil pessoas sofreram abuso de padres nos Estados Unidos

por John L. Allen Jr., do National Catholic Reporter

Igreja teve de pagar às vítimas
indenizações de US$ 2,2 bilhões
Dois especialistas norte-americanos disseram em uma reunião de cúpula no Vaticano na quarta-feira (8) que os custos totais da crise dos abusos sexuais – incluindo pagamentos financeiros, sofrimento emocional, afastamentos entre clérigos e leigos, e danos à autoridade moral da Igreja – é essencialmente incalculável.

Concentrando-se nos Estados Unidos, eles forneceram estimativas que sugerem que a Igreja norte-americana gastou pelo menos US$ 2,2 bilhões (cerca de R$ 3,75 bilhões) pagando litígios relacionados com a crise e que pode ter havido um total de cerca de 100 mil vítimas de abuso sexual clerical.

Antes do levantamento dos danos, Michael Bemi e Pat Neal rejeitaram o que descreveram como quatro "mitos" sobre a crise, que seriam:

- A crise é um problema norte-americano;

- A crise foi exagerada por uma mídia sem Deus que é antagônica a pessoas ou instituições de fé;

- A crise foi instigada por advogados avarentos, cujo único objetivo é enriquecer financeiramente;

- A orientação homossexual faz com que os homens sejam criminosos sexuais ("Nem a orientação homossexual nem a heterossexual são um fator de risco", disseram, "mas, sim, a orientação sexual desordenada ou confusa").

Embora cada uma dessas alegações possa ter "elementos de verdade", disseram os dois conferencistas, "nenhuma delas, por si só, nem todas elas juntas podem ao menos começar a explicar ou descrever completamente a crise de má conduta".

Bemi e Neal fazem parte da equipe de liderança do Programa "Protegendo as crianças de Deus", usado atualmente em 115 dioceses norte-americanas, destinado a criar um ambiente seguro para crianças e adultos vulneráveis.

Na dimensão financeira da crise, Bemi e Neal observaram que, apenas nos Estados Unidos, um estudo do instituto John Jay de 2004 estima que US$ 472 milhões foram pagos naquele momento pelas denúncias de abuso sexual, e cerca de US$ 1,8 bilhão foi pago no período desde então.

Essas estimativas são baixas, provavelmente, disseram, por inúmeras razões, incluindo o fato de que algumas dioceses e ordens religiosas fizeram negociações confidenciais cuja quantia em dólares pode nunca ser conhecida.

Globalmente, a Igreja Católica possivelmente pagou uma quantia análoga, sugeriram os dois especialistas.

"Provavelmente, é razoável estimar que o custo real da crise pago pela Igreja internacional é muito mais do que dois bilhões de dólares."

Além dos pagamentos em dinheiro, segundo Bemi e Neal, também é preciso levar em consideração os custos ocasionais – instituições fechadas ou que nunca abriram, ministérios podados ou que nunca lançados, e assim por diante, por causa da crise.

"O triste é que poderíamos estar fazendo um grande bem agora e nos próximos anos que nunca faremos por causa do dinheiro, do tempo e do esforço já gastos, e continuam sendo gastos, para enfrentar a crise da má conduta sexual", disseram.

"O estudo do John Jay identificou 10.667 denúncias de vítimas ocorridas no período de 1950 a 2002, cujo número aumentou para 15.235, utilizando os dados até 2009", disseram.

"Por haver um fenômeno bem conhecido e aceito de que muitas vítimas de violência sexual nunca denunciaram a sua vitimização, alguns observadores estimam que pode haver um total de cerca de 100 mil vítimas apenas nos Estados Unidos".

Bemi e Neal catalogaram uma série de doenças físicas e psicológicas sofridas pelas vítimas de abuso, que vão desde distúrbios alimentares e disfunção sexual a distúrbios de estresse pós-traumático.

"As vítimas de abuso sexual não conseguem simplesmente superar isso", afirmaram.

Bemi e Neal também sugeriram que as famílias de vítimas de abusos foram prejudicadas, juntamente com padres inocentes que viram suas reputações danificadas e fileiras de leigos que se sentem afastados, confusos e traídos.

Segundo Bemi e Neal, amplos esforços para criar um ambiente seguro na Igreja norte-americana pós-2002 ofereceram uma importante válvula de segurança.

"Para os católicos que estão passando por isso nos Estados Unidos, uma solução para ajudar a resolver o problema é se engajar fortemente no amplo ambiente seguro da Igreja e nos esforços de assistência às vítimas", disseram.





Com tradução é de Moisés Sbardelotto para IHU Online.

Marie tinha 13 anos e estava doente quando foi estuprada por um padre
fevereiro de 2012

Padre pedófilos.

Comentários

  1. Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se esta é a situação entre o homem e sua mulher, é melhor não casar.

      Excluir
    2. Mas sem casar não pode transar.

      Excluir
    3. Como um ignorante fanático desses ainda tem coragem de assinar como Jesus Cristo?

      Excluir
  2. quanto o papa vier no brasil ele podia tomar uma bela de uma vaia o homem mais mentiroso da face da terra se é que ele é homem , hoje eu posso dizer que o cristianismo é totalmente mentiroso sem imaculada concepção e sem virgens voando para o céu

    ResponderExcluir
  3. a MAIORIA absoluta de abusados sexualmente , cerca de 90% não denunciam por vergonha , principalmente qdo as vitimas sao do sexo masculino....?

    ainda mais quando o abusador é um lider religioso...


    portanto o numero de vitimas é muuuuito maior


    A ICAR desde a sua formação abusou sexualmente de seus fieis, seja com a pedofilia homosexual , ou com estupros sistematicos por padres inquisidores nas supostas BRUXAS , depois os padres alegavam que foram seduzidos pelo DEMONIO...uma desculpa furada pra DRIBLAR O CELIBATO CLERICAL.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe "pedofilia homossexual". O conceito de homossexualidade pressupõe um relacionamento ou desejo entre duas pessoas adultas e capazes. Isso não tem lógica. Corrige isso ai.

      Excluir
  4. Como disse um crente aqui outro dia:
    "isso é só um caso isolado"
    ... Stalin era Ateu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stalin era ateu, mas os comunistas não violentaram 100.000 pessoas na URSS.

      Excluir
  5. Que crentelhos são esses nessa página?? *0* Perderam o caminho para igreja foi??

    Esses padres são uns miseráveis...É claro que eles não vão se manter virgem a vida toda; só ingênuos pensam assim. Mas se é para transar, que foda com uma prostituta! Por que fazer isso com as crianças?? Prisão perpetua neles!

    ResponderExcluir
  6. 100 mil vítimas. E quantos presos?

    Como humanista secular, eu sou contra a pena de morte, mas nestes casos, adoraria empalar uma lança num desses tarados, no melhor estilo Drácula.

    ResponderExcluir
  7. ATEISMO
    A crença de que não existia nada, e então o nada magicamente expandiu por razão nenhuma, criando tudo, e um punhado de tudo magicamente se rearranjou sozinho por razão nenhuma, para então se multiplicar em alguns pedaços auto-replicantes que depois se transformaram em dinissauros e depois...
    Isso faz todo sentido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ateísmo não acredita em mágica, seu imbecil.

      Excluir
    2. Luan Cunha eu acredito que apenas usou o termo como alegoria. O imbecil no caso é você com tanta intolerância para com todos que não compartilham da mesma opinião que o senhor.
      O ateu usa a frágil ciência, que se contradiz tanto quanto os quatro livros do Novo Testamento, para fundamentar suas ideologias tanto quanto os místicos usam o imaginário popular.
      Que grande diferença há entre esses outros tantos?

      Excluir
    3. Engraçado é que o Jeferson não se deu conta ainda que o mesjmo argumento que ele usou contra os ateus vale para os crentes: de onde veio deus? Quem o criou?

      Excluir
    4. Jefferson,você acha que deus te fez??? Você é só o resultado de uma noite de sexo da sua mãe com seu pai.

      Ou seja, sua mão abriu as pernas e seu pai meteu com força até enchê-la de esperma....

      Simples assim.

      Robson Kvalo

      Excluir
  8. ATEISMO
    A crença de que não existia nada, e então o nada magicamente expandiu por razão nenhuma, criando tudo, e um punhado de tudo magicamente se rearranjou sozinho por razão nenhuma, para então se multiplicar em alguns pedaços auto-replicantes que depois se transformaram em dinossauros e depois...
    Isso faz todo sentido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um sentido da esquerda para a direita.

      Excluir
    2. Cristianismo: a crença de que um zumbi judeu cósmico pode te dar vida eterna se você simbolicamente comer sua carne e dizê-lo, por telepatia, que você o aceita como seu mestre, para que ele remova uma força maligna da sua alma, presente em toda humanidade porque uma mulher-costela foi convencida por uma cobra falante a comer de uma árvore mágica. Faz todo o sentido.

      Excluir
    3. Ateísmo não acredita em mágica, seu imbecil.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. RELIGIAO

    A crença de que não existia nada, e então do nada apareceu um deus, cujo espirito desse deus flutuava sobre as aguas antes dela mesma ser criada, e magicamente passou a criar tudo, magicamente criou plantas antes da luz, magicamente fez ceus e terra do nada, magicamente fez animais do nada, magicamente fez peixes do nada, magicamente fez um homem de uma lama, magicamente fez uma mulher a partir de uma costela, etc..

    Isso faz todo sentido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um sentido da esquerda para a direta.

      Excluir
    2. Tudo começou a bilhões de anos atrás , a ciência é magnífica em todas suas áreas eu amo ciência.

      Excluir
  10. Quantas vítimas serão necessárias para que acabemos com essa Organização Maligna? Quantos filhos e filhas, quantos netos, irmãos e irmãs tem de ser abusados para que o Catolicismo seja, finalmente, lançado num abismo e ali sepultado por toda a eternidade?

    Todos sabem que, pelo que se lê na Bíblia, Jesus jamais seria católico. Por que, então, sustentar essa ferida na carne de uma Humanidade tão assolada por desgraças e imperfeições?

    Que piedade há em olhar dentro dos olhos de uma criança, enquanto ela tem seu corpinho vorazmente bolinado por um candidato a santo?

    É ESSE O AMOR QUE ESSES PADRES APENDERAM COM O MESSIAS?

    MALDITOS!

    100 MIL VEZES MALDITOS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falou e disse candidato a santo/ um tremendo tarado sem um pingo de vocaçao e
      somente um teatro alimentado pela sociedade hipocrita

      Excluir
  11. Cada vez mais percebo como os ateus tem uma relação com os "católicos" esquerdistas.

    O National Catholic Reporter, onde o senhor John L. Allen Jr. é um de seus colunistas, é um dos jornais mais esquerdistas dentro da Igreja Católica.

    A função desse jornal não é informar, e sim fazer da Igreja Católica refém do progressismo (esquerdismo) e moldá-la para o pensamento modernista.

    Para muitos ateus, dar espaço para os teologos da libertação e outros ramos do esquerdismo dentro da Igreja Católica, é a forma que encontraram para começar a destruí-la.

    ResponderExcluir
  12. É lendo estas coisas que as vezes acho que estou começando a entender um pouco o que sentem os homens bomba...

    PC

    ResponderExcluir
  13. - A orientação homossexual faz com que os homens sejam criminosos sexuais ("Nem a orientação homossexual nem a heterossexual são um fator de risco", disseram, "mas, sim, a orientação sexual desordenada ou confusa"). [sic]

    hã???

    O ladrão tem uma orientação desordenada do que não lhe pertence.

    O assassino tem uma orientação desordenada de vida e morte.

    O cara que atropelou e matou uma criança tem uma orientação desordenada das leis de transito

    O político que recebeu propina tem uma orientação desordenada


    Eufemismo sofismático politicamente correto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosce, o que diabos você escreveu?

      Excluir
    2. Nada! apenas como se muda uma palavra para atenuar um outro significado

      Excluir
    3. Ainda bem que você reconheceu que não escreveu nada.Melhor:Nada com coisa nenhuma.

      Excluir
    4. 4º mito (de acordo com o texto)

      A orientação homossexual faz com que os homens sejam criminosos sexuais.

      Segundo Bemi e Neal.
      ("Nem a orientação homossexual nem a heterossexual são um fator de risco", disseram, "mas, sim, a orientação sexual desordenada ou confusa").

      Para não magoar alguns grupos, trocaram por "orientação sexual desordenada ou confusa"

      Continuando:
      Embora cada uma dessas alegações possa ter "elementos de verdade", disseram os dois conferencistas, "nenhuma delas, por si só, nem todas elas juntas podem ao menos começar a explicar ou descrever completamente a crise de má conduta".

      Atenuaram novamente para "Crise de má conduta"

      Excluir
    5. Belo texto, sem eufemismos. Pena o analfabetismo funcional evidente por parte de alguns debatedores...

      Excluir
  14. “Goodbye, good men”, de Michael S. Rose

    conta como os liberais trouxe a corrupção na Igreja Católica.

    a muito tempo organizações gays dos EUA vêm colocando gente sua nos departamentos de psicologia dos seminários para dificultar a entrada de postulantes vocacionalmente dotados e forçar o ingresso maciço de homossexuais no clero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha a teoria de conspiração ae gente.
      Ponto para você Nosce, será que não consegue explicar os casos de pedofilia da igreja sem uma teoria de conspiração? Eu dei uma olha titulo do livro e adivinha? A maioria dos sites que divulgam o livro é de cunho religioso, Nosce aceite que padres podem fazer merda assim como qualquer ser humano e não venha com um livro de teoria de conspiração de um jornalista (pfff).

      Excluir
    2. Só uma coisa:
      Quem gosta de ter relações com outros homens é o que?
      (A maioria dos abusados eram e são do sexo masculino)

      Quanto a imparcialidade das fontes, Caso vc não tenha percebido, o post acima começa com John L. Allen Jr., do National Catholic Reporter
      e de dois especialistas (Bemi e Neal) em reunião de cúpula no vaticano.

      Excluir
    3. Não precisa de nenhuma teoria da conspiração. A ICAR já vem propondo abertamente a décadas a entrada de gays nos seminários como "(sic) alternativa santa ao vício do homossexualismo". Não precisa aqui vir dizer o óbvio. Se tem tantos gays nos seminários e nas paróquias foi pq o Papa convidou. Isso só demonstra os resultados práticos da "castidade eclesiástica"

      Excluir
    4. Pena não saber, Nosce te ipsum k 99% dos pedófilos são heterosexuais. Está comprovado. Nisto tudo são os homosexuais k ainda são os mais equilibrados.

      Excluir
  15. Conforme pesquisa do departamento de educação dos estados unidos, 10% das crianças nas escolas sofreram algum tipo de abuso por professores e empregados.

    mas isto n importa n é mesmo?

    http://archive.newsmax.com/archives/articles/2004/4/5/01552.shtml

    ResponderExcluir
  16. E
    No último dia 18, a presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei 12.594/2012, que assegura direito a visita íntima aos menores infratores detidos

    A partir dos 12 anos, um menor infrator já pode ser detido para o cumprimento de medidas socioeducativas e a lei não especifica idade para o benefício. Portanto, uma criança nessa idade, teoricamente, poderia ser beneficiada.

    Alguém tem alguma dúvida que meninas ou meninos poderão ser utilizadas como moeda de troca.
    Um pacote de cigarros, uma pedra de crack, um colchão melhor, um tênis...

    ResponderExcluir
  17. Com a palavra, o Cristão.

    Mas é claro que ele nao vai se manifestar, pois ele sempre desaparece qdo ha noticias desse tipo.

    Dois pesos, duas medidas.

    ResponderExcluir
  18. O que havia a quatrilhões de anos?

    ResponderExcluir
  19. Na Espanha, os ateus socialistas já mostram as suas caras:

    La socialista Martu Garrote: «En España quemamos pocas iglesias y matamos pocos curas» (A socialista Martu Garrotte: "Na Espanha queimamos poucas igrejas e matamos poucos sacerdotes")

    http://www.religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=20647

    ResponderExcluir
  20. É estranho como o distinto jornalista não mostra imparcialidade. Em mostrando apenas erros cometidos por aqueles que tem opinião contraria à sua e, não expõe casos envolvendo aqueles que partilham de suas crenças ?!?!?!?!

    ResponderExcluir
  21. Ampliando a notícia: vamos acabar com a ICAR e também coma marinha americana.

    "A Marinha dos Estados Unidos enfrenta uma grave problema: o número absurdo de estupros. Agora, absurda também está sendo considerada a campanha contra esses crimes."

    "Só em 2010, a força registrou, entre sua tropa, 611 casos de ataques sexuais. Uma em cada cinco mulheres das Forças Armadas americanas já foi vítima de estupro."


    http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2011/07/campanha-contra-estupro-gera-polemica-nos-estados-unidos.html

    ResponderExcluir
  22. E quantos foram por não religiosos?

    ResponderExcluir
  23. Muitos jornalistas ateus já foram presos acusados de pedofilia. Mas como a imtenção da imprensa é ser muito parcial, fica por isso mesmo.

    ResponderExcluir
  24. Para de discutir a vida dos outros!!!!!!!!! alowww cada um tem a sua certo??? EDUCAÇÂO se aprende na escola em casa e LENDO A BIBLIAAAAAAAA cria vergonha nessa cara e vai ler!

    ResponderExcluir
  25. eu penso que é muito fácil criticar um dogma sem que vooc o viva verdadeiramente, outra coisa, tbm é muito fácil julgar como errada uma cultura de centenas de milhões de pessoas por culpa de meia duzia de lideres idiotas pecadores e HUMANOS( tao condicionado ao erro como qualquer um de nós)
    o problema nao está apenas no padre que estupra, mas tbm em uma sociedade que se cala, que é injusta como um todo e nao apenas no quesito religioso, que nao condena um padre, um pastor, ou principalmente um político rico, branco e de família "nobre", o problema tbm esta na família que nao sabe educar seus filhos para que eles se defendam de uma agressão como esta.
    eu só desejo que você que tem outra crença, ou descrença, pare de ficar julgando eu(que soou igreja) por coisas que nao fiz!
    obrigado

    Carlos Vinicius, Católico Apostólico Romano!

    ResponderExcluir
  26. Mas na Alemanha sim hehehe... esses crentes enchem o saco... ficam falando merda dos comunistas, gays/lesbicas, ateus, pagãos, etc.

    ResponderExcluir
  27. Faltas somente incluir as pessoas que foram abusadas por pastores de igrejas evangélicas, e as crianças que sofreram pedafilias de pastores. Cadê eles, cadê seus nomes?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-------- Busca neste site