Confiança dos latinos-americanos na igreja cai de 76% para 64%

O índice de confiança dos latino-americanos na igreja neste ano é de 64%, o que representa uma queda de 12 pontos percentuais em relação ao que foi verificado em 1996. Ainda assim a igreja permanece como a instituição mais confiável, seguida pelas emissoras de rádio (49%), televisão (48%), jornais (45%), bancos (43%) e governo (40%).

Em relação aos brasileiros, o índice está acima da média da região, com 76%. Só os paraguaios, com 78%, confiam mais na igreja.

A pesquisa é da Corporação Latinobarômetro, uma ong com sede em Santiago do Chile. Os dados foram levantados entre 15 de julho e 16 de agosto deste ano. Foram ouvidos 20,2 mil pessoas de 18 países.

Os chilenos apresentaram a menor taxa de confiança na igreja, com 38%. Tal resultado, segundo a ong, se deve aos escândalos envolvendo padres pedófilos.

Confiança alta entre os brasileiros


Com informação da íntegra da pesquisa

Jovens sem religião indicam que Brasil caminha para o secularismo.
novembro de 2011

Estatística das religiões no mundo.

Comentários

Caruê disse…
Parece existir uma relação inversa ao IDH. Olhem para o Uruguay, Chile e Argentina.
carlosqevedo disse…
E povo idiota mesmo. confia exatamente nas instituições que o explora: igrejas e bancos. tem que se lascar mesmo.
Anônimo disse…
Certo, se o público brasileiro fosse mesmo independente dessas ideologias nojentas (capitalismo e fundamentalismo cristão), a diferença seria notável.

-------- Busca neste site