Advogada cobra US$ 129 para cuidar de afazer de arrebatado

Logo do site da advogada que 
se  oferece como procuradora 
Os crentes que acreditam que serão arrebatados – levados para o céu por Jesus --, mas estão preocupados com suas obrigações aqui na terra, como cuidar de seu gato, e não tem quem os faça, já podem ficam tranquilos.

A advogada americana Cynthia MacGregor está se oferecendo por US$ 129,99 (R$ 222) para cuidar de animais de estimação e de outros afazeres, como visitar parentes, administrar contas bancárias, propriedades etc.

O pagamento obviamente tem de ser feito adiantado, antes do fim do mundo, pelo Paypal ou sistema de cartão do Google (inexistente no Brasil).

Os interessados poderão contratar a prestação de serviço por intermédio de um site onde há um modelo de contrato de ser impresso, assinado e enviado pelo correio. Por esse documento, Cynthia se torna formalmente procuradora do crente.

Para que não haja dúvidas da parte dos crentes, o contrato vale para eventos descritos como “O fim do Calendário Maia”, “O Fim dos Tempos”, “O Fim dos Dias”, “A Hora final”, “A guerra do Armagedom”, “A Chegada do Anticristo”, “A Segundo Vinda de Cristo”, “O Juízo Final”, “O Dia do Juízo Final”, “O Dia do Julgamento”, “Chegou a Hora”, “O Último Dia”, “O Fim do Mundo”, “Idade das Trevas”, “Mega Desastre”.

Na página de perguntas mais frequentes do site, Cynthia explica que só aceita ser procuradora de pessoas que moram nos Estados Unidos e que o crente é considerado arrebatado após 30 dias de seu desaparecimento da Terra. Há também informação sobre como preencher o contrato, impostos e prazo de desistência.

“A satisfação é garantida”, diz o site.

Foto de dois arrebatados

Esta foto foi um das que circularam na internet por ocasião do
 anterior  fim do mundo do pastor Harold Camping, em maio  
Com informação do site Time of End.

Ateu fatura com abrigo para cães de quem crê que subirá ao céu dia 21.
maio de 2011

Profecias.     Notícias do fim do mundo.      Bizarro.

Comentários

  1. Quem contratar os servicos dessa advogada, estara admitindo que é um completo imbecil.

    ResponderExcluir
  2. Depois de 30 dias de arrebatamento os animais de estimação já estarão mortos.

    ResponderExcluir
  3. Ela não está fazendo nada de errado, considerando o que os pastores fazem. Se o cara realmente for arrebatado, ela terá de cumprir com as obrigações contratuais. Se o mundo não acabar, a culpa não é dela. E os serviços dela saem bem mais baratos que os dízimos cobrados pelos pastores.
    Realmente, se alguém contratar os serviços, é porque é burro assumido. E quanto a isso não há nada que se possa fazer.

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHA advogada win.

    ResponderExcluir
  5. Ufa, ainda bem que ela aceita pagamento pelo PayPal...

    ResponderExcluir
  6. Ela é besta! Ta aprendendo com os pastores como extorquir o dinheiro das pessoas com o QI baixo.

    ResponderExcluir
  7. Isso aí é o fim do mundo! (Sem trocadilhos)

    ResponderExcluir
  8. Levando em conta que os EUA tá sofrendo os efeitos da Crise ainda,isso me parece uma alternativa segura e legal de ganhar dinheiro,ainda que imoral,já que você está abusando da fé alheia(mas como dizia o nobre Homer Simpson no episódio do parque gospel de Flanders: "Todo mundo faz isso" )

    ResponderExcluir
  9. Mas ter fé já é pedir para ser zuado xD!

    ResponderExcluir

Postar um comentário