Pular para o conteúdo principal

Agências ‘vendem’ mulher por R$ 5,2 mil para chinês casar

O chinês pode escolher a mulher pela internet
Algumas agências de casamento do Vietnã se especializaram em arrumar mulheres para chineses. Pelo menos uma delas mantém um site com fotos das vietnamitas. [reprodução acima].

Oficialmente, trata-se de agência de casamento arranjado, mas, na prática, o que ocorre é a ‘venda’ de mulheres pobres. É a família das moças que fica com o dinheiro do arranjo.

Em Nanning, capital da província chinesa Guangxi, que ao sudoeste faz fronteira com o Vietnã, as agências colocam nos postes cartazes oferecendo por ‘apenas’ 20 mil yuans (cerca de R$ 5,2 mil) uma vietnamita virgem para casar no prazo de três meses. Não há pagamentos extras, esclarecem os cartazes. “Enviaremos outra [mulher] se ela escapar no primeiro ano.”

A referência nos cartazes à fuga de mulheres mostra uma realidade que a agência omite na internet. O que há em seu site é uma página com fotos de casais arranjados bem-vestidos e supostamente felizes, como no exemplo ao lado. (Quem usa o navegador Chrome consegue traduzir o site para o português mais facilmente.)

O site garante que as vietnamitas vão ter uma vida melhor na China e que os "seus clientes [os chineses] não se importam com diferença de idade e outros fatores".

Na China há mais homens do que mulheres não por um capricho da natureza, mas pela herança cultural que valoriza o varão. Com a popularização dos exames de ultrassom que permitem identificar o sexo dos bebês, há casais que decidem pelo aborto quando sabem que a gestação é de menina. Na área rural, é comum matar a menina após o seu nascimento. Além disso, como o governo proíbe que o casal tenha mais de um filho, diminuem as probabilidades de haver nascimento de mais mulheres.

Um estudo de Wang Guangzhou, da Academia Chinesa de Ciência Social, prevê que em menos de 10 anos cerca de 24 milhões de chineses não vão poder se casar por falta de mulheres.

O site garante que as mulheres são solteiras e
 informa que o passaporte delas está incluso no preço
Com informação do site vietnamita, Folha e arquivo deste blog.

Estudo mostra que se agrava na China escassez de mulher.
janeiro de 2010

Comentários

Anônimo disse…
"Além disso, a proibição de que o casal tenha apenas um filho diminui as probabilidades do nascimento de mais mulheres."
A sentença ficou estranha aqui. Dá a entender que é proibido ter apenas um filho, mas a politica lá é de ter apenas um.
De resto, que os chineses virem gays(ou assumam logo os existentes, coisa que o partido evita a todo custo.), por manter tal costume machista.
Paulo Lopes disse…
Refiz a frase. De fato ela estava confusa.
Marco Alcântara Tavares disse…
Excelente notícia! Agora vai cair a casa para essas mocréias brasileiras que se hiper valorizaram nos últimos anos.
Vou entrar no site e tentar comprar uma. As brasileiras estão muito caras, em um simples namoro você gasta muito mais, entre restaurantes,cinemas,teatros,presentes.Manterei o blog informado.
Anônimo disse…
Só falta o disk-sexo
ops! já existe.
Anônimo disse…
Como eu SEMPRE digo, é SEMPRE mais barato comprar na China, Tailandia e Viatnam.....

Será que tem entrega aqui para o Brasil?
O Anônimo aí de cima tá sendo irônico? Por favor, que ele esteja sendo irônico!
Anônimo disse…
O assunto é tráfico de pessoas.

Logo, trata-se de seres humanos.

Se os "machões" que comentaram fazendo piada ou achando isso uma "Excelente notícia" não conseguem reconhecer a gravidade do assunto, apenas porque se tratam de mulheres, acho bom ficarem atentos, porque isso é sexismo, e sexismo é crime, felizmente, vivemos no Brasil.

E mesmo que nem mereçam uma dica oferecerei de graça: vocês já pararam para pensar (sim, eu acredito que vocês seriam capazes de tal ato) porque pensam isso das mulheres? Ok que vivemos em uma sociedade machista e que isso influencia vocês, mas as vezes pode ser algo mais pessoal mesmo, algum complexo de édipo não resoolvido ou dificuldade no reconhecimento de sua identidade sexual...
Freud explica.
Parabéns ao Blog pela denúncia.
Gabriela M. Kyrillos.
Anônimo disse…
AFF
se pelomenos selas fossem gostosas e bonitinhas,e JOVENS né pelo amor de deus,quem vai paga pra casar com uma quarentona velha e chinesa kk
se tiver uma de 18,muito gostosa até 5 mil reais eu compro
Marco Aurélio Tavares disse…
Gabriela, não é questão de ser machão, é uma constatação de uma realidade, ou as mulheres no Brasil,não estão muito caras?A igualdade ´de sexo só não vale na hora de dividir despesas o resto é tudo subtraido.Viajo para muitos lugares e a fama da mulher brasileira, já se espalhou por toda parte, ou voce acha que casos como Paula Oliveira(golpe da barriga na Suiça)Mulher de deputado no Reino Unido que faz programa, o garoto Sean(e a avó transtornada/barraqueira)ou o filho de Mike Jager(que jurava ter transado com camisinha), não são comentários sobre a capacidade das brazucas sem limites.Para o seu conhecimento existem associações em Portugal,Espanha,França,Alemanha que alertam as mulheres locais sobre o roubo de marido ou golpe da barriga das brasileiras.
Anônimo disse…
ESCRAVAS MODERNAS... UM ESCÂNDALO !!!
Anônimo disse…
Bláblablabla , sociedade machista, ok , mande as mulheres pararem de servirem como simbolo sexual, pararem de posar na sexy , playboy ou seja lah qual for daí talvez os machões aqui parem de fazer piada, lá fora uma agência as vendem, aqui no Ocidente as próprias mulheres se vendem .
junior15aj disse…
Anônimo24 de maio de 2012 17:40


falou tudo, o problema dessas feministas é
"esfregar o chibil na cara do macho e querer q ele corra"

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Mescla da política e religião intimida ateus no Brasil. E defendê-los e defender a razão

Padre associa a tragédia das enchentes ao ateísmo de gaúchos. Vingança de Deus?

Como as memórias são armazenadas em nosso cérebro?

Marcha para Jesus no Rio contou com verba de R$ 2,48 milhões

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou R$ 2,48 milhões para a realização ontem (sábado, 19) da Marcha para Jesus, que reuniu cerca de 300 mil evangélicos de diferentes denominações. Foi a primeira vez que o evento no Rio contou com verba oficial e apoio institucional da Rede Globo. O dinheiro foi aprovado para a montagem de palco, sistema de som e decoração. O pastor Silas Malafaia, um dos responsáveis pela organização da marcha, disse que vai devolver R$ 410 mil porque o encontro teve também o apoio de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo. “O povo de Deus é correto”, disse. “Quero ver a parada gay devolver algum dinheiro de evento.” Pela Constituição, que determina a laicidade do Estado, a prefeitura não pode conceder verba à atividade religiosa. Mas o prefeito Eduardo Paes (PMDB), que compareceu à abertura da marcha, disse que o seu papel é apoiar todos os eventos, como os evangélicos e católicos e a parada gay. A marcha começou às 14h e contou com sete trios