Maestro britânico e sua mulher morrem de suicídio assistido

BRITAIN OBIT DOWNES Caractacus e Boudicca, filhos do conhecido maestro do Reino Unido Edward Downes (foto) e de Joan, informaram que os seus pais morreram em uma clínica de suicídio assistido na Suíça. A notícia foi publicada pelo The Guardian desta terça (14)

Downes estava com 85 anos e Joan, 74,

De acordo com o comunicado dos filhos, os dois estavam muito doentes e “morreram pacificamente”, do jeito que escolheram.

A agência AP reproduz o seguinte trecho do comunicado:

"Depois de 54 anos juntos e felizes, eles decidiram por acabar com a própria vida a lutar contra sérios problemas de saúde. Nosso pai, que aos 85 anos estava quase cego e cada vez mais surdo, teve uma longa, vigorosa e distinta carreira como maestro. Nossa mãe, que tinha 74 anos, começou a carreira como bailarina e, posteriormente, trabalhou como coreógrafa e produtora de TV, antes de dedicar os últimos anos de sua vida a trabalhar como assistente pessoal do nosso pai. Eles viveram uma vida plena e consideravam-se extremamente sortudos, tanto profissionalmente como pessoalmente".

Downes trabalhou com a filarmônica BBBC e com a Royal Opera House, entre outras.

> Portugueses procuram clínica suíça de suicídio assistido. (fevereiro de 2009)

> Casos de suicídios

Comentários