Avanço da tecnologia vai acabar com Deus, afirma Dan Brown


"Historicamente, nenhum
deus sobreviveu à ciência"

O escritor americano Dan Brown (foto) fez uma afirmação que tem a ver com seu novo livro: “Com os avanços da tecnologia, a necessidade de um Deus interior, que nos julga, vai acabar”.

"Historicamente, nenhum deus sobreviveu à ciência.”

O autor do best-seller “O Código da Vinci” está lançando “Origem”, livro (também este) que critica a religião.

O protagonista dessa história é Robert Langdon, personagem de outros livros.

Desta vez Langdon terá contra si não só a Igreja Católica, mas também outras religiões, porque ele descobriu a origem do homem que, se for revelada, acabará com todas as crenças organizadas.


Brown teve a ideia da história ao ouvir uma música supostamente gospel que exalta Charles Darwin, o naturalista inglês que danificou para sempre os pilares das religiões com o seu livro “A Origem das Espécies”.

Brown não é autor de ideias originais. O que ele faz muito bem é pegar o que flutua sobre todos e transformá-lo em narrativa com suspense e mistério.

A previsão de que a tecnologia vai acabar com os deuses — já está —, por exemplo, vem sendo dita por estudiosos respeitáveis já há algum tempo.

Os críticos são implacáveis com o escritor, o qual eles acusam de construir histórias pasteurizadas e rasteiras.

Apesar disso, ou justamente por isso, Dan Brown vende milhões de exemplares de livros nestes tempos de predominância do audiovisual.

Com informações de sites internacionais.





Livro sobre a não crucificação de Cristo vira best-seller

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.