Hindus lincham suspeito de transportar vacas para abate



Cerca de 200 hindus atacaram no norte da Índia onze homens que estavam transportando vacas em seis veículos e espancaram cinco deles, matando um [ver vídeo abaixo].

Esses hindus se declaram "vigilantes" protetores de vacas, que são sagradas para a religião deles.

Eles suspeitaram que os animais estivessem sendo levados para um abate, de modo a abastecer o mercado negro de carne bovina.

O linchamento ocorreu no começo de abril de 2017 na estrada que liga Jaipur a Nova Deli.

Além de chutar as vítimas, os hindus usaram varas de metal e cintos.

A vítima tinha 55 anos, se chamava Pehlu Khan e estava vestido de branco. Aparentemente ele era muçulmano, assim como seus colegas.

Parentes de Khan afirmaram à policia que os animais estavam sendo transportados para uso em uma leiteria, o que é permitido naquela região do país, no Estado de Rajastão.

Disseram que Khan e seus colegas estavam com a documentação oficial para o transporte das vacas e que sabiam que teriam de apresentá-la em um posto da polícia rodoviária.

A polícia está investigando o linchamento, que ocorre com frequência no país.

Antes, ela prendeu os muçulmanos, mas nenhum dos 200 agressores.

Envio de correção



Vídeo mostra ritual de vacas sagradas pisoteando indianos