Vídeo mostra que Eike 'aceitou Jesus' em agosto de 2016



Um vídeo [ver abaixo] mostra Eike Batista (foto) “aceitando Jesus” (se convertendo-se à fé evangélica) em um templo da Assembleia de Deus da periferia do Rio, em agosto de 2016.

Em 30 de janeiro de 2017, a operação Lava Jato prendeu o empresário carioca por ele estar envolvido em um gigantesco esquema de corrupção, da qual participavam figurões, como o ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

Em 2012, a revista Forbes estimou que Eike tinha fortuna de US$ 34 bilhões, sendo a sétima pessoa mais rica do mundo.

Desde então o império de empresas de Eike se desmoronou como um castelo de areia.

Quando o vídeo começou a circular na internet, o pastor Daniel Silva divulgou no Facebook fotos da, segundo ele, conversão do empresário.

Ele disse: “Eiki (sic) Batista aceitou Jesus o diabo perdeu”.

Na época, inquirido pelo site de Veja sobre a conversão, Eike disse por intermédio de sua assessoria que não dá satisfação do que faz.

Certamente não foi isso que ele disse agora à Polícia Federal.

A conversão de Eike entra para o rol de casos de bandidos que se tornam evangélicos após o fracasso de suas atividades.

Empresário se convertendo
a evangélico ao lado de fiéis




Com informação de Veja e de outras fontes e foto do Facebook. 

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Bandidos evangélicos expulsam mães de santo de favelas do Rio