Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Prince tinha se negado a operar o quadril por temer transfusão

Cantor era da religião Testemunhas de Jeová
A causa da morte do cantor Prince (foto) foi uma overdose acidental de remédio à base de ópio que ele tomava contra a dor que tinha no quadril.

Em 2005, quando começou a ter dor por usar botinhas de saltos altos, Prince poderia se livrar do problema com uma operação do quadril, mas ele se recusou ao procedimento por causa de sua religião.

Desde 2001, Prince era das Testemunhas de Jeová, religião fundamentalista que proíbe a transfusão de sangue. Por temer que isso pudesse ocorrer em seu caso, o cantor preferiu amortecer com o remédio a dor, que só piorou com o tempo.

Para as Testemunhas de Jeová, quem receber transfusão perderá a chance de ir para o paraíso.

O cantor morreu no dia 21 de abril de 2016 aos 57 anos.

Logo após a sua morte, houve boato de que tinha deixado sua fortuna para a religião, o que não se confirmou.

Prince não deixou testamento.

Com informação das agências e foto de divulgação.






Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...