Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

MPF arquiva denúncia de Feliciano contra vídeo de Natal

O MPF (Ministério Público Federal) arquivou um inquérito aberto pelo deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) contra o Porta dos Fundos.

Maria e Deus
tentam falar com
José sobre filho
O parlamentar havia denunciado o vídeo “Especial de Natal” [ver abaixo] por considerá-lo ofensivo à liberdade religiosa e à dignidade dos cristãos.

No entendimento de Feliciano, o vídeo, postado no Youtube no dia 23 de dezembro de 2013, faz discurso de ódio contra os cristãos porque trata de forma jocosa os dogmas da religião.

Porta dos Fundos se defendeu argumentando que o vídeo apenas faz uma paródia de passagens da Bíblia, sem o propósito de humilhar os cristãos.

Para a procuradora regional da República Maria Helena de Paula, da Procuradoria Regional da República da 2ª Região, o conteúdo do vídeo não promove um choque entre as liberdades de religião e de expressão.

“O direito de expressar crenças religiosas não impede a manifestação de descrença por terceiros", afirmou.

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) já tinha arquivado um processo de Feliciano contra o grupo de humor pelo mesmo vídeo.

O "Especial de Natal" começa com o anjo Gabriel tentando convencer José que ele não é corno, embora sua mulher, que continua virgem, vai ter um filho de um outro homem, Deus. O vídeo foi acessado até agora perto de 7 milhões de vezes.

"Eu sou corno"


Com informações do Ministério Público.





Jesus do canal Porta dos Fundos ironiza em vídeo a ‘cura gay’
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...