R.R. Soares publicou nos anos 80 anúncio de ‘cura gay’


Cópia de um recorte do jornal “O Globo” de 13 de fevereiro de 1987 que circula nas redes sociais mostra um anúncio do pastor R.R. Soares prometendo a cura do homossexualismo, a “cura gay”, nos termos de hoje em dia.

Começando pela cura de
'distúrbio' de gay, pastor

 montou um império
Apresentando R.R. Soares como “um homem de Deus que luta por você”, o anúncio se refere de forma bastante depreciativa aos homossexuais, o “fenômeno gay”.

Diz: “É grande o número de pessoas que sofrem de homossexualidade. Vivem miseravelmente com suas consciências a acusá-las”.

No anúncio, Soares afirma que a origem do “distúrbio” é espiritual. “Tenho tratado de muitas pessoas [...] e tenho visto inúmeros casos de cura.”

Soares deixou de tratar desse “distúrbio”, ao menos de maneira explícita como fazia naquela época, quando a sua igreja, a Internacional da Graça de Deus, tinha 7 anos.

Em relação a outros pastores que usam a TV para pregações, ele é discreto, não se envolvendo em polêmica como Edir Macedo, Silas Malafaia e Valdemiro Santiago.

Por isso, Soares tem aumentado seu império sem chamar muito a atenção. Sua igreja tem no Brasil mais de 2.000 templos, e está presente em pelo menos 11 países.

O pastor possui canais de TV por assinatura, distribuidora de filmes evangélicos e emissoras de rádio.

Ele acaba de comprar a rádio Estadão (AM/700 Khz), do jornal “O Estado de S.Paulo”.

A emissora já se chamou “Eldorado” e foi uma das melhores em jornalismo.

Agora, vai se chamara "Nossa Radio" e se dedicará à programação gospel, tornando-se em mais uma concessão pública a serviço do proselitismo religioso.

Com informação e ilustração das redes sociais e outras fontes.


Corte dos EUA mantém lei estadual que proíbe 'cura gay'

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog