Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

MPF vai investigar passaporte diplomático de Valdemiro

Valdemiro Santiago
O chefe da Mundial e a sua mulher
obtiveram o privilégio em janeiro
O MPF (Ministério Público Federal) instaurou inquérito civil para investigar as razões que levaram o Itamaraty a conceder em janeiro passaporte diplomático a Valdemiro Santiago (foto), chefe da Igreja Mundial, e a sua mulher, Franciléia de Castro Gomes de Oliveira.

A iniciativa do MPF deve-se a uma representação de Ronald Durão Meziat, cuja argumentação é de que líderes religiosos não representam o país.

O governo, a rigor, só deveria conceder o documento especial a autoridades que representam o Brasil no Exterior. Apesar disso, o passaporte é expedido tradicionalmente a bispos católicos, e o privilégio foi estendido a líderes evangélicos, mas só a alguns deles, como Edir Macedo, da Universal, e R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graças, além de Valdemiro. Todos têm aviões com autonomia de voo internacional.

Meziat argumentou, em sua representação, que Valdemiro, além de não representar o Brasil, responde a processos judiciais. Esse também é o caso de Macedo, que recentemente fixou residência em Portugal, depois de morar anos nos Estados Unidos, onde a Universal é investigada em processos de lavagem de dinheiro.

Portadores de passaporte diplomático (que é expedido gratuitamente) têm tratamento diferenciado em aeroportos, livrando-se das longas filas da verificado de documentos. Eles também enfrentam menos burocracia para obter o visto de alguns países.






Com informação do Bol.

Mãe Stella deveria ter passaporte especial, diz Wyllys
novembro de 2011
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...