Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

16 pessoas morrem em culto da Igreja Universal em Luanda

Alguns fiéis morreram pisoteados antes da Vígilia da Virada
com atualização

No mínimo 16 pessoas (incluindo crianças) morreram na noite de 31 de dezembro em Luanda, Angola, antes de começar a “Vigília da Virada – Dia do Fim", por volta das 19h30, da Igreja Universal do Reino de Deus.



As mortes ocorrem por asfixia e pisoteamento. O estádio onde foi realizada a cerimônia tem capacidade máxima para 70 mil pessoas, e compareceram 250 mil. Mais de 120 pessoas ficaram feridas e tiveram de ser hospitalizadas.

As autoridades de Angola estão apurando por que foram abertos apenas dois dos quatro portões do estádio. De acordo com testemunhas, a maioria das mortes foi em consequência de um tumulto em um dos portões.

Ferner Batalha, bispo-adjunto da Universal, disse que o comparecimento de fiéis ao estádio superou as expectativas. Ele afirmou ter informado com antecedência as autoridades sobre a cerimônia e ter pedido ajuda da Cruz Vermelha para acompanhar a vigília, antes, durante e depois de sua realização.

Estádio Nacional da Cidadela Desportiva
Cerca de 250 mil pessoas foram ao
estádio que abriga no máximo 70 mil
No relato da AngolaPress, o bispo não disse que tipo de apoio a Universal está dando ou pretende dar às famílias dos mortos e aos feridos.

Em março de 2011, duas pessoas morreram na inauguração de um templo em Maputo (Moçambique). Dez mil pessoas tentaram entrar em um templo em que cabiam 3 mil, para assistir ao culto celebrado por Edir Macedo, o chefe da Igreja.

Com informação da Angop

Angola suspende Iurd por 60 dias por causa de morte de fiéis
fevereiro de 2013

Fiéis da Universal morrem na abertura de templo em Maputo
março de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...