Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Cristão não pode ter amizade com incrédulo, diz Malafaia

Pastor disse que
 cristãos devem ficar
 longe dos ímpios
Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, escreveu que “cristão não deve ter amizade íntima, profunda, com os incrédulos, para não ter sua comunhão com Deus rompida”.

Por isso, no entendimento do pastor, o cristão deve ter o mínimo contato com o ímpio, somente o necessário, na convivência social e profissional, ou para falar sobre “a salvação em Cristo Jesus”.

No texto com o título “É perigoso para os cristãos terem amizade profunda com incrédulos?”, Malafaia citou o apóstolo Paulo (“Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes” - 1 Coríntios 15.33) para alertar os fiéis sobre os riscos em se aproximar muito de quem não acredita em Deus.

“As pessoas com quem andamos, conversamos e a quem abrimos nosso coração exercem uma forte influência sobre nós”, escreveu no seu site Verdade Gospel.

Malafaia disse que não estava “de maneira alguma fazendo apologia ao isolamento total ou à inimizade com os que não professam a mesma fé que nós”.

Mas não é o que transparece em seu texto, que propaga preconceito ao julgar como perigosas as pessoas de outra fé e as incrédulas, porque praticam “a iniquidade”.

Por isso, logo de início ele recomendou: “Antes de associar-se a alguém e ter amizade com essa pessoa, procure observar como ela se comporta sozinha e em grupo, como ela fala, do que gosta, como age quando está sob pressão. Mesmo que se diga cristã, avalie se ela observa ou não a Palavra de Deus, se tem temor a Ele”.

Com informação do Verdade Gospel.





Atea recebe até 10 denúncias por mês de preconceito
novembro de 2012

Silas e Murdock pedem R$ 1.000 em troca de livro de R$ 96
janeiro de 2013


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...