Icar insinua que candidato da Universal ameaça democracia

cardeal dom Odilo Scherer
Dom Scherer comanda arquidiocese que
 criticou a campanha de Russomanno
A Arquidiocese de São Paulo divulgou nota manifestando preocupação com a eventual eleição de Celso Russomanno a prefeito de São Paulo, porque, insinua, representa uma ameaça à tolerância religiosa e à democracia.

O candidato é do PRB — partido ligado à Igreja Universal — e tem recebido forte apoio da denominação neopentecostal. A sua campanha é coordenada por Marcos Pereira, bispo da Universal e presidente do partido.

Na nota, a Arquidiocese afirma que Pereira, em um texto de 2011 que agora voltou a ser divulgado na internet, demonstra ter ideias “ridículas, confusas e desrespeitosas” em relação aos católicos.

"Se já fomentam discórdia, ataques e ofensas sem o poder, o que esperar se o conquistarem pelo voto? É para pensar", diz a nota da arquidiocese, que é dirigida pelo cardeal dom Odilo Scherer (foto), arcebispo metropolitano de São Paulo.

O texto de Pereira vincula a Igreja Católica ao chamado “kit gay”, que foi uma iniciativa do Ministério da Cultura de uma campanha nas escolas contra a homofobia. Fernando Haddad, ministro da Educação à época e hoje candidato a prefeito de São Paulo pelo PT, teve de abortar a campanha por causa da pressão das lideranças evangélicas.

Pereira associa no texto o kit gay “à política da catequização da Igreja de Roma”. “[Estamos vivendo] dias de absurdos e depravações”, diz. “Dias em que filhos e netos chegam à escola e recebem 'kits' distribuídos pelos próprios professores lhes ensinando como serem gays ou como optarem por serem gays."

Pereira também diz, no texto, que "precisamos salvar o Brasil e torná-lo um país verdadeiramente laico, completamente livre da influência da religião".

bispo Marcos Pereira, da Igreja Universal
Pereira republicou seu
 artigo em maio deste ano
Para a arquidiocese, “não faz sentido e cheira a intolerância atribuir o malfadado ‘kit gay’ e os males da educação no Brasil à Igreja Católica”.

O bispo Pereira (foto) disse à Folha de S.Paulo que o texto foi publicado em “outro contexto” e que agora está sendo divulgado por intermédio de um perfil falso do Twitter. “A quem interessa trazer isso de volta?"

Contudo, o próprio Pereira republicou o texto em 18 de maio deste ano em seu blog “Pensando o Brasil”, hospedado no portal R7, de propriedade do bispo Edir Macedo, o chefe da Universal.

A três semanas das eleições, Russomanno se consolidou como líder nas pesquisas de intenção de votos. De acordo com o Ibope, ele tem a preferência de 35% do eleitorado, seguido pelo tucano José Serra (19%) e por Haddad (15%).


Íntegra do texto do bispo da Universal Marcos Pereira

Estamos vivendo a política da catequização da Igreja de Roma e, por isso, certamente, estamos vivendo os últimos dias. Dias que minha querida avó jamais imaginou viver. Um tempo em que, por anos a fio, os "poderosos de púrpura" de Roma têm controlado a educação em nosso País.

Dias de absurdos e depravações. Dias em que filhos e netos chegam à escola e recebem "kits" distribuídos pelo próprios professores lhes ensinando como serem gays ou como optarem por serem gays. É este o programa "educacional" que o Ministério da Educação planeja adotar nas escolas públicas do nosso Brasil, sem sequer perguntar aos pais se eles concordam ou apoiam a iniciativa.

Simplesmente nos impõem a ditadura das minorias. Isso mesmo: a didatura das minorias!

Estamos vivendo dias em que as minorias impõem à sociedade seus “valores e caprichos”. Não há outra explicação. Obrigar os menores brasileiros a estudarem um suposto material didático que incentiva a prática da homossexualidade e entenderem isso como algo normal, é, sem dúvida, a imposição da ditadura das minorias. Pior que fazem isso com a ilógica tese da política de conscientização contra a homofobia ou contra a discriminação das preferências sexuais.

Imagine seu filho ou sua filha chegando da escola e dizendo, com toda a inocência de uma criança, que decidiu ser homossexual após assistir a um vídeo na escola? Qual seria a sua reação? Você aceitaria essa situação com tranquilidade e de forma normal?

Provavelmente não! Certamente que não!

E pior: o mesmo Ministério da Educação que defende os livros e vídeos em defesa do homossexualismo é também o responsável pelos péssimos índices da educação do nosso País. Você sabia que, no ranking mundial de qualidade da educação da ONU, o Brasil ocupa a vergonhosa 88ª posição, atrás de países como Bolívia, Colômbia e Paraguai?

As autoridades já impuseram a nós, brasileiros, o ensino religioso nas escolas públicas. A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, por exemplo, acabou de votar a criação de 600 cargos para professores de ensino religioso. As contratações custarão aos cofres públicos mais de R$ 15 milhões, dinheiro dos impostos que você, eu e toda a sociedade pagamos rotineiramente.

Agora, tentam nos impor os famigerados "kits gays".

Até quando o Vaticano terá o controle das ações do governo, seja federal, estadual ou municipal?

Até quando o Brasil do século 21 continuará se curvando às "batinas púrpuras" de Roma?

Precisamos salvar o Brasil e torná-lo um país verdadeiramente laico, completamente livre da influência da religião.


Marcos Pereira, advogado, especialista em Direito e Processo Penal pela Universidade Mackenzie, Presidente Nacional do PRB – Partido Republicano Brasileiro

Com informação da Folha de S.Paulo e do blog do bispo Pereira.

Candidato da Igreja Universal diz que defende Estado laico
setembro de 2012

Religião na política.   Religião contra religião.

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só calhorda na universal... Qiie lixo de igreja!

      Excluir
    2. Esta ICAR é uma vergonha e joga conforme a situação.
      Estes bispos e padres na verdade elegeram e introduziram a politica no Brasil, acho que deveriam se lavar primeiro para depois falar dos outros.

      Fui militante PT, PCB.., no inicio dos anos 80 e as reuniões eram dentro da paróquia da fregusia do ó.

      O Lula tinha todo o apoio das elites romans...CALA TE ICARRRR.

      Excluir
    3. concordo com este Bispo da universal....ta uma vergonha e esta igreja católica é uma safadeza do car.....tem que detonar esta igreja safada podre de rica, vendedora da escravidão, que ridiculariza a inteligencia deixando o povo no analfabetismo bando de fdp estes padres ladroes que só afundaram esta nação.

      não tenho religião, mas tenho a história.

      Excluir
    4. O advogado falou alguma mentira? Hadad não quis perveter as crianças mesmo? falar as coisas como são é proibido no governo desse partido dos trabalhadores (faz-me rir)

      Excluir
    5. Anônimos de 14:28, 14:36 e 14:41.

      "Esta ICAR é uma vergonha e joga conforme a situação.
      Estes bispos e padres na verdade elegeram e introduziram a politica no Brasil, acho que deveriam se lavar primeiro para depois falar dos outros.

      Fui militante PT, PCB.., no inicio dos anos 80 e as reuniões eram dentro da paróquia da fregusia do ó."

      Foi a Igreja Católica ou os teólogos da libertação que que criaram o PT?

      O comentário do primeiro anônimo é até hilário!

      Ué, se foram "bispos e padres na verdade elegeram e introduziram a politica no Brasil", como na época do Império e até mesmo no inicio da Republica, não existiam partidos ou defensores do homossexualismo ou de um tal "kit gay"?

      Lula e o PT sempre foram apoiados pelos TEÓLOGOS DA LIBERTAÇÃO. Veja como na época, os bispos fieis a Igreja lutavam contra o PT e os teólogos da libertação dentro da Igreja. Mas como a mídia sempre teve simpatia pelos esquerdistas, os sacerdotes fieis a Igreja foram colocados para escanteio e teólogos da libertação como o comunistinha do Helder Câmara foram - e são - exaltados até hoje pela imprensa esquerdista brasileira.

      Primeiro anônimo, também fui militante esquerdista (tenho 35 anos). Graças a Deus percebi que os teólogos da libertação não são "a voz da Igreja". Eu hoje como anti-esquerdista, sei que a Igreja Católica condena o socialismo (quer que eu coloque os documentos da Igreja mostrando isso?); sei que a Igreja excomunga quem apoiar o aborto ou o homossexualismo e outros pecados.

      Excluir
    6. O PT foi criado no tradicional colégio paulistano de Sacre Coer. Mas os teólogos da libertação azeitaram o partido que perverteu a política destruio as instituições e elegeu um molusco psicopata que elegeu a mentira como norte para todas as suas horrendas e perfidas loucuras.

      Excluir
    7. Anônimo de 18:45, o PT foi criado no Colégio Sion

      http://www.nublog.com.br/exibecompleta.php?codnot=757&pagina=9&mes=10

      Cuidado, pois o endereço do site que lhe passei é de um blog esquerdista.

      O Colégio Sion na época era um dos redutos dos teólogos da libertação em São Paulo.

      Existe uma lenda (não confirmada) que também estavam presentes na fundação do PT o rabino Henry Sobel e até o Edir Macedo. Mas eu acredito que isso seja uma lenda.

      Entre os fundadores do PT estavam vários teólogos da libertação. Eles não chegaram depois. Eles fizeram parte da fundação do partido.

      E, sim, você acertou nesse ponto ao dizer que "os teólogos da libertação azeitaram o partido que perverteu a política destruio as instituições e elegeu um molusco psicopata que elegeu a mentira como norte para todas as suas horrendas e perfidas loucuras."

      Então pergunto outra vez:

      Foi a Igreja Católica ou os teólogos da libertação que que criaram o PT?


      Excluir
    8. Anônimo de 18:45, mal acabei de colocar o meu comentário, e olha só o que achei no blog do Julio Severo, que é protestante:

      http://juliosevero.blogspot.com.br/2012/09/acusacao-ridicula-vaticano-esta-por.html

      Excluir
  2. A vitoria dos idiotas. Este filme retrataria a realidade do nosso infelis pais.Mal sabem o mal que fazem as gerações de nossas pobres crianças e o onus que os adultos pagam diariamente por culpa de suas proprias induções forçadas goela abaixa por estes idiotas que nos comandam.

    ResponderExcluir
  3. É surpreendente parece que cada vez mais em vez de elegermos um representante para representar o povo estamos na verdade elegendo um líder religioso. Isto se da simplesmente porque os políticos se venderam por seus objetivos que é ocupar um cargo público a qualquer custo. Eu acho que religião já saiu e muito do lugar que deveria ser dela e este lugar é o da individualidade de cada um , quem quer fazer parte da religião que viva segundo seus costumes ,seja católico evangélico espírita umbandista candomblécista, mais não eles querem transformar o país naquilo que eles crêem ,ficando acima da própria constituição e acima da própria lei..O envolvimento da política com a religião sempre foi uma coisa muito perigosa para a humanidade. Mais eu vi que o mundo corre perigo graças aos religiosos , hoje eu li hillary clinton condenando o filme sobre a vida de maomé, esquecendo que o ser humano tem o direito de se expressar e que não é porque existe loucos fanáticos em outra parte do mundo que por causa disso deve minar o direito das pessoas se expressar e dizer o que sente o que pensa etc as pessoas sim deveriam ser inteligentes e tolerantes , ela deveria de fazer uma crítica sobre isto e não contra o filme. Pois ela também esquece que eles ou parte deles adoram assassinas cristãos..este mundo religioso me da nojo e na história não trás nenhum exemplo positivo as religiões estão com suas mãos manchadas de sangue ódio desrespeito e segregação.

    ResponderExcluir
  4. Até religiões entendem que religiões no poder (se não for a sua própria) são perigosas e daninhas.:-)

    Se o candidato na frente nas pesquisas fosse fervorosamente católico, apoiado por organizações católicas, o discurso da diocese seria bem outro (já o discurso das lideranças evangélicas exatamente esse acima, claro).

    O que queremos, justamente o que queremos, é que nenhum dos dois (ou qualquer outra superstição religiosa) se torne hegemônico, queremos um estado laico, o único que pode garantir liberdade religiosa e de descrença se assim se desejar.

    Ainda tenho esperanças que a população entenda isso e não eleja o Russomano (sou um eterno otimista.:-).

    Cogita Tibi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cogita Tibi

      Veja bem, não sou contra religiosos na Política; sou contra religião na Política.

      Os religiosos podem entrar para a Política. Sem problema.

      O problema está quando ao invés de fazerem política na Política eles praticam suas religiões na Política.

      Esse é que é o detalhe.

      Excluir
    2. Verdade.

      A igreja romana é uma vergonha, esta sem poder, ela é outra que fez isto no Brasil.

      Excluir
  5. Parece-me que o distinto bispo, Marcos Pereira, ou não sabe o que fala ou quer induzir os leitores ao erro. Primeiro temos o uso do vocábulo “homossexualismo”. É irritante como certos grupos religiosos insistem em uma idéia que não condiz mais com a realidade. Houve um tempo em que havia uma doença chamada homossexualismo, assim como, houve um tempo em que canhotos - tais como os homossexuais - eram considerados inadequados à sociedade. Tanto um quanto o outro eram forçados a deixarem de ser o que sempre foram desde o nascimento. Os canhotos foram deixados em paz e o “homossexualismo”, há mais de vinte anos, deixou de ser uma doença.

    A homossexualidade – é este o termo correto – não é e nunca foi uma opção. Não se opta em ser homossexual. Da mesma maneira, não se opta em ser canhoto, negro ou anão. Ninguém pode ser incentivado ou ensinado a ser homossexual, portanto, as crianças que receberem informações sobre essa realidade não serão transformadas em tais. Se assim fosse, deveríamos evitar que crianças assistam desenhos violentos, como Tom e Jerry ou Pica-pau. A questão da homossexualidade pode ser discutida, mas, deve ser respeitada; e a discussão deve ser em outros termos.

    Vivemos numa democracia, mas, isso não significa que a maioria deva esmagar a minoria. A voz da minoria, também, deve ser ouvida e considerada. Ditadura da minoria é um termo que me faz recordar o passado. Lembro-me de ter estudado nos livros de história que os cristãos já foram uma minoria e que os evangélicos, também. E como se deu o crescimento dessa minoria? Não teria sido impondo os seus “valores e caprichos” através da espada e do fogo?

    Causa-me estranheza a preocupação do eminente bispo sobre a qualidade da nossa educação. Por acaso, esqueceu-se ele que o Mackenzie ensina em suas instituições o Criacionismo? Esqueceu-se o bispo que, além do Mackenzie, há outras instituições de ensino que teimam em induzir os seus estudantes ao erro ensinando Criacionismo como se Ciência fosse? Uma Terra de seis mil anos, seres-humanos vivendo junto a dinossauros, a negação da evolução das espécies. São nesses termos que elevaremos o nível da educação desse país?

    É paradoxal a preocupação do bispo em relação ao Estado laico. Não há dúvida que a Igreja Católica não é um exemplo de respeito quando o assunto é a laicidade do Estado. O acordo firmado entre a Santa Sé e o populista Lula evidencia essa falta de respeito. Mas, o que dizer do comportamento de alguns evangélicos na Política? Impor leis que obriguem a leitura da bíblia e a reza; isentar igrejas da lei do silêncio; roubar ruas quando da expansão dos seus templos; utilizar recursos técnicos e administrativos destinados a divulgação da prática parlamentar para a gravação de cultos evangélicos; tudo isso não configura um atentado ao Estado laico?

    A Arquidiocese paulista tem razão em temer que a democracia e o diálogo interreligioso estejam ameaçados com a eleição de um prefeito que representa um segmento evangélico tão pobre de valores e tão rico em ganâncias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria bom se fosse verdade. Mas o jogo da igreja é para evitar a perda de poder e influência na cena política. Se o candidato fosse um católico fervoroso apoiado pelo bispo, não falariam em "manter o estado laico". Devo dizer que a icar esteve à margem da política por muito tempo porque julgava consolidada sua influência. Agora quer mostrar as garras novamente.
      A questão não é e nem nunca foi sobre religião. Os chefes da treta acreditam no zuis tanto quanto eu - um ateu radical - mas usam o disfarce para atingir o que realmente interessa: os cofres públicos.

      Excluir
    2. chatismo ou chatidade?16 de setembro de 2012 04:50

      A gente tem que ter muita paciência pra continuar ouvindo essa ladainha gayzista, ad infinitum, de que "o certo" é "homossexualidade" e não "homossexualismo"...

      Excluir
    3. essas malafaietes já torraram a paciencia com essa ladainha anti-gay.

      Excluir
    4. chatismo ou chatidade?: "16 de setembro de 2012 04:50
      A gente tem que ter muita paciência pra continuar ouvindo essa ladainha gayzista, ad infinitum..."


      Puxa, de todo, excelente, texto do Willian, o que incomodou você foi isso?:-)

      Já tivemos melhores trolls neste blog, a qualidade está caindo.:-)

      Cogita Titi

      Excluir
    5. não se faz mais troll como antigamente.

      Saudações Vampirícas ,Morrigan XD!

      Excluir
  6. Cogita Tibi

    Me desculpe por jogar areia em seu otimismo, mas é certo que o povo não irá entender isso e elegerá Russomano para prefeito...

    Winston Smith

    ResponderExcluir

  7. Voto em Russomano, pois é único que não tolera o PT que junto com Hadad como ministro da educação quer transformar as nossas crianças sexualmente. Conheço o pT, esse partido juntamente com a Igreja Comunista Católica são tarados por jovens e crianças para implantar a tal revolução.

    ResponderExcluir
  8. Não existe Igreja Católica Comunista. Existem sacerdotes comunistas inféis a Roma.

    A doutrina da Igreja Católica condena o comunismo. Sempre condenou.

    Mas o Senhor Jesus disse: "Ai do mundo por causa dos escândalos! Porque é necessário que sucedam escândalos; mas ai daquele homem pelo qual vem o escândalo!"

    Se o Senhor Jesus diz que os escândalos são inevitáveis estão errados aqueles que pretendem fundar "igrejas” “sem pecadores.”

    Se Jesus antecipa a sentença daqueles que causam escândalos, então não precisamos de Luteros ou Calvinos e nem precisamos de "juízes" que não sabem fazer a distinção entre a doutrina da Igreja e as efetivas práticas dos homens.

    Uma coisa é o que a Igreja sempre ensinou e ela não muda jamais. Outra coisa é os homens deixam de fazer sabendo que deveriam fazer e o que fazem sabendo que não deveriam.

    A Igreja é feita por homens e estes não receberam de DEUS o dom da impecabilidade. Os erros cometidos pelos católicos são comuns a todo e qualquer homem independentemente de religião ou vertente religiosa.

    A Igreja recebeu o dom da infalibilidade. Ou seja, não comete erros em matéria de fé e doutrina. E não comete erros sobre ensinamentos morais, ainda que seus filhos sejam imorais ou amorais.

    O mesmo se dá com o Santo Padre. Simão comete erros. Simão é pecador e inclusive se confessa. Mas Pedro quando se pronuncia em matéria de fé e doutrina não comete erros.

    E por que creio ?

    Porque o Senhor Jesus disse: "Pedro, confirma teus irmãos na fé." E depois disse: "As portas do inferno não prevalecerão contra minha igreja."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igreja imfalivel? É pra rir né

      Excluir
    2. Tu sabes o que é comunismo? Socialismo? Facismo? Primeiro aprenda o que são esses regimes sociais, depois comente.

      Excluir
  9. Pimenta no "fiofó" dos outros é refresco. Quando a ICAR era a toda poderosa neste mísero país ela fazia o que queria, inclusive PERSEGUIR OUTRAS RELIGIÕES. Agora que está em desvantagem e já vislumbra um futuro sombrio, quiçá sentindo na pele O QUE FEZ OS OUTROS PASSAREM, vem falar bonito, em democracia e tolerância religiosa (coisa que ela, ICAR, nunca teve). Caras de pau!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo de 15:18, os protestantes nos países onde eram maioria, também perseguia os católicos e membros de outras religiões.

      Afinal não foi nos Estados Unidos (país de maioria protestante) que foi criado a WASP (White, Anglo-Saxon and Protestan), sigla que em inglês significa "Branco, Anglo-Saxão e Protestante" e a Ku Klux Klan: Duas Instituições racistas protestantes que perseguiam negros, judeus e católicos?

      Excluir
  10. Não comete erros em matéria de fé e doutrina.
    Ok! A santissima inquisição foi a perfeição de deus entre os homens né?
    Larga de ser idiota filhota.

    ResponderExcluir
  11. Aí Paulo:

    -Dom Sherer (foto)
    -dom Odilo Scherer (texto)

    Algum dos dois está errado. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço a observação. O correto é Scherer. Abs.

      Excluir
  12. Interessante a reação seletiva de certos católicos.

    Não admitem ser criticados por evangélicos, mas se calam diante de ataques de militantes gays, comunistas, ateístas & bando.

    Estes podem deitar e rolar, esculhambar a Igreja Católica (e a sociedade) à vontade. E não vemos um bispo dando um pio.

    ResponderExcluir
  13. É uma vergonha a quantidade de igrejas no Brasil, Sou a favor de uma tributação pesada para todas, isso forçaria 80% a desaparecer, aliás se for ler a merda da biblia não necessitaria de igreja já que o próprio Jesus disse "Quando orardes faça no intimo de seu quarto" Montar leis para que as igrejas façam apenas o que é sua funçaõ.

    ResponderExcluir
  14. _Já houve casos em que as atitudes, se pautaram sim, nas influências do meio: através de jogos ou filmes, por exemplo; isso ocorreu recentemente! _É uma pena que as pessoas esqueçam tão rapidamente das informações desta envergadura, para se aterem somente ao que lhes interessa, seja pelo motivo que for.

    ResponderExcluir
  15. só faltava essa agora a igreja católica querendo mandar em quem vai ou quem não se eleger . acho que deveria se preocupar com os padres que estão estuprando milhares de crianças e o pior a maioria deles sendo acorbetado . por ex: O arcebispo Estanislao Esteban Karlic, ex-responsável pela Província de Entre Ríos, no nordeste da Argentina, permitiu que o padre Justo José Ilarraz esse pedófilo o padre violentou pelos menos 50 adolescentes de 12 a 14 anos entre 1984 a 1992 e ainda foi acobertado pela igreja . o problema é que a igreja esta nervosinha porque esta perdendo espaço para as denominações evangélicas apesar de eu achar que tem muitos pastores que deveriam ser presos , mais essa é a verdade é preocupação .

    ResponderExcluir
  16. VOTAR EM RUSSOMANNO DO PRB DO SECTÁRIO-ABORTISTA EDIR MACEDO ARQUIINIMIGO DA IGREJA OU PT É O " CATÓLICO IR AO CARTÓRIO E PASSAR PROCURAÇÃO PARA SATANÁS AGIR EM SEU NOME"
    Isso mesmo; será demonstração explícita de descompromisso com Jesus e sua Igreja, grave pecado de apostasia, de votar em partido do naipe do PRB, de propriedade do sectario-abortista Edir Macedo da Igreja Universal, cujos comprtamentos à sua pessoa e como suposto religioso são extensamente conhecidos por inúmeras denúncias.
    Será também dar forças ao combalido PT, sobre que dispensam-se desconsiderações pois os fatos têem evidenciado a que veio, idem feroz adversário de Jesus e sua Igreja e de toda ética-moral cristã; até mesmo um cristão de igrejas paralelas à católica deveria considerar em não votar em no PRB e no PT, pois são de ideologias totalmente contrárias aos mínimos princípios cristãos, simpatizam-se um com outro à base de "meu inimigo me ajuda contra meu inimigo", prova-o o conhecido casuísmo Lula-Maluf e a suposta amizade de Edir Macedo com Lula e Dilma Também ambos partidos têem em suas agendas oficiais a aprovação do aborto; essa tática do Edir e do PT é de dividir os católicos mal informados ou deformados contra a Igreja com calúnias é normal, pois a mentiras entre eles é oficial, quando se pronunciam precisamos medir a extensão e as armadilhas embutidas; o pai deles o satanista Marx diz: nada há de absoluto, definitivo ou sagrado. Tudo que nos repassam é fruto de laboratorio de engenharia social para domesticar as mentes, e seus pronunciamentos têem sempre armadilhas camufladas por detrás.

    A questão dos kits gays, aprovação e distribuição são ações de seu promotor, o diabólico-comunista PT-Haddad que usa o esquema: dividir para apresar, ou seja, para vencer seus adversário joga uns contra os outros, e totalmente se batendo entre si, velha e manjada tática comunista de dominar. O PRB do Edir Macedo-Russomanno compartilha, parecendo que um ou outro vencendo dará no mesmo.

    E v. duvidaria que o sectário-abortista Edir Macedo da Igreja Universal para vencer não apele a qualquer método? Ele é um ateu enrolado nas capas da bíblia.

    É o estilo do Lula: alheio a todas as acusações: cara de pau, sorridente, não sabia de nada, não viu nada e assinou os documentos sem os ler... O Valério parece que se dispõe a soltar os cachorros...
    A não ser que o católico tenha se alienado à fé, por ex., como um membro da esquerdo-comunista Teologia da Libertação e já dominado pelo "Marxismo Cultural"; aí sim, terá perdido a fé, conspurcado seu batismo, preferindo servir os interesses pessoais ao Reino de Deus e incluindo-se no título acima, aquele que dá voto de confiança ao diabo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário