Edir escreve que religiões têm se aproveitado da fé como negócio

Fé como negócio
Blog do Edir usou está figura para
ilustrar texto sobre exploração da fé
 
O bispo Edir Macedo publicou em seu blog um texto destacando que “as religiões têm se aproveitado da fé natural como um bom negócio”.

“Essa é a razão de milhares de religiões, milhões de deuses e bilhões de religiosos.”

É um tanto inesperado o chefe da Igreja Universal afirmar tal coisa, porque ele afinal é apontado como um dos religiosos que mais fez fortuna se aproveitando da fé dos pobres.

Macedo diferencia a “fé natural” da “fé sobrenatural”.

A fé natural, segundo ele, todos têm, até ateus (sem que eles saibam), porque é intrínseca, "vem do berço".

É essa fé que combina com religião, escreveu. “É impossível viver sem ela, [por que] quem trabalha sem a certeza de receber seu salário?”

A fé sobrenatural, diz o texto, “vem do alto”, “é dom de Deus aos humildes de espírito”, “é o único canal direito com Deus, sem intermediários”, “é o único canal direto com Deus, sem intermediários”.

O texto afirma que é essa fé, a transcendental, que a Universal tem adotado. Fé que “estreita o relacionamento da criatura com o Criador, sem intermediários”.

Se é assim, então está certa a frase que circula na internet segundo a qual, se Deus é o caminho, Edir é o pedágio.

Íntegra do texto publicado no blog de Edir

Fé e religião não combinam.

Não combinam quando se trata da fé sobrenatural.

Como os céus são mais altos do que a Terra, assim é a fé sobrenatural em relação à religião.

Mas se tratarmos de fé natural, então a fé anda de mãos dadas com a religião.

Quando o ateu ignora a fé, na realidade, e inconscientemente, fala da fé sobrenatural.

Nesse caso, tem toda a razão.

Mas tratando-se de fé natural, todos têm. Inclusive o mais cético.

É impossível viver sem ela, já vem de berço.

Quem trabalha sem a certeza de receber seu salário?

Quem semeia sem a certeza de colher seus frutos?

Quem estuda sem a certeza de um futuro melhor?

Essa certeza é a fé natural, inerente à natureza humana.

As religiões têm se aproveitado da fé natural como um bom negócio.

Essa é a razão de milhares de religiões, milhões de deuses e bilhões de religiosos.

E o pior, ninguém se entende.

Se fossem de Deus, não separariam as pessoas e não promoveriam o preconceito.

Ao contrário da fé natural, que vem de berço, a fé sobrenatural vem do Alto.

É dom de Deus aos humildes de espírito.

Está infinitamente acima da natural.

É o único canal direto com Deus, sem intermediários.

Como Escola da Fé, a IURD tem ensinado esse tipo de fé...

Que estreita o relacionamento da criatura com o Criador, sem intermediários;

Que materializa os sonhos de quem a possui;

Que transforma o ser cruel, nocivo à sociedade, numa criatura do bem;

Que restaura as feridas físicas e espirituais dos que creem;

Que "faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor". Isaías 40.29

Que promove qualidade de vida diferenciada dos que não creem.

A fé sobrenatural livra o ser humano das imposições religiosas, de sofismas e de tudo o mais que engessa a capacidade de raciocinar para fazer a melhor escolha.

Livra dos enganos do coração, dos sentimentos fúteis e vãos, que têm escravizado a mente humana.

Enfim, a fé sobrenatural traz de volta a imagem e semelhança do Altíssimo, já que através dela o Espírito da Criação opera.

"E então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não O serve." Malaquias 3.18






Com transcrição do blog do Edir Macedo.

Fortuna de Edir Macedo seria de no mínimo US$ 2 bilhões
agosto de 2009

Exploração em nome de Jesus


Comentários

  1. Ele escreve em aforismos? O cara é muito "LIKE A BOSS"

    ResponderExcluir
  2. edir e um grandessisimo..............ta cheio de otario pagando pau pra ele............ele divulgar e semeia a ignorancia.................ela gosta mesmo e de DINHEIROOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  3. Se eu ganhasse 1 real por cada ironia envolvendo o Macedinho, hoje eu estaria rico.

    ResponderExcluir
  4. Criticar atos ilícitos que você mesmo comete em rede pública: Hipocrisia level 99

    ResponderExcluir
  5. E os vídeos dele tirando sarro pegando o dinheiro com uma cara muito esquisita parecendo até um drogado noiado num céu cheinho de droga, o Edir rouba maiscedo, ficou bilionario vendendo livrinhos foi ha.ha.ha.ha

    ResponderExcluir
  6. Uau um texto inteiro e nem tocou no nome da estrela pop do cristianismo.....kakakakakaka

    ResponderExcluir
  7. Bispo macedo, dando uma de capitão obvio

    ResponderExcluir
  8. Edir Macedo faz como ninguém o koo sentir inveja da boca pelas coisas que saem dela...

    ResponderExcluir
  9. Eu queria ver o que a fé "inteligente" dele faria se as pessoas parasse de dar dizimo a ele e se a fé inteligente dele já fez um membro amputado voltar inteirinho....FALACIA DETECTED

    ResponderExcluir
  10. Até ele vende martelo, e fica dizendo essas bobagens? ah vá

    valdemiro santiago é sua cria.

    ResponderExcluir
  11. Fácil convencer os otários que frequentam os templos dele e deixam o suado dinheirinho no altar, jogando esse discurso invertido para os patetas, que engolem qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  12. Quanta abobrinha. É isso que dá um homem que nada lê querer escrever.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fé que ele chama de "natural" não é fé... É um julgamento baseado em uma observação empírica. Há um risco envolvido em trabalhar e possivelmente não receber, mas a sociedade tem seus costumes e regras que dão segurança necessária de que seu trabalho será recomeçado.

      Realmente, falou muita bobagem.

      Excluir
  13. O lançamento da biografia de Edir Macedo em Goiânia, na noite de quinta-feira (20), foi até agora o de maior sucesso no País. Em quatro horas, foram vendidas 10.550 cópias do livro Nada a Perder. A quantidade é três vezes mais, por exemplo, do que o resultado de sete dias de vendas do livro A Queda, de Diogo Mainardi — segunda obra de não ficção mais vendida do Brasil.

    O diretor-comercial da Editora Planeta, responsável pela publicação do livro, Denis Barros, esteve no evento. Ele revela que, em agosto, quando o livro foi lançado em São Paulo, a expectativa de tiragem era de 30 mil exemplares. Um mês depois, esse número já quintuplicou.

    — Já estamos nos 150 mil exemplares vendidos e, até dezembro, devemos chegar nos 200 mil.

    Cerca de 15 mil pessoas prestigiaram o evento na livraria Fnac, do Shopping Flamboyant, na capital goiana. A fila de interessados em adquirir um exemplar ultrapassou os limites da loja, enchendo os corredores do shopping, e se estendeu até o lado de fora do centro de compras. Todos buscavam um autógrafo do coautor da obra, Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Rede Record, e do líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Goiás, bispo Odivan Pagnacelli.

    Segundo Pagnacelli, Edir Macedo tem sido um exemplo, no Brasil e no mundo, pelas mudanças que opera nos lugares por onde passa.

    — Quem ler essa obra vai encontrar a receita para vencer suas lutas particulares, superar barreiras, perseverar e não retroceder.

    Lançamento da biografia de Edir Macedo é o maior da história de Mato Grosso do Sul

    Em apenas cinco horas, 10.400 livros são vendidos em Porto Alegre

    A fila de autógrafos começou a se formar às 17h, duas horas antes do início da sessão. Primeira da fila, a costureira Daniele de Lima não controlou a ansiedade e começou a leitura do livro ali mesmo.

    — Acredito que minha vida melhorará depois que ler as palavras desse homem que é um exemplo pra mim.

    Para o diretor-executivo da Record Goiás, Luciano Ribeiro Neto, a obra responde a uma expectativa mundial em conhecer como Edir Macedo superou as dificuldades e alcançou tantas vitórias.

    — O segredo dele nos faz acreditar que podemos ir além dos nossos sonhos e desejos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A manada vai engordar ainda mais o cofrinho do edir rouba maiscedo,

      Excluir
    2. Argumentos iguais aos desse Marcos Crecchi me fazem ter cada vez mais orgulho de ser ateu !

      Excluir
    3. Argumento?, ele só copiou um texto e colou aqui varias vezes, nem pra argumentar serve.

      Excluir
    4. Marcos Grecchi.
      90 % dos que adquiririam a obra (???), são analfabetos religiosos, provavelmente nunca irão ler, assim como nunca leem a própria bíblia e citam o que o pastor falou em um culto qualquer.
      O livro mais vendido no mundo, segundo consta, é a bíblia, porém poucos sabem o que está escrito nela.
      Os números que você alegremente estampou, como vitoria, apenas mostra o quanto o Pedir Maiscedo, vai ficar mais rico. Fail.
      Pqdrocha.

      Excluir
    5. Este homem tem o sucesso literario porque esta escudado na hipotetica sociedade com o divino imaginario, que mora na cabeça dos incautos que compram o livro por medo e por ignobia espera de obter vantagens atraves de um ato de puxa-saquismo disfarçado de louvor.

      Excluir
  14. Edir quer enganar trouxas sozinho.

    ResponderExcluir
  15. Minha TARDIS já foi reparada, vou voltar para Gallifrey.

    Nappa: Por favor, diga qual é o nível de hipocrisia do Edir Macedo?

    Vegeta *quebra o scouter*: È de MAIS DE OITO MIL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais fácil o Scouter quebrar antes de medir qualquer coisa.

      Excluir
  16. a história se repete com panos de fundo diferentes.


    o sacerdote manipulador e explorador.



    mais do mesmo. Próxima.

    ResponderExcluir
  17. Eu pensei que ele iria citar o malaquias 3:10 no final...

    ResponderExcluir
  18. É isso ai Edir, "ou dá ou desce!".

    ResponderExcluir
  19. Como dizia o "Velho Guerreiro", "-Eu não vim para explicar, mas para confundir" - e isso o tal "bispo"(?) faz muito bem. Joga uma cortina de fumaça pra sair de fininho.

    ResponderExcluir
  20. deixa eu ver se eu entendi: o pedir macedo está fazendo uma confissão?

    ResponderExcluir

Postar um comentário