Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

domingo, 20 de maio de 2012

Marcha para Jesus no Rio contou com verba de R$ 2,48 milhões

A prefeitura do Rio de Janeiro liberou R$ 2,48 milhões para a realização ontem (sábado, 19) da Marcha para Jesus, que reuniu cerca de 300 mil evangélicos de diferentes denominações. Foi a primeira vez que o evento no Rio contou com verba oficial e apoio institucional da Rede Globo.

O dinheiro foi aprovado para a montagem de palco, sistema de som e decoração. O pastor Silas Malafaia, um dos responsáveis pela organização da marcha, disse que vai devolver R$ 410 mil porque o encontro teve também o apoio de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

“O povo de Deus é correto”, disse. “Quero ver a parada gay devolver algum dinheiro de evento.”

Pela Constituição, que determina a laicidade do Estado, a prefeitura não pode conceder verba à atividade religiosa. Mas o prefeito Eduardo Paes (PMDB), que compareceu à abertura da marcha, disse que o seu papel é apoiar todos os eventos, como os evangélicos e católicos e a parada gay.

A marcha começou às 14h e contou com sete trios elétricos, que partiram da Central do Brasil rumo à Cinelândia. Na multidão havia faixas com dizeres contra o projeto de lei que criminaliza a homofobia.

“Os evangélicos podem criticar a conduta dos homossexuais  porque a Constituição garante liberdade de expressão”, disse Malafaia. “Não discriminamos os homossexuais, mas condenamos o homossexualismo.”

O Jornal Nacional noticiou a marcha, dando destaque a Malafaia.

Com informação de O Globo.

TJ impede que cidade paulista gaste dinheiro com Marcha para Jesus.
março de 2012

Marcha para Jesus.     Religião no Estado laico.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...