Brasileiros discutem na internet criação de um partido islâmico

Na bandeira de um Brasil
 islâmico não haveria lugar
 para "ordem e progresso" 
O blog da SIM (Sociedade Islâmica do Maranhão) revela estar havendo entre as comunidades de muçulmanos um debate para a criação do PIB (Partido Islâmico Brasileiro). No blog há, inclusive, o que seria a bandeira de um Brasil de Maomé: uma lua crescente com uma estrela (símbolo do Islã) no lugar da inscrição positivista “ordem e progresso” e do Cruzeiro do Sul (que pode ser tomado como uma referência ao cristianismo).

O autor do post que apresentou uma proposta para a doutrina do partido se manteve no anonimato, identificando com o nome da sociedade, embora em alguns trechos escreva na primeira pessoa. É de se supor que seja um diretor da SIM.

Ele afirmou que o lema do PIB é "Islã, Propriedade e Família". O que lembra a TFP (Tradição, Família e Propriedade), uma organização católica de ultradireita.

O autor do post, contudo, ressaltou que o PIB vai combater “as doutrinas socialista e fascista”. “Queremos apresentar uma alternativa concreta ao povo brasileiro, a qual não é capitalista, nem comunista, não é liberal nem socialista, mas é única e exclusivamente ISLÂMICA”, escreveu.

O autor reconheceu que ainda é cedo para iniciar uma campanha para o recolhimento das 450 mil assinaturas para a criação do partido, conforme exige da legislação. Por isso, o “momento é para a construção [informal] de diretórios municipais e estaduais e depois o diretório nacional”.

Ele sugeriu colocar o nome do partido em “banho-maria”, de modo que possa ser mudado, se preciso, para torná-lo mais digerível, conforme ficou subentendido no blog.

Disse que o partido islâmico vai ter de enfrentar uma grande oposição porque “o Islã propõe uma total inversão da maioria dos valores cultuados pela sociedade brasileira”.

Como exemplos, mencionou que o islamismo não admite a cobrança de juros e a comercialização de bebidas alcoólicas. Por isso, disse, bancos e setor de bebidas estão entre os principais “inimigos” do Islã.

Ele reconheceu que, se fosse criado agora, o partido islâmico não teria condições de enfrentar os conflitos desencadeados pela sua proposta de “inversão dos valores” dos brasileiros.

Escreveu que a estratégia agora é a de “acúmulo de forças”, o que inclui, já nas próximas eleições, apoiar candidatos a vereador e a prefeito de partidos que “sejam aprovados pelo movimento [dos muçulmanos]”.

O autor revelou que se tornou muçulmano há dois anos e que participou da criação em 2005 do PSOL, partido que, segundo ele, se desviou de seus objetivos.

“Quando me reverti ao Islã, abandonei esta militância por acreditar que não há alternativa para o futuro da humanidade nas propostas defendidas por socialistas, capitalistas, fascistas, comunistas e outros istas”, disse. "O futuro e a libertação da barbárie passam, inequivocamente, PELO ISLÃ!”

Não há dados oficiais sobre quantos brasileiros são muçulmanos. A estimativa de suas lideranças varia muito, vai de 200 mil a mais de um 1 milhão de fiéis.





Com informação do blog da Sociedade Islâmica do Maranhão.


Muçulmano brasileiro afirma: 'Mundo precisa de apedrejamento'.
julho de 2011

Comentários

  1. Eu como muçulmana, tenho medo de partido fundamentalistas islamicos tomem partido... pois eles são uma ameça até para os proprios muçulmanos que não concordam com seu secularismo ultrapassado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conte aí pra gente como é ser mulher muçulmana,pls. O que as não muçulmandas são, fazem e podem que as muçulmanas não podem ¬¬?

      Excluir
    2. As mulheres, principalmente, é que estão mais ferradas,vão tem que ficar usando burga o dia todo,fora se a mulher mostrar só o dedão do pé é 50 chibatadas em praça pública,DIGA NÃO AO ISLÂ.

      FelipeeH

      Excluir
    3. eu sumo deste pais...já pensou isto aqui nas mãos desta religião violenta? IRÃ...IRÃ...IRAQUE...ATRASO.

      FORA ISLAMISMO, JAMIS O BRASIL VAI TE ACEITAR.

      Excluir
    4. temos que fazer igual eles fazem com os cristãos no oriente... vamos decapitar todos esses porcos infiéis que querem criar partido em nossa pátria amada e LAICA!

      Excluir
    5. É por isso que o estado tem que ser LAICO,neutro em relação a qualquer tipo de religião.No Brasil, existem de vários tipos, se o estado não for laico vai virar bagunça.É por isso que os cristãos também deveriam lutar por essa causa,isso é democracia,honestidade intelectual e liberdade.

      FelipeeH

      Excluir
    6. Apóio a criação do Partido Islâmico.

      Os gays e ateus, por exemplo, já têm seus partidos de estimação (PT, PSOL, PSTU e outras titicas).

      Temos de dar voz a outras minorias.

      Excluir
    7. Bando de fdp. Não tem mais o que fazer?? que fazer terrorismo vão pro paquistão.

      Excluir
  2. Que legal! Já estava ficando chato aqui tendo somente enchentes. Agora haverá um pouco de emoção, com homens-bombas e intolerância religiosa e civil! YAY! E que bela ideologia, beneficiando somente os próprios interesses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo! bela ideologia! como todos os partidos, atendendo os próprios interesses. E o cara, muçulmano a só 2 anos e já criando partido? hahahaha. Tá achando que é igual partido político, q rola ficar trocando toda hora. Islã em nosso país? Sim, mais desde que sem seu radicalismo e machismo abomináveis. Com eles, pode ficar lá pras Arábias mesmo que não me importo.

      Excluir
    2. "O futuro e a libertação da barbárie passam, inequivocamente, PELO ISLÃ!"

      Eu ri nesse trecho.

      Excluir
  3. Eles são organizados.
    Todo sistema dogmático é muito bem organizado e motivado.
    Enquanto isso os defensores da democracia e do estado laico dormem no ponto.
    Estavam tentando criar um partido laico-humanista mas foi tomado por fascistas.
    Agora é "rezar" pra que pessoas democráticas e racionais venham a se organizar para que defendamos esses valores nessa tormenta que se aproxima.

    ResponderExcluir
  4. O Estado laico brasileiro encontra-se sob ameaça desses grupos fundamentalistas que iludem a massa inculta e incauta com seus discursos mentirosos e de ódio.
    Os radicais religiosos dizem que lutam pela liberdade religiosa e pela cidadania, mas na verdade querem instalar um Estado confessional cristianista, ou seja, uma ditadura tipo Irã, para impor à toda a sociedade seus padrões morais e de comportamento. É puro fascismo religioso.

    ResponderExcluir
  5. "Maravilha"! Mais opressão e limitação de liberdades! (tanto religiosa, como mental, de escolha, de expressão, etc.)
    CADÊ O ESTADO LAICO?

    Absurdo... Em pleno séc. XXI pessoas ainda creem em coisas absurdas e tiranas como o Islamismo. E o mesmo conta para as religiões Cristãs, sempre querendo impor algo... Fala sério.

    ResponderExcluir
  6. Pronto, fudeu!
    Agora que o cristianismo não queima ou tortura mais as pessoas eles querem inventar partido islâmico no Brasil? Vamos voltar a era das matanças e das guerras santas?
    Por favor ne, espero sinceramente que esse post seja uma piada.

    ResponderExcluir
  7. SEMPRE SE ESGUEIRANDO PELAS ''SOMBRAS'' AS CORRENTES DA MÃO DIREITA, VÃO SE INSTALANDO ONDE PODEM (E ATÉ TENTANDO ONDE NÃO DEVEM!) SUPRIMIR A INDIVIDUALIDADE, O LIVRE PENSAMENTO... E POR AI SEGUE! COMO SE NÃO BASTASSE A BANCADA EVANGÉLICA PERIGOSAMENTE INFILTRADA NO CONGRESSO. AGORA SURGE O ISLAMISMO COM INTENÇÃO DE CRIAR UM PARTIDO POLÍTICO. PARA DITAR REGRAS DE CONDUTA... E RELIGIÃO PARA O POVO BRASILEIRO. É PRECISO ESTAR ATENTO A TODAS ESSAS INCURSÕES RELIGIOSAS QUE VISAM OBLITERAR O DIREITO DE TER UMA CRENÇA OU NÃO! E PRINCIPALMENTE AO LIVRE PENSAR...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atenção: o blog deleta texto escrito só com letras maiúsculas.

      Excluir
    2. então pq não deletou ainda? pq ele está ligando a direita a isso? aí pode né...

      Excluir
    3. Mano, não fala bosta.
      * Não quis dizer que você é um bosta, e sim este comentário.

      Excluir
    4. Texto em maiúsculas equivale a gritar...

      Além horrível...
      Dificulta a leitura...

      Um grito chama a atenção...
      Todos gritando vira uma confusão...

      Excluir
  8. Não é que os defensores da democracia e do estado laico dormem no ponto. É que não há benefício quando o ouro é dividido para todos. Não é preciso ser um gênio pra sacar que essas caras tão usando (e distorcendo) a religião islâmica para beneficiar o próprio rabo, já que não têm competência ou autoestima para lutar e ganharem a vida por eles mesmos. É mais fácil unir os losers e tentar manipular os que possuem baixa autoestima, como mulheres, negros, deficientes, etc. O que quero dizer é que uma mulher, por exemplo, que é fraca e ACHA que irá encontrar proteção a alguém que a aliena dizendo que dentro de uma família ela se tornaria a rainha da sucata, ela irá acreditar (se ela sofre no capitalismo, por que não tentar?). E quando menos esperar, estará dentro, com correntes, igual a como fazem com mulheres que as chamam para trabalhar na Europa como "modelos". E pior é que elas realmente acreditam no papo dos caras, pois a visão distorcida que têm de si mesmas a fazem correr o risco.
    E também há a possibilidade de serem homens com problema de ereção, pois sendo islâmico, ele teria a total garantia de ter uma mulher pra vida toda (sem sofrer ansiedade e insegurança com infidelidade. E se caso ocorrer, poderá descontar toda sua fúria, sem sofrer consequências pela justiça. E claro, nós poderíamos tb trair e sem dar satisfação à mulher, diretamente. E podemos estuprar sem sofrer alguma punição. Que coisa melhor que isso, minha gente?).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...é que uma mulher, por exemplo, que é fraca..." hahahahahahaha vem conhecer meu trêsoitão baby p vc ver quem é fraco aqui.

      Excluir
    2. Perdão, milady. Interpretei-me errado. Estava supondo casos de tráfico de mulheres que ocorrem na nossa sociedade, em visão de acreditarem ter conseguido emprego no exterior ou seguir carreira de modelo. Em outras palavaras, a rede de exploração sexual, que é um dos maiores focos da polícia federal brasileira. E me referia a situação psicológica dessas mulheres, que se encontram num momento frágil de suas vidas (emprego e ou autoestima). E assim, são manipuladas até morrerem ou conseguirem fugir.

      Excluir
  9. Depois que eles esculhambarem com a Europa, vai ser a nossa vez. A nova bandeira já indica qual é exatamente a intenção deles. Não existe nada pior que fundamentalistas islâmicos. Perto deles, os fundamentalistas cristãos são moças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Perto deles, os fundamentalistas cristãos são moças." e isso quer dizer oq? que são melhores? ou q s ineficientes? Nem blog humanista secularista escapa do machismo...

      Excluir
    2. "Perto deles, os fundamentalistas cristãos são moças." Significa que são frágeis e delicados, seu idiota. Não tem conotação machista no meu comentário, só na sua cabeça.

      Excluir
    3. A intenção de Wickedman não foi ruim, mas veja se não ficaria melhor (e até mais radical): "Perto deles, os fundamentalistas cristãos são agnósticos".

      Excluir
    4. wikckedman, ligar mulheres com caracteristicas como fragilidade e delicadeza eh sim machista. Ha mulheres frageis e delicadas e ha as que nao sao, e soh pra citar um exemplo bem obvio (e q nao eh o unico) lembre-se das atletas

      Excluir
  10. Na verdade as mulheres são as únicas quem poderão salvar a "ordem e o progresso". Tudo isso é baseado na copulação e se elas não se submeterem, islâmicos não terão como ganhar por aqui. Agora, se elas se deixarem dominar, que rezem muito para conseguirem sair dessa depois.

    ResponderExcluir
  11. Já não bastavam os evangélicos... =/

    ResponderExcluir
  12. Tá amarrado em nome dos ateus rssss

    ResponderExcluir
  13. Existe paises islâmicos a beça por aí... eles q se mudem p lá, oras... deixem uma das poucas coisas boas - "secularismo"- do meu país em paz

    ResponderExcluir
  14. Se os muçulmanos se tornassem maioria, os cristãos reivindicariam o estado Laico de fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eita ! isso é verdade !

      - Steve

      Excluir
  15. Certamente a legislação eleitoral não deve permitir vinculação religiosa de partido político, não direta...bancadas 'temáticas' são outra coisa; pode haver a bancada religiosa, a bancada ruralista, a bancada gay e e etc., partidos religioso, acho que não.

    Charles

    ResponderExcluir
  16. Algumas propostas do novo partido:

    1) Legalização da pedofilia (Segundo a ativista somali Ayaan Hirsi Ali, autora do livro Infiel, é prática comum no mundo muçulmano o casamento entre adultos e crianças. É uma forma de emular o comportamento do profeta Maomé, que se casou com um menina de doze ou nove anos, já não me lembro);

    2) Substituição do código penal brasileiro pela sharia, a lei penal islâmica baseada nos ensinamentos do Corão, e que, entre outras amabilidades, prevê a lapidação de mulheres adúlteras;

    3) Mudança do slogan cristão "Deus seja louvado" presente nas cédulas do real para "Alá seja louvado";

    4) Proliferação de mesquitas em território nacional, com isenção de impostos e outros privilégios obscenos;

    5) Implantação em todo o território nacional de cursos gratuitos para homens-bomba;

    6) Criminalização do ateísmo e da apostasia, com pena de morte para os que incorrerem em crimes de pensamento;

    7) Proibição do carnaval e de outras festas nacionais consideradas impróprias ou blasfemas;

    8) Restrição da liberdade feminina, com a proibição das mulheres de saírem às ruas desacompanhadas de um homem, de dirigirem seus próprios automóveis, etc.;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aisha tinha 6 e ele a papou aos 9 anos.
      O velho Sukita já estava queimando o óleo dos 40 e tantos anos. Era seguidor da dieta vegetariana cujo princípio único defende que pra cavalo velho bom mesmo é capim novo...

      Excluir
    2. KKKKKKKKKKKKKK... eu to rindo,mas é sério!!

      Excluir
  17. Ah, ia me esquecendo.

    9) Aplicação da pena de morte para homossexuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos chegam gritos de uma ilha do norte
      Ensaios pra dança da morte...

      Excluir
  18. Charles,

    O que você me diz do Partido Social Cristão (PSC)? Isso pra mim já é um sinal de vinculação religiosa.

    Se o tal partido se chamar Partido Social Islâmico, terá que ser aceito!

    É como diz Hans Moleman, se o partido islâmico começar a ter voz ai os cristão vão querer o Estado Laico.

    Brasil é isso liberdade pra fazer o que bem entende sem ser punido, aqui pode roubar milhões e ser louvado pelo Povo (Ele rouba mais faz!), pode matar e ter que cumprir apenas 15 anos de cadeia (no máximo)ou ficar livre (depende do Bolso), aqui se vota em Tiririca e aqui vai ter esse partido aprovado.

    É triste, mas Brasil é isso meus amigos! O que fazer para mudar? Se os governos decidem se educam ou não educam seu povo? Estamos num ciclo de dar medo.

    Abraços,

    Major.Ed

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, os muçulmanos com força partidária são a maior arma a favor do estado laico aqui no brasil.

      Excluir
    2. De jeito nenhum! BASTA CONHECER O CONTEÚDO DA SHARIA, QUE FAZ PARTE DO ESTATUTO DO PIB - PARTIDO ISLÂMICO BRASILEIRO -, para tornar impossível a existência desse partido em territorio brasileiro. É altamente atentatório contra os direitos humanos básicos, particularmente dos "infiéis", todos nós que não somos muçulmanos, e das mulheres. Portanto, atenta contra a nossa Constituição.

      Os idealizadores desse partido estariam dispostos a suprimir especificações contidas na Charia, contrárias à nossa Constituição, para possibilitar a existência desse partido? Se, estão, então pode ser.

      Se engana quem pensa que o islamismo se trata de uma orientação religiosa. É uma ideologia abrangente, que afeta a política e a economia de uma nação, além da vida social das pessoas. A religião é apenas mais um viés.

      O ISLÃ COMO RELIGIÃO, COMO TANTAS OUTRAS NO BRASIL, NÃO TEM PROBLEMA. MAS, COMO SISTEMA JURÍDICO DE UMA NAÇÃO NÃO É NADA RECOMENDÁVEL.

      Se esse partido político passar, seja com que nome for, DA FORMA COMO QUEREM SEUS CRIADORES, com o tempo, teremos deputados e senadores afins no Congresso Nacional que, com o apoio dos deputados e senadores seculares, motivados pela chuva de petrodólares provenientes de outros países islâmicos
      ( ressalvem-se as excessões ), que já estão a financiar a implantação do islamismo no mundo todo, TEREMOS AQUI A APLICAÇÃO DA LEI ISLÂMICA, VIA CONGRESSO NACIONAL.



      Ricardo Gonçalves

      Excluir
  19. Se surgisse uma bancada muçulmana no congresso, aí os cristãos iam começar a achar o estado laico uma boa né?

    ResponderExcluir
  20. Já dá para entender que isso é tendencioso apenas olhando a primeira imagem do site onde foi tirado esta informação.

    ResponderExcluir
  21. Cade os cristãos pra dizer que nos ateus secularistas somos maus kakakaka chupaaa cristandade, depois dessa até vocês vão desejar um país laico kakakakakaka

    ResponderExcluir
  22. O Estado nunca foi laico, mas cristãos não são extremistas como são os islâmicos, de modo geral. Vai discutir com louco, pra ver como você voltará pra casa. Se voltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oque ? A bancada evangélica quer o brasil cristão eu nem sei o que significa isto , mais tem até petição , pesquisa se tiver afim de saber que você vai achar

      Excluir
    2. Véi, sério! Vai discutir com mulçumano, vá discutir com evangélico e depois vá discutir com cristão. Depois volte e nos conte.

      Excluir
    3. Quero dizer, católico.

      Excluir
  23. @Lucas, eu vi! KKKKK Só faltaram as amordaças e o chicotinho ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seria mais sutil se mudassem o nome do partido para "Partido dos Gigolôs"? PDG!

      Excluir
  24. Quero ver aonde vão arrumar eleitores!

    ResponderExcluir
  25. Era só o que faltava!

    ResponderExcluir
  26. Eu vou embora é pra república tcheca.

    ResponderExcluir
  27. O Brasil precisa ser LAICO! Fora com estes partidos religiosos... Partido Islâmico????? NÃOOOOO... fora!! Só faltava isto para infernizar de vez a nossa vida...

    ResponderExcluir
  28. Se um partido evangélico já fez um estrago no país, imagina um partido islâmico?! Isso vai virar pão e circo!

    Isso vai dá merda, zero meia! Vai dá merda!

    ResponderExcluir
  29. I Don't Want to Live on This Country Anymore.

    ResponderExcluir
  30. os islamicos proibiriam o Facebook, youtube, twitter e redtube, 100 chibatadas por dançar funk ou tomar cerveja.

    parem o mundo que eu quero descer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 100 chibatadas por dançar (e ouvir) funk carioca? Até que não parece má ideia. Hahaha!

      Excluir
  31. O estado é laico; a sociedade, não.

    A forma de governo brasileira é a Democracia Representativa. O partido político é o meio através do qual a sociedade, em toda a sua pluralidade, é representada.
    A sociedade brasileira é formada por vários grupos e os partidos políticos visam ser os representantes desses grupos: comunistas, socialistas, trabalhadores, cristãos, republicanos, nacionalistas, democráticos. A criação de um partido islâmico, de acordo com a legislação brasileira, não é proibida e, tampouco, fere o Estado laico. Ok.

    A questão não é essa. Políticos representam parcelas da sociedade, mas, isso não significa que eles devem legislar, apenas, para essas parcelas. O político deve legislar para todas as parcelas da sociedade.

    O problema é a falta de vergonha na cara de muitos políticos religiosos que adentram na Política brasileira e deixam de lado as questões gerais para se ocuparem de questões particulares, pessoais. Obrigar a leitura de um livro religioso especifico; obrigar que se recite uma oração pertencente a uma religião específica; conceder isenções a templos de denominações religiosas específicas; impedir que procedimentos de saúde pública sejam implementados tendo por base uma moral advinda de uma religião específica; tudo isso são exemplos de como muitos políticos religiosos se servem da Política para realizarem os seus objetivos particulares, pessoais.

    Um partido islâmico no Brasil seguiria o mesmo expediente. Seria um retrocesso maior do que já temos hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pelo fator estratégico será maravilhoso... Evangélicos são absolutamente inimigos mortais de islâmicos e vice-versa... quero ver politico islamico com o alcorão para os evangélicos lerem nas escolas... Vai ser divertido. A casa vai cair e todo o povo vai retomar revolucionariamente de volta o mais LAICO DOS ESTADOS, assim como queremos hoje ew sem expectativas.

      .

      Excluir
    2. Não é assim tão fácil. Se neonazistas criassem um igreja, a Igreja neonazista do Brasil e, sob esse pretexto, quisessem montar um partido neonazista brasileiro, simplesmente porque tem orientação reliiosa poderia fazer parte do nosso Congresso Naciona? Não se deveria, antes, fazer uma análise de sua doutrina para a análise de possíveis conteúdos anti-Constitucionais? Pois, é assim que deve ser vista a questão desse partido islâmico, conhecer minuciosamente sua doutrina e rejeitar o que for contrário à lei brasileira, de forma a não deixar brechas. Do contrário, em breve, quem irá sofrer somos nós.





      Athaide

      Excluir
  32. Isso é um retrocesso, onde infelizmente muitas pessoas embarcarão nessa "Canoa Furada".
    Espero que o grande espírito de liberdade dos brasileiros, não deixe esse monstro que está sendo gerado nas entranhas de algum útero insano, nos devore a todos sem dó, nem piedade.

    ResponderExcluir
  33. Estado Laico virando panacéia...!
    Tentam personalizar o termo Laico...
    Racionalmente podemos admitir que uma pessoa possa ser laica.
    Prefiro manter este termo conectado ao estado...
    Por considerar que...
    Defensores de dogmas podem trabalhar no estado, ou para o estado.
    Mas... Nesta condição, este defensor de dogmas, deveria se tornar laico.
    Deve deixar fora da repartição a sua condição dogmática...
    Retomando sua condição, assim que sai da repartição...
    Como gerenciar isto... Impossível, sem ser autoritário...
    O estado não pode impedir o ingresso de dogmáticos...
    O cidadão tem o direito de ser dogmático...
    Imaginem um médico... Servidor estatal... Defensor de dogmas...
    No exercício da função é chamado para fazer um aborto ordenado em lei...
    O profissional dogmático recusa... impedido pelo império da fé...
    O estado terá que solicitar a presença de profissional não dogmático...
    Cria-se então um preconceito que fatalmente será invocado nos tribunais...
    Já que o estado passará a exigir esta informação na contratação...
    Pois solicitará uma informação que será taxada de preconceituosa...
    Esta situação acaba criando o que estamos percebendo a cada dia...
    Conflitos difíceis de conciliar...
    E... Perfeitamente amparados pela constituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O exemplo do médico e o aborto foi um pouco infeliz. Descriminalizar o aborto não é torná-lo obrigatório. Até onde sei, um médico só é obrigado a fazê-lo se existir risco de morte para a paciente e se não houver outro médico que possa fazer o atendimento.

      Excluir
    2. O tema aborto sempre é complicado em qualquer debate...
      O fato de tratar religiosos como dogmáticos, acabou tumultuando o texto...
      Substituam Dogmas e dogmáticos por convicções religiosas... e também...
      Substituir “ordenado em lei” por “permitido em lei”
      O aborto deve ser um direito da mulher, e para sua própria proteção, o estado
      deve estar preparado, tendo naturalmente profissionais em igual condição.
      Mas como o estado deve agir se alguns de profissionais, baseados em dogmas,
      se recusam a executar determinadas atividades. Citei o aborto, mas também
      serve para os casos de transplantes e transfusões e outras intervenções.

      Excluir
  34. O Brasil já não é lá essas coisas, agora imaginem um Partido Islâmico nessa bosta de país... não, aí não dá. Pau no cu deles!!!

    ResponderExcluir
  35. cristianismo já tras bastante problema para o brasil, eh uma bancada evangélica de maioria de vagabundos criando leis absurdas, agora imagine se vem esse movimento pra tornar o brasil um país islâmico ??? Morar no brasil vai ser totalmente insuportável !

    ResponderExcluir
  36. Da turma que roubou o Deus dos judeus? Eles são tão mequetrefes que nem um Deus tiveram capacidade de inventar..."talqualmente" os cristão, roubaram o Deus judaico. Depois de 600 anos! da estrovenga cristã eles sacaram que uma seita em torno de um profeta inventado daria lucro e poder. Só copiaram o modelo que estava dando certo: inventar um messias e dar uma garibada nas profecias e leis judaicas. Como se pode notar, o truque de repetir mentiras até que se tornem verdades vem bem de antes do Zé Goebbels.

    Rapaz, só o povo ficar sabendo que não poderá debochar do Maomé nem no Carnaval que a coisa vai pro brejo.Ficar sem a pinga, a cerva na sexta, dia nacional da cerveja?

    Não vai colar mesmo, confio na 'capacidade' do brasileiro de não se enquadrar em regras e disciplina, veja a esculhambação que é isso aqui!

    Podem até criar um partido, dentro das regras atuais, sem problemas, se há os partidos 'cristãos', por que não os islâmicos? Mas nunca dominarão aqui como dominaram a França, por exemplo. Vocês não estão contando com a turma do crime organizado do tráfico. Até parece que os manos vão aceitar o fim dos bailes funks e das liberdades das cachorras. Já até estou vendo um camelinho do Alah com corão na mão querendo impor a shariazinha dele nas 'comunidades'. Vai faltar pneu pra tanto micro-ondas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "confio na 'capacidade' do brasileiro de não se enquadrar em regras e disciplina, veja a esculhambação que é isso aqui"

      Eu também confio. (hahahaha)

      Fico imaginando uma suposta teocracia islâmica aqui: mulheres desfilando na praia de niqab e fio-dental, hmmm, que sexy!

      Excluir
    2. Sinais de novos tempo...
      Fim daquilo era instigante...
      Admirar os belos olhos, e...
      Imaginar o resto...

      Hummm...

      Excluir
  37. Where do we go
    ?
    where do we go now
    ?
    where do we go
    ?
    where do we go ?

    ResponderExcluir
  38. Como o Will Papp explicou muito bem, não há nenhum problema em se ter um partido islâmico, isso é totalmente laico, massss... não sei não, essa bandeira... esse discurso enfático... minhas anteninhas de vinil estão captando a presença do inimigo. Ass: Winston Smith

    ResponderExcluir
  39. A questão de ser legal é indiscutível.É legítimo e tudo mais,no entanto tenho minhas preocupações em casos assim.Trata-se do nascimento de um partido de fanáticos fundamentalistas radicais.Aqui já não bastaria a crentayada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legítimo até que ponto? O tal partido pretende incorporar a xaria ao cotidiano do brasileiro, "xaria aplicada a um país democrático".
      Como assim? Naturalmente há muitas armadilhas nesta colocação. Quando o Congresso Nacional tiver representatividade (ou dinheiro) suficiente para votar as suas leis (da Xaria), estaremos perdidos, juntamente com a nossa Constituição, que apesar de tudo preza pela democracia e os direitos humanos. HAJA EMENDA CONSTITUCIONAL, heim?
      Este partido com está proposto não PODE SER APROVADO DE JEITO NENHUM no Brasil!



      Rafael

      Excluir
  40. é claro. a solução não ta na política, mas sim em enfiar o estado laico no rabo.
    não é porque é´islâmico, acho o mesmo absurdo existirem partidos "cristãos". se existisse um partido ateu, eu também seria contra. claro, eles tem todo o direito democrático de criar um partido, acho isso lindo. mas mais lindo ainda é que eu posso ser totalmente contra. e sou.

    ResponderExcluir
  41. Eu posso até "pecar" de inocente, mas achei isso aí com cara de fake heim (coisa de ateu troll talvez?). Ou por mais que eu tente ainda não consigo dimensionar até onde chega a loucura nesse mundo de 'meu deus'.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só de pensar que no Brasil ja Exitem de 100mil a 1milhao.
      Eu fico assustado sim.

      Luccas

      Excluir
  42. E achamos uma ameaça do mesmo nível, não, maior que os evangélicos. ><

    ResponderExcluir
  43. Vixi vixi ... partido religioso X ou Y é o de menos, o problema vai ser tentar conciliar isso no dia dia . imagina Mesquita ao lado de um igreja evanjegue ? um vai dizer os infiéis cristão estão ao lado vamos lá mata-los como diz no albobão(corao), já os evanjegues: irmãos os idolatras terroristas intolerante e retrogados estão ali do lado vamos segregar essa gente e converte-las para g-zui$ o deus morto vivo ausente milagrento e comparsa de vadiomiro santiago. kkk vai ser hilário.

    ResponderExcluir
  44. Já pensou,morte por apedrejamento no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, o Brasil tem muita pedra...

      Excluir
  45. Pera ai isso so pode ser brincadeira, a não ser que o islão vai se exculachar no Brasil - vamos aproveitar um mês de feriado do ramadã e apoligamia - a Bahia inteira vai aderir com trio eletrico e tudo que tem direito.

    ResponderExcluir
  46. Essa gentinha das arábias adoram criticar os EUA por INVADIREM seus países, IMPOREM sua cultura ocidental, porém eles tem é que calar suas bocas imundas porque querem fazer o mesmo. Essa gente deveria ser expulsa de qualquer país ocidental. Que vão viver em tendas no deserto como se vivia ha 20000 anos atras...Atraso de vida. O brazil já está ferrado com essa ralé política e populacional,,,agora querem destruir de vez com essa porcaria de religião brucutu e truculenta...

    ResponderExcluir
  47. Felizmente a porcentagem de islamicos aqui no Brasil é RIDICULAMENTE PEQUENA. Esse partido nao vai vingar nem ser relevante tao cedo.
    Ja q eles querem ser radicais entao os ateus tem q ser tb. Q tal pena de morte pra qualquer um q se afiliar a esse troço terrorista e teocrático ? Eu APOIO incondicionalmente.
    Toleramos os cristãos q nao querem matar ninguem, estes tem todos os seus direitos, mas MUÇULMANO NO BRASIL NAO.
    FORA ISLÃ

    ResponderExcluir
  48. Em Portugal é vedado constitucionalmente a criação de partidos que se designem de determinada religião. A justificativa é justamente a defesa da laicidade do Estado, visto que as denominações religiosas não podem interferir no Estado e vice-versa. Além do mais, visa garantir a liberdade religiosa, justamente na tentativa de se impor determinados dogmas religiosos através da política - que é o objetivo dos partidos religiosos brasileiros.

    E lá é uma democracia participativa!

    Nossa Constituição infelizmente não adotou essa norma decorrente da laicidade. Seria um avanço uma emenda constitucional neste sentido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: justamente contra a tentativa de não deixar impor dogmas religiosos através da política - que é o objetivo dos partidos religiosos brasileiros.

      Falha minha!

      Excluir
    2. CORREÇÃO NOVAMENTE: justamente contra a tentativa de se impor determinados dogmas religiosos através da política - que é o objetivo dos partidos religiosos brasileiros.

      Falha minha (novamente)!

      Excluir
  49. Por que que esses TERRORISTAS tem de criar isso no Brasil? Tente voce ir com uma cruz na praga de pais muçulmano deles!!
    Ja temos mtas religioes aqui! O Islao nao é parte da nossa cultura brasileira!
    pode sim ser parte devido ao numero de libaneses, arabes, etc. que migraram para o nosso pais!
    Mas, criar um partido politico!? mais um!? e ainda reacionario!?
    que vao criar isso la pras bandas deles, bando de FDP!

    ResponderExcluir
  50. Talvez aqui possamos ter as 40 virgens sem Explosão!

    ResponderExcluir
  51. Vai ficar difícil para os meus sobrinhos morarem neste país, da forma que está indo...

    ResponderExcluir
  52. Coisa de jerico. Se não bastasse o domínio da família Sarney, esses maranhenses querem criar um Brasil islâmico.

    ResponderExcluir
  53. essa merda de religião não tinha que ter espaço aqui no Brasil esse islamismo é um lixo de religião fundado pelo filho da puta do tal maomerda o islã não presta.

    ResponderExcluir
  54. Aos que dizem: "Quando (bla-bla-bla) os cristãos reivindicarão um estado laico" ou "Os brasileiros não aceitariam um partido que proibirão a cervejinha nossa de toda sexta-feira" eu digo: "A estimativa de suas lideranças varia muito, vai de 200 mil a mais de um 1 milhão de fiéis."
    GENTE! ja vão em 200mil a 1 milhão de brasileiros adeptos.
    Eles não vão chegar de supetão, eles vão disseminando suas crenças aos poucos - e só um adendun: convenhamos que viria como um "placebo" pra um monte de problemas que temos em nossa sociedade com as leis rigidas que eles apregoam - e quando menos percebermos, não seremos apenas 1 milhão de brasileiros xiitas, mas sim boa parte - parte suficiente para mandar em tudo -.
    Eu tenho medo mas muito medo. Enquanto eu não fundar uma ala ateista secularista ativa e eficiente fico acreditando que melhor é me cuidar, não deixar crias e morrer quando chegar a hora.
    Eu li não sei onde: "Colocar um filho no mundo do jeito que esta é no minimo uma piada de mal gosto."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc acha os cristãos perigosos, experimente ler, ou conhecer um pouco da Chariah. Aí,sim, vc terá motivos para ficar preocupado...

      Excluir
  55. Eu sou totalmente contra a criação de um Partido Político de orientação islâmica no Brasil. O que o islamismo defende como sendo o certo é totalmente ultrapassado e não ajudaria em nada o Brasil. Se tal partido político fosse criado simplesmente não haveria, por parte de seus integrantes, respeito para com Homossexuais, Ateus e adeptos de Religiões não-abrahâmicas.

    ResponderExcluir
  56. É bastante contraditório, mas eu acho muito interessante do ponto de vista estratégico a tentativa de se fundar um partido islâmico no Brasil... Talvés assim esse povinho besta se toque da importãncia de se defender o Estado laico.

    Pelo valor da nossa "democracia", não vejo "nada demais". Aqui no Brasil já temos o partido democrata cristão, o PRB da Igreja Universal, e já que esses cristãos existem fazendo merda, quem sabe se pintar um partido fundamentalista de vez, daqueles bem compenetrados mesmo (tipo Telebã), vai ser uma senhora guerra santa política, a qual quero ver de camarote... e o povo acorda e acaba com todos os partidos religiosos duma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Permitir a criação de um partido islâmico no Brasil, baseado na implantação da Charia em território brasileiro é o mesmmo que permitir a criação de um partido neo-nazista. Isso é tudo muito diferente do que temos como partidos políticos, mesmo os com conteúdos religiosos, pois, atentam contra os direitos humanos e a democracia. As duas ideologias são discriminatórias e totalitaristas, embora possuam conteúdos diferentes. Acho que esta é uma questão perigosa que tem que ser vista com o máximo de atenção.

      Excluir
    2. Duas ideologias: neo- nazismo e islamismo.

      Excluir
    3. Se você acha que é apenas mais um partido de orientação religiosa, leia a Charia e depois diga se é aceitável algo assim aqui no Brasil. É o retrocesso absoluto em toda forma de direitos humanos, não só dos muçulmanos, mas, de todos.



      Donizette Alves

      Excluir
  57. você ajudou a criar o psol,agora diz que é muslin.Já deixou de ser massom? Eu não aceito...Abdul Ajjabar

    ResponderExcluir
  58. O ISLAMISMO é uma IDEOLOGIA, que abrange política, economia e a conduta social de uma sociedade, na qual a conduta religiosa TAMBÉM se insere.

    A criação de um partido islâmico brasileiro tem que ser visto com MUITAS RESERVAS, ou mesmo, ser mesmo IMPEDIDO DE EXISTIR, da forma como será proposto, pois, impõe a SHARIAH, sistema de leis islâmicas, por natureza, CONTRÁRIO aos direitos humanos básicos, à DEMOCRACIA e à laicidade.
    O islamismo é IMCOMPATÍVEL com a DEMOCRACIA e o ESTADO LAICO, por princípio ( www.islamismo.org ).

    Se esse partido for criado com as premissas apresentadas, a SOCIEDADE BRASILEIRA estará em risco de se tornar, contra a sua vontade, via Congresso Nacional, uma sociedade TOTALITÁRIA ISLÂMICA!


    Antônio Marques

    ResponderExcluir
  59. CRUZES!!! Islamismo no Brasil????? To saindo fora!!!!!!

    ResponderExcluir
  60. IMPORTANTE: Conheçam sobre a SIM - Sociedade Islâmica do Maranhão:


    http://olhonajihad.blogspot.com.br/2011/04/alerta-resistencia-islamica-do-brasil.html#comment-post-message




    D. Mota

    ResponderExcluir
  61. Stop the islamization of europe and the Western!! NOW!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário