Troca de remédio por milagre seria a causa da morte de idosa

Esther tinha diabetes e sofria 
das consequências de um AVC
A Polícia Civil de Belo Horizonte (MG) está investigando denúncias dos filhos de Esther de Oliveira (foto) segundo as quais suas cinco irmãs suspenderam a medicação da mãe para que houvesse uma cura milagrosa, o que teria sido a causa da morte dela, em 26 de fevereiro.

Esther tinha 59 anos e sofria de diabetes e tinha problemas cardíacos, além de sequelas de um AVC (acidente vascular cerebral).

Após o sepultamento, as filhas, o pai (de 81 anos) e um filho de uma delas teriam ido para um local ignorado. O pai do menino deu queixa na polícia.

A família tinha abandonada a sua casa, no bairro de Ipanema, região noroeste de Belo Horizonte. Ela se apresentou à polícia no dia 6 (terça-feira). Não há informação sobre onde estava. O menino foi encaminhado ao Conselho Tutelar.

Na casa, a polícia encontrou o que tinha sobrado da queima da cadeira de rodas que Esther usava.

Com base em depoimentos de vizinhos, a polícia acredita que a família tinha criado uma seita, cuja líder era a mãe do menino – ela tinha se separado do marido no começo do ano e voltado para a casa dos pais.

Cristina Coeli, titular da Delegacia Especializada em Localização de Pessoas Desparecidas, colheu depoimentos de familiares e vizinhos segundo os quais a suposta líder da seita falava que tudo tinha de ser feito de acordo com o que Deus manda. “Ela começou a uivar e rosnar e a se arrastar pelo chão”, afirmou uma testemunha.

A vizinha Eunice Ferreira disse que família acreditava que o bairro estava amaldiçoado e que havia demônio nas árvores mortas do local.

A polícia considera a possibilidade de estar havendo um transtorno mental compartilhado, que ocorre quando um psicótico lidera outras pessoas, deflagrando um processo de histeria coletiva.





Com informação das agências.

Lúcia surta, pisoteia a Bíblia e mata filho com 15 facadas
novembro de 2008

Milagrentos.

Comentários

  1. Respostas
    1. Pelo IBGE, a velhice começa aos 60 anos. Independentemente desse critério, a foto mostra que se trata de uma mulher idosa. Não tanto pela sua idade, mas certamente mais pela dura vida que teve.

      Excluir
  2. Holy shit, e eu na minha inocência achando que não me espantava com mais nada.

    ResponderExcluir
  3. :One does not simple

    change remedies for miracles:

    ResponderExcluir
  4. Pérsio, são 22 anos de diferença, não entendi sua dúvida, se puder explicar depois (Y).
    Quanto ao caso de histeria coletiva, isso é bem comum, geralmente quando aparecem aquelas escolas em que um aluno vê um "fantasma", daí logo após várias crianças começam a ver o tal "fantasma" também. Não é caso raro na medicina.

    Quanto ao tratamento, bem: um dos principais êxitos de algumas religiões, é defender o uso dos fármacos aliados à ida ao culto, missa etc. O remédio faz o trabalho sujo (curar ou melhorar) e o culto leva a fama. No caso da suspensão da medicação, o que qualquer pasto/padre inteligente não aconselharia, pode acontecer isso aí. Com o tanto de doenças que essa senhora tinha, não era de se estranhar o óbito. Lamentável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, sr. amoníaco

      Mas pastores como o valdomiro e semelhantes, acham melhor entregar sua cura a deus ...

      Excluir
    2. Calunia. Conhece o trabalho do Valdomiro? Estou certo que não.

      Excluir
    3. queim fala mau du porfeta vardomiru vai quema nu infernu, o porfeta vardumiro é dum beim..

      Excluir
  5. A polícia considera a possibilidade
    de estar havendo um transtorno
    mental compartilhado, que ocorre
    quando um psicótico lidera outras
    pessoas, deflagrando um processo
    de histeria coletiva.

    Isto acontece em todas estas igrejas evangélicas normalmente os cristão são pessoas perturbadas e vivem num mundo doentio de alucinações com demônios anjos fogo e inferno . Eles sofre de transtorno obsessivo compulsivo e de vários outros tormentos mentais. Eles tem uma visão distorcida da realidade do e espaço tempo. Vivem num verdadeiro contos de fadas .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descreveu a dura realidade de boa parte dos brasileiros

      Excluir
    2. "A polícia considera a possibilidade
      de estar havendo um transtorno
      mental compartilhado, que ocorre
      quando um psicótico lidera outras
      pessoas, deflagrando um processo
      de histeria coletiva."

      Possibilidade? Isso pode ser visto em primeira mão na igreja universal e afins pelo menos 4 vezes por semana.

      Excluir
    3. hummmmmmmm.... ilumine-nos com a vossa sabedoria, quem foram os autores das maiores atrocidades?

      Excluir
    4. eu ia responder exatamente isso

      transtorno mental compartilhado existe em todas as Igrejas Pentecostais e a todo momento... é só capturar os "pastô" e ficará tudo certo

      Excluir
  6. Infelizmente o povo é tão religioso que deixa o conhecimento científico, esperando um milagre. Infelizmente o povo é manipulado, iludido. É burro. Não procura conhecer além daquilo que dizem, não deixa de duvidar de boatos. Assim, acontece esse tipo de coisa, pessoas morrendo em nome da fé, matando em nome da fé, porque disseram, porque falaram... É triste ver que a humanidade só está caindo nas próprias criações. Triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, as vezes chega a dar dó.

      Excluir
  7. Que coisa.
    Mas isso acontece quase todos os dias,mas porque faltam medicamentos nos postos.
    Mas isso nem notícia mais é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é demente de verdade, ou só se faz?
      Esse caso não foi por falta de remédio em posto nenhum. O tratamento foi deliberadamente abandonado por questões de fanatismo.

      Cristãos, mestres em distorcer a realidade há mais de 2000 anos...

      Excluir
    2. Tro-tro-tro-trollada!

      Excluir
    3. A.Porto acho que você também está sem tomar o remedinho...

      Excluir
  8. Enquanto houver pessoas que acredita em anjos e demônios se passando por pessoas cultas e inteligentes este mundo vai continuar esta droga. Uma pessoa que acredita nestas coisas não deveriam nem ser ouvidas e sim ser internadas para tratamento.

    ResponderExcluir
  9. A criança está com o pai que não tem nada a ver com essa merda...

    Ótimo, fora isso não vai fazer falta.

    "Enquanto houver pessoas que acredita em anjos e demônios se passando por pessoas cultas e inteligentes este mundo vai continuar esta droga. Uma pessoa que acredita nestas coisas não deveriam nem ser ouvidas e sim ser internadas para tratamento." 2 !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Valdemiro santiago vive esculachando medicos, e atirando remedios no lixo tambem..


    cuidado, hipocrisia mata.

    ResponderExcluir
  11. Está se tornando comum esses tipos de casos. É natural. Antes de melhorar é necessário piorar.

    ResponderExcluir
  12. O "Deus do impossível" parece ter uma terrível de trabalhar sozinho...

    ResponderExcluir
  13. É típico dessas religiões menosprezar as prescrições médicas e esperar por uma cura milagrosa. Valdemiro diz que com um toque cura até hemorroida. Deus me livre!

    ResponderExcluir
  14. Mesma coisa aconteceu com meu pai,, era jovem, 42 anos, parou com medicaçao para hipertensao, teve AVC..fulminante, foi convencido de que estava curado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário