Holandês muçulmano quer que cães sejam banidos de Haia

Para muçulmanos,
 cães são animais
 'impuros'
O político holandês Hasan Küçük, representante da comunidade muçulmana de Haia, defendeu a proibição de cães na cidade, a terceira maior do país, porque, pela tradição islâmica, esses animais são “impuros”.

Küçük falou sobre a criminalização dos donos de cães para rebater a proposta do Partido para os Animais de tornar a cidade mais amigável para os cães, informou a edição do último dia 28 do The Telegraaf.

A reação ao muçulmano tem sido de repúdio e gozação. Paul Linden, do Partido da Liberdade, por exemplo, levou Küçük a sério. Ele disse que ter cães não é ilegal no país e “quem não concorda com isso deve ir embora”.

Comentaristas políticos acreditam que Küçük fez as declarações apenas para firmar a sua liderança na comunidade islâmica, que representa 12% da população de cerca de 500.000 pessoas de Haia.

Küçük é do ID (Democratas Islâmicos). Em seu site, o partido diz ter sido fundado “sobre os princípios islâmicos da justiça, igualdade e solidariedade”. “O ID é uma resposta ao grande fosso que existe entre as comunidades islâmicas e os políticos.”

Küçük não esperava que a sua declaração fosse ter tanta repercussão e, provavelmente por causa disso, tentou recuar. Disse que as suas palavras foram interpretadas “fora do seu contexto”. Alegou que defendeu a proibição dos cães na cidade para poupá-los do sofrimento de ficarem presos dentro dos apartamentos.

A justificativa de Küçük foi ironizada em sites holandeses com o argumento de que é estranho um muçulmano defender um “animal impuro” da prisão domiciliar e o mesmo não ocorra em relação às mulheres dos seguidores do Islã -- elas pouco saem de casa.

Soeren Kem, do Stonegate Institute, uma entidade apartidária que faz pesquisas sobre os direitos humanos no mundo, escreveu que tem havido em países europeus casos como o protagonizado por Küçük, envolvendo cães, que advêm do aumento da imigração de muçulmanos na região.

Ele informou que na Grã-Bretanha motoristas muçulmanos de táxi se recusam a transportar cegos acompanhados de cão guia. Em Nottingham, um deles chegou a ser multado em US$ 470 (R$ 802). Em Londres, um motorista de ônibus impediu que uma mulher embarcasse com seu cachorro porque uma passageira muçulmana poderia se sentir ofendida.

Também na Grã-Bretanha, policiais que conduzem cães farejadores são orientados a não colocarem os animais em contato direto com muçulmanos, restringindo a vistoria nos aeroportos e estações ferroviárias somente às bagagens deles.

Quando investigam mesquitas e casas de muçulmanos, esses policiais têm de cobrir as patas dos cães com chinelos de couro para manter a "pureza" do ambiente.

Na Escócia, a polícia da cidade de Tayside teve de pedir desculpas à comunidade de 3.000 muçulmanos por ter usada a foto de um filhote de pastor alemão em uma campanha de divulgação do novo número de telefone para casos de emergência.

Na cidade espanhola de Lérida (região da Catalunha), onde os muçulmanos representam 20% da população, líderes islâmicos reivindicaram a restrição do uso do espaço público por cães. Eles estavam querendo banir os “animais impuros” dos locais frequentados por muçulmanos, incluindo o transporte público.

Depois que as autoridades negaram o pedido, em setembro de 2011, dezenas de cães foram mortos por envenenamento nos bairros onde se concentram os muçulmanos.





Com informação do site do Stonegate Institute, entre outros.

Grã-Bretanha condena muçulmanos que pregam a morte de gays
janeiro de 2012

Comentários

  1. Fugindo do assunto, hj vi um texto que me deixou boquiaberta: www.bispomacedo.com.br/2012/01/17/17º-dia-o-pum-do-diabo/

    Pior são os comentários... agora entendi como funciona a lavagem cerebral.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauhauhuahuhauhauhuahua foda
      digitei the devil's fart no google e achei essa inspiradora escultura

      http://twitice.blogspot.com.br/2010/06/inspiring-bull-fart-sculpture-by-chen.html

      Excluir
  2. Cães são marginalizados mesmo , na bíblia diz que nem os cães iriam herdar o reino dos céus (sic) Nem os cães nem os ídolátras blá blá blá, entrarão no reino dos céus , e se os cachorros são amigáveis e até guardiãs de nossas casa , porque comparar eles a gente de mau caráter. quem escreveu estava falando do cachorro animal mesmo.

    ResponderExcluir
  3. nosso q ridiculo isso do ''PUM DO DIABO''o MELHOR é a ultima frase ''E vou lhe dizer uma coisa: não é nada engraçado.'' Eu ri mais uma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora veja os comentários. São 14 páginas de pessoas sendo enganadas.

      Excluir
  4. Aqui cabe aquela frase: "quanto mais conheço os homens, mais gosto dos animais"

    ResponderExcluir
  5. Em relação ao post: Aff, prejudicar todos por causa de uma minoria?
    Pelo menos os muçulmanos são respeitados no país.

    ResponderExcluir
  6. "O senhor é um poeta. Nem na faculdade de Letras
    eu li algo tão realista e catártico. Está
    de parabéns, que Deus continue lhe
    abençoando sempre para que nos
    abençoe com tamanha sabedoria!
    Não sei o que seria de nós sem a
    sabedoria divina de seres como o
    senhor. Obrigada sempre"

    Crente sobre o pum do diabo

    Que coisa mais nojenta e repugnante ,poxa vida vejam o nível dessas pessoas que lamentável :-(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei indignada quando li isso, tinha de compartilhar com alguém.

      Excluir
  7. É isso que crente tem na cabeça, titica de capeta.

    ResponderExcluir
  8. Os radicais islâmicos se sentem "ofendidos" com cachorros e tentam proibi-los.

    Os militantes ateístas fanáticos se sentem "ofendidos" com crucifixos e pregações, e tentam proibi-los.

    Qualquer semelhança não é mera coincidência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crucifixos e pregações são crimes quando em instituições públicas. Crime é crime e ponto final, não é porque você gosta deles, que eles se tornam menos errados.
      Vá estudar.

      Excluir
    2. Ah, então é fácil. Basta transformar algo em crime (que tal cachorros?) e inteligentemente sair berrando "crime é crime, ponto final, é errado porque é crime, vá estudar!".

      Excluir
    3. Se você nunca ouviu falar nem em estado laico, realmente precisa estudar.

      Excluir
    4. Estado laico sagrado2 de fevereiro de 2012 19:43

      Bom, o Estado laico é sagrado, acima de qualquer questionamento.
      E se alguém usa Estado laico como argumento é porque tá certo, e ai de quem discordar.
      Então, fim de papo.

      Excluir
    5. O que religiosos fanáticos como você não entendem, é que nenhum dogma religioso pode ser imposto sobre pessoas que não pertencem àquela religião. Liberdade religiosa também inclui isso, diferente de ser desculpa para fazer o que quiser em nome da religião, como vocês insistem em afirmar.
      Se sua religião diz que você não deve comer torta de morango porque isso é heresia, tudo bem. Você não come. O que você não pode fazer é querer impedir outras pessoas que não têm nada a ver com sua religião, de comerem. Parece simples, por que é tão difícil de entender?
      Muçulmanos não querem ter cachorros? Que não tenham. No entanto, quem não é muçulmano não é obrigado a seguir suas regras.
      Já o caso de símbolos religosos em repartições públicas é outra história, que no seu impulso desesperado por trollar, misturou no meio.
      Você acha muito normal ter crucifixos, porque é cristão. Mas com certeza acharia ruim ter pentagramas e homens-bode espalhados por aí. Da mesma forma que quem não é cristão, acha ruim os crucifixos. O que se faz para respeitar a todos? Não se coloca nem os crucifixos nem os pentagramas. Pronto, nenhum símbolo, e todo mundo fica feliz. Ou, deveria. Porque fanáticos se sentem ofendidos por não terem seus símbolos expostos em todos os lugares possíveis. Acham que seus deuses vão achar ruim eles não estarem fazendo spam em seu nome e os mandarão para o inferno, ou talvez se sintam inseguros sem eles, como só com os símbolos por perto eles possam se sentir protegidos, parte do grupo, ou sei lá o que se passa na cabeça de gente doente.
      Simples, não?

      Excluir
    6. Ateus não gostam de crucifixos? Não os usem.

      Ateus não gostam de pregações religiosas? Não as escutem.

      Não precisam querer impor suas proibições (fruto de suas preferências e gostos pessoais) a todos.

      Excluir
    7. Ok, da próxima vez que você entrar em um ônibus, vou ficar do seu lado e começar a gritar algo no seu ouvido, mas é só você não escutar. Combinado?

      Chega de trollagem. Não tenho mais paciência com os discípulos do Izaque.

      Excluir
    8. É um engano infantil de sua parte. Não são ateus que sentem ofendidos com símbolos religiosos. Na verdade, são os cidadãos que esperam que as leis - inclusive aquela do estado laico - sejam respeitadas e cumpridas.

      Excluir
    9. nunca vi nada tão absurdo quanto o imbecil que comparou um cachorro a um crucifixo... pelamor... é exatamente por isso que a religião é uma merda...

      Excluir
    10. vou tentar explicar de forma clara:

      Estado eh laico => ferir a laicidade eh crime => posturas nao-laicas nao devem ser toleradas.

      ter cachorros em locais publicos nao eh crime => cachorros podem frequentar locais publicos.

      matar um cachorro sem razao valida eh crime (caso da Espanha) => matar cachorros por motivos de religao eh crime => matar cachorros por motivos de religiao nao deve ser tolerado

      Excluir
  9. Esse caso é tão retardado que nem tem como levar a sério, é piada pura.
    O que se mostra perigoso é o excesso de cuidado que os europeus têm com os muçulmanos, o que os coloca acima de algumas leis, como no caso dos aeroportos. Quer dizer que se o sujeito quiser traficar drogas escondidas no corpo, é só se dizer muçulmano que passa direto sem ser revistado? Isso é o cúmulo.
    Liberdade religiosa só serve como desculpa para burlar leis. É o que vai acabar acontecendo no Brasil (já acontece em alguns casos), com pastores ficando imunes a punição por crimes que, segundo eles, não são crimes quando feitos por motivos religiosos (vide homofobia e afins).
    E a polícia ter que pedir desculpas por usar a foto de um pastor alemão na divulgação do número?
    Sinceramente... Quando vamos ter um mundo onde lógica tem algum valor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francamente, o que se mostra perigoso é o quanto uma comunidade supostamente intelectual se deixa levar por um discurso fascista e xenofobo. Não existe uma tentativa exarcerbada dos europeus de respeitarem os mulçumanos. Existem, sim, pequenos conflitos de interesses, que se resolvem da forma politica. Este caso do cachorro é uma piada sendo explodida fora de proporções para propagar, mais uma vez, o discurso irracional de que os mulçumanos estão tentando transformar a europa em um califado. É absurdo. A comunidade mulçumana deve SIM ser respeitada, e obviamente quando os pedidos desta comunidade são contrarios ao bem maior, estes pedidos devem passar pelos devidos processos politicos para serem rejeitados. Sem que a cada passo deste processo precisemos gritar que tudo que os mulçumanos querem é acabar conosco. Esse discurso é patetico, reacionário, extremista e no fundo simplesmente movido por um terrivel medo do imigrante que assolam estes países. Ele só faz fortalecer o extremismo de ambos os lados.

      Uma comunidade supostamente intelectual, supostamente mais engajada, deveria ser capaz de perceber quando está sendo usada e propagando discursos que tem teor fascista e xenofobo, e tentar colocar estas noticias em proporção, sem entrar na histéria coletiva anti-mulçumana. Foi uma colocação idiota. Ponto. Outras pequenas e insignificantes colocações de politicos e comunidades mulçumanas também contraditorias com principios legais foram propostas e negadas. Episodios individuais, provavelmente insignificantes em termos estatisticos na comunidade mulçumana são citados, francamente alguns destes episodios nem devem ser verdade (por favor alguém me dê uma fonte do taxista multado por não querer levar um cachorro e do motorista de ônibus preocupado em ofender uma mulçumana deixando um cachorro entrar). Todo o discurso construido em nome de ampliar a histeria coletiva, em nome de criar a aurea de que mudanças radicais e monstruosas ocorrerão na europa se permitimos "que essa gente" continue a infiltrar nossas lindas populações arianas. À merda com vocês, supostos seres inteligentes, se deixando levar por discursos inflamadores de odio racial.

      Excluir
    2. http://www.dailymail.co.uk/news/article-1295749/Muslim-bus-drivers-refuse-let-guide-dogs-board.html

      Fonte, querido.

      E procure se informar melhor sobre outros fatos, como a auto gestão de bairros na Europa:

      http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/law-and-order/8570506/Police-covered-up-violent-campaign-to-turn-London-area-Islamic.html

      Procure também, em sites islâmicos, uma porção de cartilhas mostrando como agir em países ocidentais.

      O ódio racial, cultural, existe sim, e por parte dos muçulmanos, que apesar de quererem apenas viver em paz em paises ocidentais, são inflamados pela religião, pelos líderes religiosos, e acabam cedendo.

      Eu poderia poster um milhão de links aqui de como, em algumas escolas na Europa, o ensino do Holocausto como fato histórico tem sido banido, porque os muçulmanos se sentem ofendidos, sabe como é, o ódio deles por judeus é mais importante do que o ensino da verdade. Bem, leia só esse, se puder:

      http://www.dailymail.co.uk/news/article-445979/Teachers-drop-Holocaust-avoid-offending-Muslims.html

      Enfim, você que acredita em teorias da conspiração, de que a mídia manipula informação - argumento reconrrente do Ahmud Ahmadinejad (é só isso que ele sabe falar quando algo absurdo acontece no país dele), comece a procurar as notícias, e não simplesmente ficar falando que deve ser mentira.

      O respeito deve ser mútuo. Se não há respeito por parte dos muçulmanos eles não devem ser respeitados

      Excluir
  10. Frei Damião terá santuário de R$ 40 milhões


    por Caruaru Notícias
    redacao@caruarunoticias.com.br



    Ainda esse ano serão iniciadas as obras de construção do Santuário de Frei Damião na cidade de Caruaru. O local vai ficar belíssimo e será mais uma atração para a ex-Capital do Forró. O Ministro Provincial dos Capuchinhos, Frei Francisco Barreto, nomeou para presidente da Comissão de Construção Frei Luiz de França Fernandes.

    A autoria do Projeto é do Padre Silvano Onofre Amorim, que além de sacerdote é arquiteto, com especialização em Espaço Sagrado pela Universidade Nossa Senhora da Assunção de São Paulo. A estátua de Frei Damião Bozzano assinada pelo artista plástico Caxiado terá 35 metros de altura ficará sobre uma base de 10 metros onde abrigará o Museu Frei Damião. Por enquanto está na fase de liberação de documentação pela CPRH para o desmatamento da área necessária.

    Muita gente deverá perguntar por que em Caruaru? E Frei França responde “a localização geográfica privilegiada da cidade de Caruaru facilita o acesso dos Romeiros.” E prossegue “Não obstante isto, o espaço que dispomos no Recife não tem como ampliar ou construir mais equipamentos para melhor atender os romeiros.” Atualmente existe um Convento dos Frades Capuchinhos em Caruaru, construído há 60 anos, local onde Frei Damião realizou várias missões e onde também costumava repousar nos seus intervalos.

    Em Caruaru os Capuchinhos ganharam um terreno com quarenta hectares destinados a instalação do Santuário, às margens da BR 104. Neste local será construida uma Igreja com um grande pátio, um Convento, abrigo para romeiros, uma via-sacra externa, jardins, estacionamento com capacidade para dois mil ônibus e veículos menores e demais equipamentos necessários a condução e administração do complexo de todo Santuário.
    Os 40 hectares foi doada aos Capuchinhos por Luiza Dardone e família por intermédio da Diocese de Caruaru. O espaço contará com uma igreja, a estátua de Frei Damião, estacionamento e Centro de Apoio aos romeiros. A obra está orçada em R$ 40 milhões.



    Está marcado para o dia 12 de fevereiro, as 10h, a Celebração Eucarística no terreno onde será erguido o Santuário de Frei Damião, na localidade de Juriti, na Zona Rural de Caruaru, no Agreste pernambucano.
    “O projeto está pronto e agora nós vamos atrás de recursos para poder construir esse memorial que será um espaço grandioso. A primeira parte a ser construída será a estatua de Frei Damião”, informou o Frei Willian Oliveira, guardião do Convento dos Capuchinhos.

    Uma comissão também foi criada para levantar recursos entre os fieis, empresas e a comunidade católica de Caruaru. “Aquelas pessoas que queiram ajudar podem nos procurar aqui na Igreja do Convento, uma vez que toda doação é bem vinda”, ressaltou.
    P.S.: Sou morador de Caruaru-PE e quero saber se vocês podem me ajudar a dar fim a essa afronta inconstitucional, pois eu sozinho sou pequenininho.;=)
    Obrigado a atenção!
    Disponível em: http://www.caruarunoticias.com.br/v2/news.php?id=984 . Acesso em: 02/02/2012

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E dai ? se os crentes idiotas querem construir um santuario ou igreja, qual o problema ? Eles estao exercendo um direito deles, liberdade religiosa, quem é trouxa de acreditar que va e quem não for crente que nao va a esse lugar. Simples assim.

      Excluir
    2. E daí que os recursos são do Governo, sob a desculpa esfarrapada de turismo religioso e coisa e tal.
      Segue texto:
      "28/08/2010
      Complexo Frei Damião perto de se concretizar


      O projeto de um espaço que deve fomentar o turismo religioso em Caruaru e região já foi enviado pela PMC à Câmara de Vereadores para aprovação

      Fernandino Neto

      Foi apresentado em plenária, na Câmara Municipal de Caruaru, no último dia 19, o Projeto de Lei Complementar nº 22/2010, que propõe a ampliação da zona urbana de Caruaru, na Macrozona 03, para a criação do Complexo Turístico Frei Damião. O equipamento deverá fomentar o turismo religioso no Agreste, além de intensificar as atividades econômicas no setor turístico, sobretudo porque após a construção, Caruaru passará a abrigar os restos mortais do capuchinho.

      Destacando o turismo religioso, a preservação icônica de Frei Damião e a valorização cultural de Caruaru, o documento ressalta a criação de espaços com temática religiosa, justificando a ampliação do perímetro urbano (que será aumentado em 17,27 km²) através do argumento da identificação cultural com a história de Frei Damião. No local, será construído um santuário para abrigar definitivamente os restos mortais do frade. O espaço terá capacidade para acolher 5 mil pessoas.

      A criação do Complexo Turístico Frei Damião é uma iniciativa da Ordem dos Frades Capuchinhos, que há mais de uma década lutava para construir um santuário em homenagem ao homem que se tornou um fenômeno de popularidade religiosa no Nordeste. Apesar de os seus restos mortais estarem hoje no Convento São Félix, no bairro do Pina, no Recife, Caruaru foi escolhida por unanimidade para receber o complexo que será construído num terreno às margens da BR-104 e representa um marco para os romeiros devotos de Frei Damião. A notícia foi publicada com exclusividade pelo VANGUARDA, na edição de cinco de junho deste ano.

      O projeto, desenvolvido a partir de uma leitura litúrgica, foi criado pelo padre Silvano, mestre em artes sacras e estudante de arquitetura. Além do templo, com 49 metros de altura numa área de 70x70m, com capacidade para 5 mil pessoas, o espaço vai abrigar museus, lanchonetes, restaurantes, área livre para estacionamento e toda infraestrutura necessária para acomodar os visitantes. "No local mais alto do terreno será construída a estátua de Frei Damião, com cerca de 25 metros de altura. Estamos estudando a possibilidade de ser produzida pelo artista plástico Caxiado", disse o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, José Pereira.

      Pereira definiu o Complexo Turístico como um "presentão" recebido dos frades, uma vez que políticos de todo o Nordeste gostariam de ver a obra sendo erguida em suas cidades. "A força que Padre Cícero tem para o Juazeiro será a mesma força de Frei Damião para Caruaru", definiu. A transferência dos restos mortais de Frei Damião para Caruaru já foi aprovada por Roma e a Prefeitura Municipal deve montar um grande calendário de eventos para atrair romeiros o ano inteiro.

      O complexo será construído num terreno de 40 hectares, às margens da BR-104 (sentido Caruaru - Toritama), por trás do posto da Polícia Federal. O espaço foi doado aos frades pela família do senhor José Tavares de Souza, que era devoto de Frei Damião. A obra contará com recursos federais, estaduais e municipais, podendo recorrer à iniciativa privada. A Fundação de Cultura e a Ordem dos Frades Capuchinhos estão programando para o dia 5 de novembro, data de nascimento do Frei Damião, uma grande missa que deve reunir milhares de fiéis para o lançamento da pedra fundamental. Nesta data, terá início a construção da estátua em homenagem ao frade.
      (...)"

      Disponível em: http://www.jornalvanguarda.com.br/v2/?pagina=noticias&id=6723 .Acesso em: 02/02/2012

      Excluir
  11. *facepalm* Algumas pessoas chegam a um ponto onde não tem senso do ridículo.

    ResponderExcluir
  12. Cara, você já postou este texto umas três vezes. Agora, virou spam. No mais, qual é o problema se os católicos vão financiar a obra? Só não pode usar dinheiro público, porque o Estado é laico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negativo, Paulo Roberto Lopes!
      Veja a notícia do blog do Jornal Vanguarda, de propriedade do vice-governador João Lyra Neto!

      "11/02/2010 11:00:10
      Força-tarefa para construir santuário de Frei Damião


      Exclusivo!

      Há nove anos em busca de apoio para o projeto que visa construir o Santuário da Misericórdia Divina e o Memorial de Frei Damião em Caruaru, o grupo responsável pelo projeto teve reunião esta semana com o prefeito José Queiroz e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Franco Vasconcelos. O chefe do executivo, que já tinha conhecimento da ideia, ficou animado com a possibilidade de ter os restos mortais de Frei Damião em nossa cidade, bem como o incentivo que isto traria ao turismo religioso. Estiveram presentes no encontro Frei França e os arquitetos padre Silvano Onofre e Cláudio Pastos, conhecido como o "papa" da arte sacra no Brasil.

      Para erguer o projeto grandioso, que terá 42 mil metros e altura e capacidade para 5 mil pessoas, será montada uma verdadeira força-tarefa para obter recursos. José Queiroz demonstrou muito interesse em ajudar na construção do equipamento, e pediu empenho da Fundação de Cultura e Turismo, da Secretaria de Infraestrutura e Políticas Ambientais, e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que deve ser a responsável pela busca de recursos para a construção do santuário. A intenção é unir forças para conquistar verbas da iniciativa privada e dos governos Estadual e Federal."

      Disponível em: http://www.blogdovanguarda.com.br/index.php?pagina=arquivo&id=912 .Acesso em: 02/02/2012

      Excluir
  13. Fazer valer a laicidade do estado é importante para que amanhã não temos que assistir de braços cruzados pessoas sendo apedrejadas sem poder fazer nada, é preciso ter sim a separação governo e religião.

    Dilma faça um discurso e autorize a retirada de todos símbolos religiosos das esferas publica e diga para todos em rede nacional que lugar de símbolos religiosos e dentro das igrejas templos mesquitas terreiros etc e que não há mal nenhum as pessoas professar suas crenças desde que não fira a constituição e as leis, tenha coragem Dilma e salve o brasil de ser um oriente médio com todo tipo de intolerância e preconceitos ,salve a nação brasileira dos religiosos fanáticos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é preciso autorizar, porque é o que a lei manda. Precisar de autorização para retirar os símbolos seria a mesma coisa que precisar de autorização para atravessar na faixa. É o cumprimento da lei.
      É preciso enviar é a ordem para se fazer isso. A lei diz que devem ser retirados, são as pessoas que se recusam a cumprir.

      Excluir
    2. Eu entendo mais como se diz aqui, que pelo andar da carruagem como vemos isto nunca vai acontecer , eu sei que na verdade estes símbolos nem deveria de estar aonde estão , por isso eu disse que o presidente podia ter a coragem de fazer cumprir a lei porque parece que juízes e promotores não percebe o quanto isto pode ser danoso num futuro próximo com o crescimento de outras religiões e o estado laico é o único que poderia nos proteger desta constitucionalizão das religiões. Se eles alegam que isto é cultural então deve se abrir para as outras culturas religiosas também , só que eles sabem que não tem nada de cultural nisto e que estes símbolos estão lá por pura religiosidade e ainda favorecendo a crença do cristianismo.

      Excluir
    3. O problema é que, se ela fizer isso, perde popularidade, perde apoio, perde eleição, perde tudo. No Brasil acho que não chegaria a isso, mas em outros lugares, talvez até perdesse a vida.
      A triste verdade é que em países onde religião domina, políticos não podem desgaradar religiosos se quiserem continuar na ativa.
      É só lembrar o estardalhaço que deu quando, no início do mandato, Dilma tirou do lugar uma Bíblia que havia na sala dela. No dia seguinte virou escândalo e ela teve que arrumar desculpas esfarrapadas para acalmar os fanáticos que queriam sua cabeça.
      Ela sabe que deve fazer. Mas não faz porque quem vai pagar o preço é ela, e pior, não vai mudar nada, porque ninguém vai obedecer e tirar os símbolos.

      Excluir
  14. No velho testamento tem umas merdas parecidas, em diz que mulheres menstruadas são "impuras". Só mostra como esses textos religiosos são uma bomba adormecida, até aparecer radicais que acreditam naquilo. Enfim, as pessoas precisam de uma moral superior àquilo que uns dizem ser a palavra de "Deus"...

    Francisco Costa

    ResponderExcluir
  15. Pobres Canis Familiaris. ):
    Sério, adoro cães e uma religião querer os proibir é muita sacanagem.

    Quanto á crucifixos e preces serem ilegais, elas só os são em repartições públicas(escolas públicas, tribunais, congresso etc...). Isso tem um nome: Estado laico, que parece que não o temos, infelizmente.Se for seu comercio, casa, escolas particulares, etc, nao é ilegal não.

    Off: Que eu me lembre, faz um tempão que a polícia europeia usa cães como simbolo(Varia entre pastores e beagles)...Como assim tiveram que pedir desculpas???O-o

    ResponderExcluir
  16. Esses imbecis ficam atrasando o desenvolvimento europeu. A Europa é o melhor continente do mundo e esses islamicos malditos ficam destruindo a cultura deles.
    Mandem todos de volta para seus paises de merda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, vivem no meio de cães inféis (nós), mais não querem voltar pra casa

      Excluir
    2. Os europeus foram burros demais por terem aberto as pernas para os imigrantes muçulmanos achando que isso iria mostrar ao mundo que o racismo da época das perseguições aos judeus teria sido extinto. A propósito: apesar da religião judaica ter uma visão conservadora e valorizar uma rigidez quase militar, muitos judeus americanos e israelenses se destacam nas ciências, além de entidades judaicas financiarem pesquisadores não-judeus.

      Excluir
  17. Cachorros são melhores do que muita gente. Fato.

    ResponderExcluir
  18. Os cachorros devem estar pensando: mas que criatura estúpida é esse tal de Homo sapiens.

    ResponderExcluir
  19. Vcs ateus não demora um dia já entram em contradição

    A menina ateia dos EUA quando se ofende com uma placa com uma oração, mesmo sendo um país de maioria cristã, Onde todos presidentes fazem juramento sobre a bíblia todos batem palmas

    Agora quando um cara em nome de uma religião, sob a leis de uma maioria exigem uma imbecilidade destas, aí não pode? ué os cães estão ofendo ele também caramba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, vc é um completo lunático...
      O que tem a ver uma menina lutando por laicidade numa instituição pública com um maluco islâmico inventando que cachorro é impuro?

      Excluir
    2. A maioria nos EUA é cristã, mas a constituição define o país como estado laico. Entendeu a diferença, ou quer que desenhe pra você?

      Excluir
  20. Manda esta besta exigir direitos onde a maioria concorda com estes direitos

    ResponderExcluir
  21. AnônimoFeb 2, 2012 04:51 PM

    Lunática e a menina que luta contra o que para ela n fede e nem cheira.

    Fico imaginando ela passando pela placa de oração e começar a estrebuchar, babar gosma verde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os crentes fazendo ameaças para ela são completamente normais, certo?

      Excluir
    2. E que moral você tem para criticar nossa moral, Nosci?

      Você tem um templário assassino como avatar, caramba! Os idolatra!

      Um cachorro vira-lata tem mais valor que você!

      Excluir
  22. Visitas devem respeitar as regras da casa em que estão hospedados, não impor as suas.

    ResponderExcluir
  23. 1 de julho de 1776:

    "Diante de Deus, creio que a hora chegou. Meu julgamento aprova esta medida, apoiado por todo o meu coração. Agora estou pronto para aqui firmar tudo o que tenho, tudo o que sou e tudo o que espero desta vida. E afirmo mesmo antes de começar, quer eu viva ou morra, sobreviva ou pereça, que sou a favor da Declaração. É o meu sentimento de vida e pela bênção de Deus será o meu sentimento ao morrer. Independência agora e Independência para sempre!" (John Adams)

    Tem muita gente que já tentou e ainda tentam quebrar o cristianismo. Se arrancarem esta placa a pedido de uma minoria a maioria vai continuar a acreditar do mesmo jeito.

    ResponderExcluir
  24. Religiosos são lixo! Prefiro mil vezes um cão na minha casa do que um lixo muçulmano falando merda! Religião é câncer, o pior que virou metástase, está se espalhando!

    ResponderExcluir
  25. Ação e reação cambada
    a
    Quero dizer sobre a menina e as pessoas que estão xingando ela, sou contra assim. Mas já que ela entrou nesta empreitada por n aguentar estrebuchar e soltando baba verde a cada vez que passava pela placa ela sabia das consequências.

    Mas parece que é só xingamento nem proteção policial ela pediu.

    ResponderExcluir
  26. MUÇULMANO significa ´´CRENTE´´

    portanto eles são os mais ´´imbecis, irracionais, fanáticos, fundamentalistas´´ do mundo.....

    São escravos da religião , se matam em nome de deus , instigado pelos seus lideres , esse nunca se suicidam vide : saddam , kaddafi , Osama , mulá omar etc...

    O mundo ISLAMICO berço da humanidade se tornou uma DESGRAÇA unico e exclusivamente por causa da religião...


    Ser muçulmano é assinar um atestado literal de burrice

    ResponderExcluir
  27. Tem q ter uma lei:
    "Pessoas ignorantes devem ser banidas da vida pública".

    ResponderExcluir
  28. Prefiro mil vezes um cão na minha casa do que um lixo muçulmano falando merda!
    [x2]

    Muito interessante essa questão de querer proibir cães farejadores de darem baculejo em muçulmanos, principalmente a considerar que muitas "mulas" do tráfico de cocaína são de países islamizados da costa oriental da África...

    ResponderExcluir
  29. pqp to começando a achar os mulçumanos piores q os cristaos

    ResponderExcluir

Postar um comentário