Betinho conta como se livrou de Cristo e se tornou ateu


Liberto por um 'psiquiatra maluco'

O sociólogo Herbert José de Sousa, o Betinho (foto),  nasceu no dia 3 de novembro de 1935 em Bocaiúva, uma pequena cidade de Minas Gerais, um Estado de forte tradição religiosa.

O jovem Betinho foi católico praticante, de comunhão diária. Alguns de seus amigos eram sacerdotes. Teve professores jesuítas. Ele fazia parte da ala mais à esquerda da Igreja. Foi da Juventude Estudantil Católica, onde começou a sua militância política. Depois, atuou na Juventude Universitária Católica, na Universidade Federal de Minas. Participou da criação da AP (Ação Popular), da qual foi o primeiro coordenador. Aos 27 anos de idade, se tornou ateu.

Em uma entrevista em dezembro de 1996 ao programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo, ele afirmou que se tornou ateu não por influência do marxismo, mas por fazer terapia com um “psiquiatra louco”.


Disse ele no programa: “[...] houve um momento em minha vida em que a estrutura religiosa foi minada por um psiquiatra louco. Eu estava fazendo um tratamento e ele virou para mim, interpretando um sonho, e disse: 'Você tem uma fixação com Cristo'. Eu falei: 'Claro, eu sou da Ação Católica, toda pessoa da Ação Católica está fixada em Cristo'. E ele falou assim: 'É, mas o Cristo é uma figura ambígua, ele é homem, mas se veste de mulher. Ele é homem, mas tem cabelos compridos'. E eu falei: 'Ih, danou tudo'”.

Ele contou que, nesse momento, toda a sua estrutura religiosa desabou. “Com isso, desapareceu o problema da existência ou não de Deus”.

Mesmo ateu, Betinho continuou ligado ao movimento revolucionário católico. Em 1971, foi exilado para o Chile pela sua atuação na resistência à ditadura militar que se instalara no Brasil em 1964. Com o golpe no Chile em 1973, ele se refugiu na embaixada do Panamá. Depois, morou no Canadá e México.

Os amigos de Betinho sabiam de sua descrença, mas o grande público, não, e ele, até certo momento, apresentava constrangimento ao falar sobre o assunto. Às vezes, quando possível, saía pela tangente.

Na primeira entrevista que deu ao Roda Vida, em dezembro de 1987, ou seja, 9 anos antes da segunda, ele teve de responder a pergunta de uma telespectadora se a “força interior” dele vinha de Deus. Betinho respondeu colocando Deus entre “alguns valores fundamentais”, entre os quais ele acreditava no da justiça, da solidariedade, da fraternidade. Ou seja, deixou Deus de sua lista de valores.

Após 11 anos no exílio, Betinho voltou ao Brasil em 1979, beneficiado pela Lei da Anistia. Em 1981, em parcerias com economistas, fundou o IBASE (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas). Foi um período em que se envolveu no movimento pela reforma agrária.


Em 1986, ele soube que tinha síndrome da Aids. Ele contraiu o vírus em uma transfusão de sangue, a qual se submetia regularmente por sofrer de hemofilia. Ele e os seus irmãos Hanfil (cartunista) e Chico Mário (músico) herdaram a doença de sua mãe. Todos foram contaminados pelo vírus HIV e uma época em que ainda não havia o coquetel de medicamentos para neutralizar os efeitos da síndrome. Os irmãos morreram em 1988.

Betinho obteve a notoriedade ao liderar uma campanha contra a fome, cujo auge foi em 1993. A campanha arrecadou toneladas de alimentos, com o envolvimento dos vários setores da sociedade. Ele dizia que “democracia e miséria são incompatíveis”.

Em 1997, teve de se afastar da campanha por estar muito fraco. Morreu no dia 9 de agosto daquele ano.

Betinho dizia que o seu sonho era que todos da sociedade tivessem as mesmas oportunidades de felicidade, mas se reconhecia como utópico.

Alguns de seus amigos católicos tinham dificuldade em aceitá-lo como ateu. Humberto Pereira, por exemplo, que atuou com ele na Juventude Estudantil Católica, declarou à Veja, quando Betinho morreu, que era “impossível” que o companheiro tivesse perdido a fé. Mas Maria Nakano, mulher de Betinho, deu à revista testemunho que não deixa dúvida: "Eu o acompanhei em seus momentos de crise absoluta e pude observar que não procurou se segurar em Deus".

Betinho foi sepultado como tinha pedido: sem orações, cruzes e velas.

Com informação do Roda Viva, Veja e Wikipédia, entre outras fontes.




Antônio Fagundes diz que não precisa de Deus para ser ético

Comentários

  1. Aos 27 anos, ele fazia terapia psiquiátrica!
    Reconheceu que o Psiquiatra era louco, mas aceitou as loucuras deste!
    Era ligado a movimentos católicos, mesmo reconhecendo-se ateu. Isto é hipocrisia.
    Reconhecia-se ateu mas manteve-se ligado a movimentos católicos. Isso é impotência, falta e alternativas e falta de segurança.
    Toda a aquela campanha em 1993 era apenas uma forma velada de tentar fazer alguma coisa que o destacasse perante Deus. Pelo sim pelo não, vai que é tudo verdadade, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei porque respondo, senhora ignorante, digo isso pois você não merece uma resposta, e ficará por isso mesmo.

      Excluir
    2. Que bom que ele procurou ajuda psiquiatrica cedo, e não terminou seus dias como um lunático psicopatico como a senhora.

      Excluir
    3. Crente fanático é uma m... Quando um ateu faz algo bom, é pra se destacar perante deus?
      Quem faz coisas boas pra se destacar perante deus e conseguir favores cosmicos é o crente!

      Excluir
    4. Ateu?!!!
      Ele tinha vergonha de se dizer ateu.
      Secretamente, ele ainda tinha fé em Deus.
      Ou isso, ou temia que suas "boas ações" não fossem bem recebidas, se declarasse ser ateu. Com isso ele demonstrou que ateus não podem construir nada de importante.
      Aos olhos do Povo, a campanha de arrecadação de alimentos foi feita pelo intelectual ligado a entidades católicas e não por um ateu.
      Ele traiu vocês!

      Excluir
    5. E as capacidades de leitura de mente da Senhora Troll atacam novamente! Incrível essa capacidade de dizer o que outras pessoas pensam e sentem. Devia ir no programa do Ratinho e ganhar muito dinheiro, em vez de usar isso só para trollar em blogs.
      E também devia parar de usar computadores, tomar remédios, e tantas outras coisas desimportantes criadas por ateus.

      Excluir
    6. Falastrão.
      Ignorante.

      Huahauah vindo de quem vem, é hilário.

      Excluir
    7. kkkkkk...me admiro do poder de argumentação dos ateus, mas falando no Betinho "ele afirmou que se tornou ateu não por influência do marxismo, mas por fazer terapia com um “psiquiatra louco”. é realmente de se admirar a capacidade de convencimento de certas pessoas(rs) =D"""

      Excluir
    8. Senhora Crente LvL Up: 90

      Features Increased:
      Brain Damaged LvL: 89
      Schizophrenia LvL: 78
      Creed LvL: 135

      Achievement Unlocked: Severe Mental Alienation

      Excluir
    9. Huahauahau ótima, Baphomet.

      Eu incluiria também Imunidade à Lógica (mas essa é uma característica antiga, que vem desde o Lv 1).

      Excluir
    10. Senhora Crente:

      Immunity to the Logic LvL: over 9000

      DBZ fans will get it.

      Excluir
    11. O pensamento religioso é assim mesmo, nao admite que haja um ponto de basta, se um ateu faz o bem, eles acham que ele tem fé, se um cristao faz o mal dizem que ele foi influenciado pelo capeta. Nunca há a poossibilidade do erro . Dai que a fe se aproxima do delirio.
      Ele tinha sim vergonha de dizer que ateu, nos anos 80s qualquer um teria vergonha de se dizer ateu, gay, ou qualquer outra coisa que a sociedade brasileira nao aprovasse, alias ate hoje temos. O fato é , ele era ateu, fez o bem, mais do que muitos aqui, tendo fé ou nao. Isso subvrete a logica da pseudopsicologa que diz que sem deuses nao há moral.

      Excluir
    12. ICHTYS , meu peixinho de aquario, se a fé crsita é tao fraca que no coracao de um bom homem pode ser desmontada simplesmente pela tagarelice de um louco, entao quao fraca ela é?
      Iesus Xristos Teon Uios Stin ... essa ja é veia.

      Excluir
    13. deixe me ver, o louco aqui é o Betinho ou o psiquiatra louco(ateu louco???sei lá), você tenta definir o cristianismo através das conclusões de um louco , então você supõe finalmente que o Cristianismo é fraco... kkk realmente quantas conjecturas podemos fazer através das afirmações de um louco colocadas num blog, imagine se lessemos um texto de verdade, com conteúdo..
      a proposito é Iesus Christos Theou Uios Soter, blz e não velha não, tem 2000 anos e é sempre atual

      Excluir
    14. Nao é isso, vc nao entendeu o argumento, disse que uma coisa forte o suficiente para estar alem da dimensao psiquica, uma espiritual, como o cristianismo, deve ser forte o suficiente para resistr aos ataques de um louco. Se nao for, ela é fraca. Acho que tu nao entendeu a lógica do argumento.

      Excluir
    15. Caso discorda do argumento lhe deixaria outra pergunta: Entao os loucos estariam condenados ao inferno por nunca ter uma fé válida? Quem de nós nao somos?

      Excluir
    16. você me diz:"o cristianismo, deve ser forte o suficiente para resistr aos ataques de um louco. Se nao for, ela é fraca..." e eu respondo é claro o cristianismo tem 2000 anos e resistiu às perseguições do maior império já existente, Roma; e porque porque ele não subsiste por si mesmo é Jesus Cristo que o sustenta.Eu particularmente admiro alguns trabalhos do Betinho, como sociólogo, mas ao perceber a fraqueza dele em relação a sua religiosidade, percebo quanto o homem é fraco e sujeito a decepções, por isso minha confiança transcende esse mundo...

      Excluir
    17. voce me diz:"Entao os loucos estariam condenados ao inferno por nunca ter uma fé válida? Quem de nós nao somos?" e eu respondo: o problema é o entendimento que você tem sobre o que é a fé, você associa fé ao intelecto, a capacidade mental, o que é falho, uma pessoa pode não saber quanto é 2+2, no entanto tem fé... quanto ao fato de toso termos um pouco de "loucura", podemos dizer que todos temos defeitos, neuroses, bloqueios e no entanto isso não nos exclui do céu...

      Excluir
  2. Um verdadeiro autruísta exemplo para cristãos ,não fazia o bem por troca de benefícios celestiais e mesmo sendo ateu continuou com seu humanismo e morreu sem rezas e velas. Um belo exemplo que as vezes chega a perturbar os religiosos.

    ResponderExcluir
  3. Agora não entendi, como pode ser um ateu e fundar o Instituto de estudos da religião ? (ISER)

    Ou o site abaixo tá mentindo.

    http://www.meusonhonaotemfim.com/abredetalhe.asp?codcategoria=71&produto=120

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto não fala que ele era ateu, caso seja não fica explícito no texto, apenas comenta dos projetos sociais dele e um pouco de sua vida.
      Neste site mostra várias figuras históricas independente do credo, pois há Albert Einstein (Ateu), Stephen Hawking (ateu), Mahatma Gandhi (Religioso) e Martin Luther King (Religioso), por exemplo.
      Este site, parece, apenas falar de grandes conquistas feitas por grandes pessoas, independente de sua crença, como já disse.
      Porém, Templário, você sempre tenta denegrir a imagem dos ateus, as vezes de forma ridícula como agora.
      Abraços.

      Excluir
    2. Até onde sei, nunca foi confirmado nada sobre Einstein ser ateu ou não. Ele obviamente não era religioso, mas não é a mesma coisa.
      Para todos os efeitos, ele era judeu. Mas não conheço a fundo a biografia dele para saber se há mais detalhes sobre esse tema.

      Excluir
    3. É do Site Bapho, n invetei nada.

      Herbert José de Souza, o Betinho, nasceu em 3 de novembro de 1935, em Bocaiúva, Minas Gerais.

      No inicio dos anos 60,...

      Nos anos 80, foi um dos fundadores do ISER (Instituto de Estudos da Religião) e da ABIA (Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS), instituição pioneira na defesa dos direitos dos portadores do HIV. Dedicou-se também à coordenação do IBASE (Instituto Brasileiro de Análises Sócio-Econômicas).

      Denegrir o que Bapho? O cara ajudou gente pra caramba, e só porque ajudou a fundar o ISER é um demérito pra ele?
      Cdê o seu bom senso?

      Excluir
    4. Caríssimo Israel, saiu uma notícia sobre Einstein ser ateu, apareceu em todos os jornais, disseram ter descoberto uma carta escrita por Einstein dizendo o que ele pensava a respeito disso, pesquise sobre essa notícia, não lembro quando ela saiu, lembro-me de ter lido esta notícia na Folha. Confirmaram, esta carta, com legítima de Einstein.
      Agora, também, não sei se podemos chamar Einstein de ateu, mas parece que todos o chamam de ateu, devido a notícia acima, por isso o mencionei como ateu.
      Abraços.

      Excluir
    5. Qual o problema de um ateu estudar religiões? Nenhum. Isto não significa que ele deixa de ser ateu.

      Fazendo uma comparação, um religioso que estuda o ateísmo não deixa de acreditar em Deus.

      O escritor espanhol Eduardo Mendonza é um ateu que se dedica ao estudo das religiões. Em alguns de seus livros, os personagens são bíblicos.

      De acordo com uma pesquisa, nos Estados Unidos os ateus são mais informados sobre religião do que religiosos. No Brasil também, ao menos pelo que tenho lido nos comentários deste blog.

      Excluir
    6. Já ouvi falar disso, mas também ouvi falar que havia controvérsias, que a fonte não era confiável e tal... Comno disse, não sou um grande conhecedor da biografia dele, mas até onde sabia, esse tema havia ficado em aberto, com cada historiador dizendo uma coisa diferente, sem nunca chegar a uma conclusão.

      Excluir
    7. Mas, não fala que ele é ateu, Templário, esse é meu ponto. Não desmereci o trabalho dele, ele fez grandes coisas, pelo visto, e respeito demais isso.
      Você é que está falando que ele era ateu, por isso pensei que você estava falando mal dos ateus.
      Veja sua pergunta: "Agora não entendi, como pode ser um ateu e fundar o Instituto de estudos da religião ? (ISER)"
      A julguei como ofensiva.
      Caso não foi, peço desculpas.
      Abraços.

      Excluir
    8. Israel, de fato, não sei se podemos o mencioná-lo como ateu, mas há uma briga muito grande quanto a isso, uns dizem que sim outros dizem que não.
      Portanto, mude meu exemplo, troque Einstein por Charles Chaplin, creio que este seja ateu.
      Abraços.

      Excluir
  4. <<"E ele falou assim: 'É, mas o Cristo é uma figura ambígua, ele é homem, mas se veste de mulher. Ele é homem, mas tem cabelos compridos'. E eu falei: 'Ih, danou tudo'”>>.


    E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro.
    Apocalipse 1:13

    Mais um exemplo de uma fé frouxa.


    O "bém" feito se não resultar em glórias a Deus resulta em glória para o próprio ego. Deste modo é inútil.


    <<"Eu o acompanhei em seus momentos de crise absoluta e pude observar que não procurou se segurar em Deus">>.

    Pobre louco e orgulhoso, o que ele teria perdido com isso?

    Ass> Irmão

    ResponderExcluir
  5. O problema do "bem" , e se ele foi feito sobre a rocha ou sobre a areia. Fazemos o bem e damos graças a Deus pela oportunidade de poder faze-lo.

    "Vive o SENHOR, e bendito seja o meu rochedo; e exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação, 2 Samuel 22:47¨"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao concordo em dizer se bem foi feito sobre isso e aquilo, bem é um valor absoluto, ou é bem ou é mal. Quer dizer que so vale o bem se ele for feito por alguem que tem fé, se for alguem que nao tem fé nao é bem? Isso relativiza tanto as coisas que acaba por jogar por terra qualquer pensamento que se possa ter sobre qualquer coisa. Desracionaliza o mundo e faz com que apenas os preceitos ditados por um religioso qualquer é que sejam validos. Viva o Nazismo.

      Excluir
    2. Disse: O problema do "bem" , e se ele foi feito sobre a rocha ou sobre a areia. Fazemos o bem e damos graças a Deus pela oportunidade de pode faze-lo.

      O bem verdadeiro, que resulta em colheita e duradouro é aquele que glorifica a Deus.

      <<"E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
      1 Coríntios 13:3">>

      E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:
      Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.
      O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: O Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.
      Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
      O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: O Deus, tem misericórdia de mim, pecador!
      Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.
      Lucas 18:9-14">>

      Excluir
    3. Se este irmão é o mesmo cristão que tinha aqui ele deve sofrer de alguma psicopatia grave,

      Excluir
    4. deus não existe é ninguém consegue provar que deus existe . Normalmente dizem que deus são os sentimentos que eles tem ,desse jeito todo deus é verdadeiro , existe grandes estudiosos que descarta completamente a existência desse tal jesus. E jesus traduzido se não me engano para o aramaico significa cavalo. Nunca existiu concepção virginal acredito que isto seja a grande mentira do cristianismo e da igreja. Milagres por milagres todas religiões tem relatos deles ,mais nenhuma religião nunca fez a perna de um amputado voltar inteiramente, o que significa que pra "deus" nem tudo é possível. os que são chamados de cristãos deveriam se esforçar mais pra não continuar caindo em descrédito e continuar sendo visto como pessoas fanáticas e alucinadas por este tal jesus que nunca existiu ,mais que foi uma compilação histórica e por sinal muito mal feita, jesus perdeu para a humanidade atéia não só ele mais todos os deuses juntos ,porque todos eles não passa de nada a não ser pensamentos e delírios de pessoas muitas vezes perturbadas e de pouca instrução na vida.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Paulopes, esse "Irmão" é o Cristão-Fernando disfarçado, que foi expulso por misogenia. Não percebe a semelhança?!

    ResponderExcluir
  8. O infame Cristão está de volta.

    Paulo, bloqueie o IP dele para que nao retorne novamente.

    ResponderExcluir
  9. Todos que param para pensar, deixam a religião. Religião so serve para aqueles que usam o pensamento dos outros.
    Crentes decoram textos apocrifos que estão na bilbia auto intitulados, e aceitam sem criticas ou analise.
    O homem não muda, não evolui, toda geração nasce igualzinha, e vai se moldando pela influencia do seu meio, salvo os neuropatas. Como esquecem os erros dos seus antepassados vão mantendo a religião e aqueles os mais interessados que dela vivem. Não assumem nenhuma responsabilidade mas ditam as nossas. São contra por exemplo o uso de preservativos, porem não vão criar os filhos de ninguem. Hipocritas, correm atras do dinheiro e do luxo. Criticam pessoas como Betinho que tinha atitude e iniciativa, porque os religiosos não tem. So atrapalham para parecer que estão fazendo alguma coisa. Os midiaticos são os que atingem e transformam os incautos em automatos, manobraveis, os quais muito ingenuamente pensando que são espertos, acham que estão negociando benesses com o TODO PODEROSO, e para isso muitas vezes deixam esta vida para receber o produto de suas compras depois de mortos. Vidas mediocres quanto maior for a dedicação ao seu rei. Eduquem e os grilhoes da fé se romperão.

    ResponderExcluir
  10. Creio que com relação ao Cristão o Paulopes se precipitou.

    Espero que ele não se transforme em massa de manobra de ateus que pensam que o blog é deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve chutar a bunda desse irmão/cristão sim...!

      Excluir
  11. Uma coisa é certa: ele nem precisou pensar para chegar
    a esta conclusão.

    ResponderExcluir
  12. Betinho foi um grande homem, pois acreditava no que realmente importa, o "amor", e amor para quem não sabe ,é: dedicar-se a outro ser sem esperar nada em troca, "nem desse ser, nem de Deus e de ninguém",e ele usou a igreja para fazer o bem, e fez muito bem, então se for para o bem do outro, use o que se tiver à mão; E quanto a religião, a pura e verdadeira e única, é a que está na carta de Tiago cap. 1 versículos 26 e 27: "Alguém está pensando que é religioso? Se não souber controlar a sua língua, a sua religião não vale nada, e ele está enganando a si mesmo. Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo." Obs: (órfãos e viúvas naquela época, eram pessoas que não tinham ninguém por elas, pois a mulher não podia trabalhar como hoje, e não existia previdência tbm.) Eu seria ateu se não existisse a bíblia sagrada que é o livro mais antigo do planeta, e se tbm já tivesse provado que alguma coisa dela é mentira, sendo que o contrario;coisas verdadeiras através de arqueólogos e historiadores já foram provadas; por isso creio em Jesus Cristo e minha religião é o amor, pratique tbm o amor, sem pensar em nada, em nenhuma recompensa.

    ResponderExcluir
  13. Grande homem! provou que nem todos os homens necessitam de deus para ser pessoas boas. Na verdade ele se torna melhor, pois foi bom não pelo medo de um inferno e sim bom de uma forma natura e bela.

    ResponderExcluir

Postar um comentário