Criador da religião ‘Ctrl C+Ctrl V’ faz elogio aos brasileiros

Gerson se apresenta como líder espiritual
da Igreja Missionária do Kopimismo
Isak Gerson (foto), 19, fundador da religião do “Ctrl C + Ctrl V” que acaba de obter reconhecimento do governo sueco, disse que entre os devotos há brasileiros.

O Brasil não consta no site da religião porque os devotos do país ainda são poucos, mas ele fez um elogio. “Pelo que vejo no noticiário, o Brasil parece ser um país bem copimista. Vocês devem estar anos à frente de nós”.

Copimista é o seguidor dessa religião que prega a “crença” de que tudo que está na internet pode e deve ser copiado e compartilhado, embora as leis dos países proíbam esse tipo de reprodução em muitos casos.

Gerson, que é estudante de filosofia, tem sido acusado de ter recorrido a uma brecha da legislação para legalizar a pirataria. Ele é filiado ao Partido Pirata Sueco.

O jovem, que tem dado entrevistas como “líder espiritual”, informou que a Igreja Missionária do Kopimismo tem cerca de 4.000 adeptos em países como Estados Unidos, Canadá, França, Japão e Rússia, além da Suécia.

Com qualquer outra religião, a “Ctrl C + Ctrl V” tem “dogmas”, como não pagar pelos direitos autorais das informações disponíveis na internet. A igreja não cobra dízimo.

"Nossas igrejas são todos os servidores do mundo que hospedam arquivos”, disse o missionário. “E nós rezamos ao compartilhá-los repetidas vezes uns com os outros".

O lema da igreja é “copie e semeie”.

Com informação do Uol.





Igreja do arquivo compartilhado da Suécia reivindica isenção fiscal.
agosto de 2012

Suécia reconhece como religião compartilhamento de arquivos.
janeiro de 2012


Semelhantes