Padres pedófilos de Arapiraca pegam até 21 anos de prisão

Barbosa,  Duarte e Gomes:  sacerdotes violentadores
João Luiz de Azevedo Lessa, juiz da Vara da Infância e da Juventude de Arapiraca (AL), condenou o monsenhor Luiz Marques Barbosa (na foto, o primeiro à esquerda), 83, a 21 anos de prisão, além de ter de pagar multa, sob a acusação de crime de pedofilia. Um ex-coroinha, uma das vítimas de Barbosa, filmou  às escondidas o sacerdote na cama com um colega.

O juiz também condenou pelo mesmo crime o monsenhor Raimundo Gomes, 53,  e o padre Edílson Duarte  (45) a 16 anos e quatro meses de prisão. Os condenados têm o prazo de cinco dias para recorrer da sentença, que foi anunciada na tarde de hoje (19).

Arapiraca é a segunda maior cidade de Alagoas. Tem 209 mil habitantes e fica a 130 km de Maceió. A cidade ficou famosa quando explodiu o escândalo do trio  de pedófilos. Foi notícia nos principais jornais do mundo.

De acordo com denúncia (acusação formal à Justiça) do MPE (Ministério Público Estadual), as vítimas dos padres são Fabiano Silva Ferreira, Cícero Flávio Vieira Barbosa e Anderson Farias Silva.

Com informação das agências.

Vídeo flagra monsenhor em intimidade com ex-coroinha
março de 2010

Padres pedófilos de Arapiraca     

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog