Angolano diz que invasão de seitas ameaça cultura do país

A Universal é a igreja que mais se expande em Angola
Pedro Nambongue Chissanga, diretor do departamento de cultura da província de Huambo, afirmou que a proliferação em Angola de seitas de outros países está impondo à população “hábitos e costumes” que ameaçam a cultura nacional. “Nós precisamos agir rápido, dentro da lei, porque esse fenômeno já assumiu proporções alarmantes.”

A sede da província de Huambo é uma cidade com o mesmo nome. Com cerca de 1,2 milhão de habitantes, ela tem 36 denominações criadas ilegalmente.

Chissanga disse estar preocupado com fato de que algumas seitas estarem acusando de feiticeiros parentes de fiéis. Ele criticou essas seitas por perverter os ensinamentos bíblicos para atrair fiéis com “falsas promessas de cura divina e prosperidade econômica”.

Angola é uma ex-colônia portuguesa. Tem cerca de 18,5 milhão de habitantes. É grande exportador de petróleo e de diamantes. Possui mais de mil crenças religiosas – cristãs, na maioria.

A Iurd (Igreja Universal do Reino de Deus) é a que mais cresce no país. Tem pelo menos 52 templos, 22 deles em Luanda, a capital. Os pastores responsáveis pelos templos são brasileiros, na maioria deles.

A exemplo do que ocorre no Brasil, a igreja do bispo Edir Macedo tem inaugurado em Angola tempos suntuosos, inclusive em cidades pequenas.

Em janeiro, por exemplo, abriu um templo em Cacuaco, cuja população é de aproximadamente 26 mil pessoas. O tempo tem capacidade para 950 pessoas sentadas.

A Folha Universal de Angola informou que 2.000 pessoas compareceram à inauguração de “mais um imponente templo”. Na ocasião, houve uma oração para libertar fiéis de “espíritos imundos”.

Chissanga não citou o nome de nenhuma seita em sua crítica, mas a Universal se sentiu atingida, porque o pastor Feuni Batalha, o presidente da filial angolana, disse que a proliferação de seitas se deve à democracia e à diversidade cultural do país.

"Mais um templo imponente",  disse a Folha Universal 
Com informação da agência Angop e site da Universal em Angola.  





Mundial demite em Angola pastores que acusam brasileiros de desfalque
junho de 2011

Português culpa imigrantes brasileiros pela invasão de seita
dezembro de 2009


Comentários

  1. First!
    Primeiro!
    Eerste!
    i parë!
    zuerst!
    أولا!
    առաջին.
    ilk!

    ResponderExcluir
  2. Pelo visto, vão ter muitos cristãos universais em Angola. :)

    ResponderExcluir
  3. CRENTE FERNANDO

    SE DEUS guia e ilumina de forma total e completa aqueles que seguem a GIBIBLIA etc etc bla bla bla


    Porque que os CRENTES SÃO TAO DESUNIDOS , e com tantas SEITAS diferentes e TOTALMENTE DESUNIDAS ??????


    Se O DEUS DA GIBIBLIA pode TUDO ? ele PODERIA MUITO BEM UNIR TODAS AS SEITAS em uma só ???


    Ele pode ou nao pode fazer tudo ???

    ResponderExcluir
  4. Só por chamar a bíblia de "gibiblia", já da pra saber que vc não está falando a serio!

    Sobre essa questão, eu responderei pra vc qndo vc levar a serio. :)

    ResponderExcluir
  5. Matheus respondendo por Fernando?É procurador?A despeito do Fernando uma noticinha:ministro Haddad fala sobre novo kit gay que deverá ter boneca(provavelmente a barbie).E essa notícia mostra que Edir não é brinquedo não!

    ResponderExcluir
  6. Crianças são mutiladas espancadas e abandonadas porque pastores acusam de bruxaria. Olhe isso http://www.youtube.com/watch?v=EJLULM_FAzE

    ResponderExcluir
  7. É uma falta de respeito para com Angola, a cultura desse pais e com o povo angolano.

    Essas seitas devem e podem ser expulsas desse pais, com prisao e processo judicial nos pastores, expropriacao dos bens dessas seitas, e veicular informacoes via TV e radio do perigo dessas seitas fundamentalistas.

    Ainda veremos muitas tragedias por la, por causa dos evangelicos.

    ResponderExcluir
  8. "Essas seitas devem e podem ser expulsas desse pais, com prisao e processo judicial nos pastores, expropriacao dos bens dessas seitas, e veicular informacoes via TV e radio do perigo dessas seitas fundamentalistas."

    Tem paises que fazem isso com os pastores, e os missionarios...

    "Ainda veremos muitas tragedias por la, por causa dos evangelicos."

    Se vc estiver se referindo: evangelização de pessoas na Angola; havera muitas pessoas sendo evangelisadas na Angola ou em qualquer pais da Africa do Sul.

    ResponderExcluir
  9. AEHUAEHUEAHUEHUAEHUEHUEHUEAEAUAEHUEAU Olha esses cristãos querendo destruir a cultura dos angolanos. Já fizeram isso na noruega, destruindo a cultura viking(Pagão),deles. Isso é o cristianismo, só essa doutrina poude, só eles tem a salvação, só eles desrespeitam a sexualidade das pessoas. Estão de parabéns. Vocês são os maiores genocidas da humanidade.

    ResponderExcluir
  10. A culpa nao é da igreja!! É culpa dos otarios que a frequenta!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário