Delfim diz ser a empregada doméstica um ‘animal’ que ninguém mais terá

Antônio Delfim Netto comparou a empregada doméstica a um bicho de carga. “Quem teve este animal, teve; que não teve nunca mais vai ter”, afirmou durante entrevista ao Canal Livre, da Band, no dia 4.

O Instituto Doméstica Legal, em representa 7,3 milhões de trabalhadoras domésticas, registrou em cartório um pedido para que o ex-ministro da Fazenda pedisse desculpas pela ofensa.

O ex-ministro da Fazenda já se desculpou e disse que "em momento algum desejou referir-se à classe das empregadas domésticas de maneira pejorativa”.

Falou que os representantes das empregadas domésticas fizeram "tempestade num copo d'água".

"Os economistas (eu, inclusive) usam a expressão 'fazer nascer o espírito animal dos empresários' como forma de despertá-los para oportunidades de investimento e não me lembro de nenhum empresário que tenha se declarado ofendido ou humilhado."

Com informação da Agência Estado.

junho de 2008
22 comentários