Americana mata filho de três meses para jogar FarmVille


Alexandra disse que não
aguentava o choro do filho
A americana Alexandra Tobias (foto), 22, confessou ter matado Dylan Lee Edmondson., seu filho de três meses, em janeiro porque o choro dele estava impedindo-a de jogar o FarmVille, do Facebook.

Inicialmente, ela disse à polícia que a criança tinha caído de um sofá por causa da brincadeira de um cachorro. Depois, admitiu que, para poder jogar, chacoalhou o filho e fumou um cigarro para se acalmar. Como ele continuava a chorar, ela o agitou de novo, até que ficasse quieto. Quando percebeu que o menino não estava respirando, levou a um hospital, onde chegou com ferimentos na cabeça e uma perna quebrada.

Os médicos informaram que Dylan morreu de “traumatismo craniano abusivo”.

A jovem mora em Jacksonville, Flórida, onde será levada a júri popular em dezembro e poderá ser condenada até a prisão perpétua.

O FarmVille é o jogo mais popular do Facebook, com muitos adeptos também no Brasil, entre adultos e adolescentes. Em todo o mundo, tem 60 milhões de usuários. Consiste em administrar uma fazenda, cuidando do plantio e da colheita, dos animais e da construção de estábulos e casa.
Games tem milhões de usuários 
Com informação do Daily News e foto de Alexandra tirada pela polícia de Jacksonville.

Casal cuida bem de menina virtual e deixa filha real morrer de fome.
março de 2010