Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Psicóloga que diz curar gays se livra da cassação profissional

Rozângela uso máscara
para não ser reconhecida
O CFP (Conselho Federal de Psicologia) não cassou o registro profissional da psicóloga Rozângela Alves Justino (foto), que diz ter tratamento para curar a homossexualidade. Nesta sexta (31), a entidade apenas confirmou a censura que o conselho regional do Rio tinha aplicada à psicóloga em 2007.

A tal censura significa que o CFP torna pública a sua desaprovação à conduta da psicóloga por infringir o código de ética ao, no caso, manifestar preconceito em relação a opções sexuais. Uma resolução do Conselho determina que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e perversão. A rigor, portanto, ela não poderá mais oferecer o tratamento de “cura” de gays e lésbicas.

A expectativa de entidades do movimento gay e de conselhos regionais de psicologia era de que Rozângela tivesse cassado o seu registro profissional.

Com óculos escuros e máscara, para não ter, segundo ela, o seu rosto reconhecido pelos ativistas gays, a psicóloga disse que vai continuar oferecendo tratamento aos gays que lhe procurar. A quem tem “sofrimento psíquico” por ser gay ou lésbica, ela recomendou que procure um psicólogo de sua cidade.
O tratamento de Rozângela utiliza argumentação religiosa. Ela é evangélica. Em 28 anos de profissão, diz ter curado muitos gays. Em seu blog, há depoimento de alguns deles.

Rozângela afirmou estar sendo perseguida por entidades de gays que querem amordaçá-la. Ela teve de mudar o endereço de seu consultório no Rio por temer represália. “Não quero ser atingida pela ira dessa gente [ativistas gays]”, disse, segundo a Agência Brasil.

Paulo Fernando, advogado da psicóloga, informou que vai recorrer à Justiça contra a decisão do CFP.

“A censura pública fere a liberdade de expressão e a científica e ofende as pessoas que voluntariamente procuram a ajuda da psicóloga”, disse.

Psicóloga evangélica que diz curar gay pode ser cassada por conselho.
14 de julho de 200

 Homofobia.

Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...