terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Padre impede que mãe solteira batize criança

De vez em quando aparece um padre que se mostra mais inflexível do que o papa – e olha que isso é difícil.

Desta fez foi o padre Delcimar Santos, responsável pela paróquia de Miguel Alves, interior do Piauí.

Ele mandou recado à dona de casa Cleide Coelho de que ela não podia ser madrinha de batismo de um filho de um casal de amigos por ser mãe solteira.

Para o padre, de certo, mãe solteira não é filha de Deus e é indigna de madrinha.

Isso é preconceito, disse Cleide.

“Nunca pensei que ainda hoje um padre fosse capaz disso. Os pais da criança são humildes e não têm como procurar outra igreja para batizar o bebê e, por isso, precisam se submeter a esse padre”, afirmou ela, conforme relato do jornal Meio Norte.

Cleide disse que ia procurar se entender com os superiores do padre, mas, antes que isso ocorresse, o vigário Geral da Arquidiocese de Teresina, o padre Gilberto Costa, se manifestou por causa da repercussão que o caso teve na imprensa de Piauí.

O padre Costa disse que a igreja não veta mãe ou pai solteiro para batizar criança, “salvo nos casos em que a pessoa não tenha condições de encaminhar a criança na fé cristã”.

Vai ver que foi isto: o padre Delcimar Santos decidiu que dona Cleide não é suficientemente cristã.

E o Santos, ele é suficientemente cristão para ser padre?

> Padre enfurecido com atraso não abençoa casamento. (setembro de 2008)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...