Pastor no Peru conclama fiéis a matarem ateus e homossexuais



No Peru, o pastor Rodolfo Gonzáles Cruz (foto abaixo) conclamou os féis a exterminarem ateus e gays.

“Os homossexuais devem morrer assim como os corruptos e os ateus, porque não são obra de Deus”, disse.

“Matem!”, afirmou ele claramente em uma pregação que foi gravada em áudio e divulgada pelo jornal La República.

“Se encontrarem duas mulheres fazendo sexo, matem as duas, se encontrarem uma mulher fazendo sexo com um animal, matem ela e matem o animal (…) em nome de Jesus.”

Cubano, Cruz é líder do Movimento Missionário Mundial no Peru.

Ele fez a convocação aos fiéis durante uma pregação em que acusava o governo do Peru de adotar uma política de educação com o propósito de promover a homossexualidade disfarçada de igualdade de gênero.

Depois, diante da repercussão de sua pregação, Cruz disse ter “respeito absoluto à vida de todo o ser humano” e o que suas palavras foram ditas dentro do contexto do Velho Testamento.

“As boas novas para todo ser humano é que já não vivemos sob as leis do Antigo Testamento.”

"Matem", bradou o pastor evangélico

Com informação de sites do Peru.

Envio de correção.


Pastores que enganam os fiéis são ateus, afirma Caio Fábio

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog