Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Franceses acusam Neymar de fazer proselitismo religioso

Le Figaro informou que
Neymar '100% Jesus' causou
polêmica nas redes sociais
O jornal Le Figaro informou que ainda repercute nas redes sociais da França a faixa “100% Jesus” que Neymar colocou na cabeça para comemorar a obtenção pelo seu time, o Barcelona, do troféu da Liga dos Campeões, em Berlim, no jogo contra o Juventus.

A maioria dos internautas acusa o jogador brasileiro de ter feito um vergonhoso proselitismo religioso.

A França é na Europa o país que mais combate a imposição de propaganda religiosa.

Lá, desde setembro de 2013, vigora a “Carta da Laicidade”, que, entre outras medidas, proíbe a exposição em público de qualquer símbolo religioso, como crucifixo, véu islâmico e estrela de David.

De acordo com Le Figaro, internautas franceses afirmaram que o jogador brasileiro ostentou uma mensagem “ridícula” com o objetivo de divulgar a sua religião aos outros, como se estivesse em uma missão evangelizadora.

O jornal francês lembrou que desde 2009 os jogadores estão proibidos de fazer manifestações religiosas ou políticas durante o jogo.

Neymar fez a divulgação do slogan evangélico após o término do jogo, havendo dúvida se, nesse caso, vale a proibição.

Após o jogo, no sábado, o proselitismo de Neymar — mais do que a vitória do Barça — foi o principal assunto no Twitter, na audiência mundial. Brasileiros comentaram que o jogador só não é "100% Jesus" para pôr em dia suas pendências com o fisco.

No Brasil, os comentaristas esportivos de TV, como os do canal SportTV, defenderam o jogador das críticas. 
 
Com informação do Le Figaro e de outras fontes.





Proselitismo religioso invade TV, e poder público nada faz

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...