Lavagem de dinheiro faz Itália vetar cartões no Vaticano

Turistas não podem usar na Santa Sé
cartões de crédito e de débito
O Banco Central da Itália vetou o uso de cartões de crédito e débito no Vaticano porque a instituição financeira da Santa Sé é suspeita de estar sendo usada por alguns de seus correntistas para lavagem de dinheiro. Entre eles estariam terroristas, traficantes e mafiosos.

Uma fonte do governo italiano disse à Reuters que a medida foi necessária porque o Banco do Vaticano não respeita a regulamentação para impedir a lavagem de dinheiro. “Ele [o banco] não segue a legislação internacional bancária e financeira, além de não ter uma supervisão adequada.”

O Banco do Vaticano, obviamente, não apoia as atividades de criminosos, e é por isso que há suspeita de que ele resiste em adotar a transparência para não revelar a destinação de recursos e o fluxo financeiro da  Santa Sé.

Além disso, se vier à luz os nomes e as organizações criminosas que supostamente usam o sistema financeiro do Vaticano, haveria uma maior perda de credibilidade do Igreja Católica e do papa Bento 16, que vive a pregar moralidade para o mundo.

O bloqueio dos pagamentos eletrônicos, que começou em dezembro, dará prejuízo de milhões de dólares ao Vaticano, porque os turistas que visitam seus museus e igrejas só podem usar dinheiro vivo, não havendo portanto a facilidade de pagamento proporcionada pelos cartões.

As pressões internacionais para que o Banco do Vaticano adote balanços objetivos, sem camuflagens, aumentaram em 2012, quando o Conselho da Europa descobriu enormes brechas nas contas do Instituto para as Obras da Religião, que é o nome oficial da instituição financeira. Entre outras irregularidades, existem correntistas ocultos.






O Vaticano já tinha tentado colocar em ordem a contabilidade do seu banco no início da década de 80, contando com a colaboração do italiano  Roberto Calvi, conhecido como “banqueiro de Deus”. 

Em 1982, Calvi foi encontrado morto em Londres, enforcado na Ponte Blackfriars. Até hoje a causa da morte não foi desvendada.

Com informação da CNN, entre outras fontes.

Banco do Vaticano está sob suspeita de lavagem de dinheiro
setembro de 2010

Comentários

  1. A Italia não gosta que inqueritos terminem em pizza.

    ResponderExcluir
  2. Mas eu pensei que os cristãos fossem as pessoas mais corretas do mundo. Ops... me enganei?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos esquecendo o mais importante É O QUE DEUS PENSA DE TUDO ISSO?
      O conceito de pecado está em crise. Mas por quê? O que mudou? E para começar, que ideia de pecado é essa que as pessoas acham tão difícil de aceitar?
      É realmente pecado?Quando se fala de pecados pessoais, muitos pensam nos Dez Mandamentos — proibições contra o assassinato, infidelidade, luxúria, sexo pré-marital, roubo e assim por diante. O ensino tradicional das igrejas não tem ajudado as pessoas a deixar de praticá-lo. Muitos que são religiosos já não acreditam que todas as práticas já mencionadas sejam erradas. Por exemplo, alguns raciocinam da seguinte forma: ‘Se dois adultos concordam em ter relações sexuais e ninguém é prejudicado, qual é o problema?
      Mateus 5:27-28 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
      Romanos 1:21-27 Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
      Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
      1 Coríntios 6:9-11 Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
      Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
      E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.

      Excluir
  3. "A Cidade do Vaticano tem a maior taxa criminal do mundo: apesar da população residente ser de apenas 800 pessoas, mais de 600 crimes são cometidos lá por ano."

    Fonte: John Lloyd, John Mitchinson, James Harkin. "1,227 QI Facts To Blow Your Socks Off". London: Faber and Faber Non Fiction, 2012. 336pp.

    ResponderExcluir
  4. Não e lavagem, e sim batimo de dinheiro. Ou vocês não sabiam que o dinheiro é lavado com água benta?

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkk, dinheiro lavado com água benta? kkkk, muito boa

    ResponderExcluir
  6. Lucrando com as fortunas da máfia e de grandes traficantes, quem precisa da esmola de turistas? Sim, pois por maior que seja o montante deixado pelos turistas, não passa de esmola perto dos lucros bancários obtido pelas contas de criminosos.

    ResponderExcluir
  7. Estranho , não ? Uma instituição que se intitula ser reperesentante de deus na terra ,e está envolvida em escândalos dos mais variados possíveia ?

    ResponderExcluir
  8. Porque o criminoso snowball não toca no assunto?

    ResponderExcluir
  9. O mafioso De Pedis deve estar se revirando na tumba (agora fora dos portões "celestiais"). Eita piscina cheia de ratos essa...rsrs

    ResponderExcluir

Postar um comentário