Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

sábado, 16 de junho de 2012

Padre é preso quando abusava de coroinha de 12 anos

padre Marcelo de Matos Tinoco
Padre Marcelo Tinoco 
admitiu ter acariciado a
 genitália do garoto
A Polícia Militar prendeu o padre Marcelo de Matos Tinoco (foto), da Diocese de Castanhal (Pará), por abusar de um coroinha de 12 anos. Na quarta-feira (13) à noite, ele foi pego em flagrante com o garoto dentro de seu carro em uma estrada de pouco movimento na periferia da cidade.

Ao ser abordado pelos PMs, Tinoco desceu do carro, se apresentou como secretário da Diocese e disse que estava sozinho. Os policiais suspeitaram do nervosismo do padre e viram que no carro havia outra pessoa. Era o menino, que estava com o pênis ereto.

O padre admitiu ter beijado o garoto e acariciado a genitália dele. Disse que faria qualquer coisa para não ser preso.

Tinoco era um dos principais sacerdotes da Catedral Santa Maria Mãe de Deus. O garoto era seu coroinha havia quatro anos. Ele foi encaminhado para um centro de tratamento psicológico.

A Polícia Civil está investigando o padre porque suspeita que há outras vítimas. A Diocese de Castanhal emitiu nota informando que Tinoco foi suspenso de suas atividades. “Deixamos que a Justiça faça a sua parte”, diz a nota.

Solto - atualização no dia 19 de junho de 2012 

O desembargador João José da Silva Maroja, da Justiça do Pará, concedeu habeas corpus no domingo no começo da noite ao padre Tinoco, que, em consequência, foi colocado em liberdade. Maroja considerou que o padre tem residência fixa e não possui antecedentes criminais. Tinoco vai responder à Justiça por pelo crime de abuso de vulnerável.





fevereiro de 2012
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...